Como economizar energia com IoT da Vivo

1-shutterstock_iot2.jpgPublieditorial
Por Ethevaldo Siqueira
21/07/2017 - A Vivo tem uma excelente notícia para médias e grandes empresas brasileiras que buscam racionalizar e reduzir o consumo de energia. É a solução chamada Vivo Eficiência Energética, desenvolvida por Vivo Empresas – segmento da Telefônica Brasil voltado a negócios B2B.

Com esse produto, baseado na tecnologia de Internet das Coisas (IoT), as médias e grandes empresas brasileiras já podem contar com uma solução que lhes permite maior previsibilidade na fatura e gerenciamento mais eficiente sobre os principais pontos de consumo de energia.

 Esse produto amplia o escopo da operadora num dos campos mais avançados, que é o da Internet das Coisas (IoT), para levar um novo tipo de apoio às médias e grandes empresas.

A solução, inédita no setor de Telecom, oferece às empresas melhoria operacional, assim como automação e controle sobre os principais pontos de consumo de energia, o que garante previsibilidade da fatura e melhor gestão dos gastos. Além disso, a novidade dá maior autonomia no monitoramento e gerenciamento dos equipamentos em tempo real e, remotamente, de qualquer lugar do mundo.

O serviço Vivo Eficiência Energética pela foi desenvolvido juntamente com a Schneider Electric e Viridi Technologies, especialistas nesse segmento, com foco em empresas de vários setores, como bancos, varejo e hotéis. A Vivo fez um piloto do novo serviço no Hotel Meliá – na unidade Jardim Europa, capital paulista –, entre novembro de 2016 e fevereiro de 2017. Em cinco meses, o Hotel apresentou uma economia de 12% nas suas contas de energia. A redução no consumo pode variar dependendo do uso, tamanho e das características do imóvel.

Base da transformação digital

Para a Vivo, a tecnologia de IoT constitui o centro e uma das alavancas de sua transformação digital, especialmente para o segmento corporativo. A estratégia de negócio em IoT da companhia, no Brasil, está focada no incremento da conectividade para oferta de soluções fim-a-fim que incluem dispositivos cada vez mais modernos, novas plataformas e inteligência a serviço das pessoas por meio do uso de Big Data.

O Vivo Eficiência Energética entrará no mercado em duas versões. O pacote inicial, dentre outros benefícios, atuará na medição em tempo real do consumo de energia e na setorização de consumos: climatização e iluminação. O pacote avançado, além dos serviços do pacote inicial, atuará diretamente na automação sobre os principais pontos de consumo por meio da utilização de sensores e equipamentos nos ambientes, que auxiliarão nas tomadas de decisão após identificação de alto consumo de energia ou pelo uso inadequado. A princípio, o serviço estará disponível nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco e no Distrito Federal.

As empresas, independentemente do tamanho, buscam cada vez mais mecanismos e soluções para reduzir o consumo de energia que vem aumentando ano após ano. Para se ter uma ideia, o consumo de eletricidade quase triplicou, nos últimos 20 anos, de acordo com dados do Boletim de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro, do Ministério de Minas e Energia.

E a nova solução da Vivo está baseada em alguns pilares que têm direcionado os esforços das empresas interessadas no uso eficiente da energia. O primeiro deles é o consumo. Com o aumento das tarifas, tem crescido a procura de soluções para redução do gasto energético. Outro ponto são os incentivos oferecidos pelo governo a quem adota medidas de eficiência energética. Além disso, a questão influi na imagem das corporações, cada vez mais preocupadas na sustentabilidade de seus negócios, uma exigência de investidores e consumidores.

O que é IoT?

A Internet das Coisas ou IoT (abreviatura do inglês, Internet of Things) pode ser considerada uma revolução tecnológica por seu impacto na economia, nas comunicações e na própria vida humana. Nesse novo tipo de internet, são conectados todos os tipos de objetos, coisas ou dispositivos eletrônicos utilizados no dia-a-dia –  sejam aparelhos eletrodomésticos, eletroportáteis, máquinas industriais, meios de transportes. Entre os seus fatores de desenvolvimento essenciais estão as áreas de sensores de comunicação sem fio (wireless), a inteligência artificial e a nanotecnologia.

Com a IoT, o mundo viabilizará avanços como a Casa Digital em sua plenitude, os carros conectados e autônomos (sem motorista) e sistemas de produção altamente automatizados.

Em pouco mais de 20 anos, o avanço tecnológico da internet possibilitou um salto exponencial, pois, no começo, a internet só interligava pessoas e empresas, através da chamada rede mundial de computadores WWW (worldwide web). Hoje interliga, pessoas, empresas e coisas.

Internet das Coisas nada tem de futurologia. O mundo já dispõe de mais de 10 bilhões de objetos conectados pela IoT. Estima-se que em 2020, serão mais de 30 bilhões e, por volta de 2025, mais de 100 bilhões de dispositivos interligados.

O uso de tecnologias avançadas faz parte da estratégia da Vivo, para acompanhar todas as demandas da sociedade brasileira ao ingressar na chamada Quarta Revolução Industrial. Nessa fase do desenvolvimento da humanidade, as grandes transformações econômicas e sociais serão baseadas em tecnologias como Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Realidade Virtual, Computação em Nuvem, Big Data e a chamada 5G, projetada para ser a mais poderosa rede de comunicações já criada pela humanidade.


Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton