Novo super chip funciona como o cérebro

chip-master.jpg07/08/2014 - Inspirado na arquitetura dos neurônios do cérebro humano, o TrueNorth, novo chip de 5,4 bilhões de transistores, desenvolvido por pesquisadores da IBM, pode superar até supercomputadores em cálculos complexos.

O novo microprocessador tenta imitar o modo pelo qual as ondas cerebrais reconhecem padrões, com base em teias ou redes de transistores interconectados, semelhantes às redes neurais do cérebro – segundo esclarece um artigo de John Markoff, do New York Times de hoje (07-08-2014) apoiado nas informações de matéria publicada ontem (06-08-2014) pela revista Science, da Sociedade Americana para o Progresso da Ciência.

Embora tenha 5,4 bilhões de transistores, o chip TrueNorth consome apenas 70 miliwatts de energia, o que contrasta com um chip da Intel com 1,4 bilhão de transistores que devora de 35 a 140 watts.

Isoladamente, o novo chip só faz pouco mais de mil cálculos por segundo, mas quando associado em paralelo a centenas ou milhares de outros, ele pode realizar até 46 bilhões de cálculos matemáticos por segundo – como os mais avançados chips multinúcleos da atualidade – mas com a vantagem de consumir muito menos energia.

Comentário (2) Hits: 1406

Guy Laliberté merece uma boa história

guy_laliberte.jpgEthevaldo Siqueira
Hoje, aos 55 anos, Guy Laliberté – o dono do Cirque du Soleil, maior circo do mundo – é das personalidades mais curiosas que eu já conheci: empreendedor, filantropo, jogador de pôquer e detentor de uma fortuna de US$ 2,6 bilhões – a 11ª do Canadá e a 459ª do mundo, segundo a lista dos 500 mais ricos da revista Forbes.

Fundado em 1984 no Canadá, o Cirque du Soleil fatura hoje mais de US$ 810 milhões por ano, dá espetáculos nos cinco continentes e emprega mais de 4.000 pessoas de 40 países. Laliberté detém 95% do capital do circo.

Caprichoso, ele pagou US$ 20 milhões em outubro de 2009 para viajar ao espaço num foguete Soyuz TMA-16 russo e passar 11 dias na Estação Espacial Internacional. Lá na estação, divertiu os astronautas, com a bola vermelha no nariz, fez todas as palhaçadas, gaiatices, traquinadas, estripulias e gracejos, com piruetas em gravidade zero.

Assisti a uma das entrevistas mais engraçadas desse canadense de Quebec num grande evento internacional e soube agora que ele está interessado em viajar ao planeta por volta de 2030 (quando já estiver com mais de 70 anos). Eu não duvido.Esse é Guy Laliberté. Quando jovem, sua vida não era fácil: para sobreviver, ele cantava, tocava acordeão, fazia malabarismos e caminhava sobre longas pernas-de-pau pelas ruas de Quebec, para ganhar alguns trocados. Seu sonho era ser dono de um circo diferente. Hoje ele chegou lá. Soube que ele planeja vir ao Brasil em 2015. Espero que possa entrevistá-lo novamente.

Comentário (0) Hits: 2051

Cai previsão de crescimento da América Latina

cepal.jpgONU
05/08/2014 - As economias da América Latina e do Caribe crescerão em média 2,2% em 2014 devido à fraca demanda externa, à baixa demanda interna, à falta de investimento e ao espaço limitado para a implementação de políticas que promovam sua reativação.

Estes elementos impactam de forma diferente os países e sub-regiões da América Latina e do Caribe, provocando uma grande heterogeneidade na dinâmica de crescimento do continente.

Estas informações fazem parte do Estudo Econômico da América Latina e do Caribe 2014, da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), divulgado nesta segunda-feira (4) em Santiago do Chile, sede do organismo da ONU.

O relatório mostra que a desaceleração da economia no último trimestre de 2013 continuou nos primeiros meses de 2014, fazendo com que a região cresça menos que no ano passado, quando alcançou a taxa de 2,5%. Mas, devido a uma melhoria gradual em algumas das principais economias do mundo, as economias regionais podem ter uma recuperação no final de 2014.

Regionalmente, o crescimento em 2014 será liderado pelo Panamá, com um aumento do produto interno bruto (PIB) de 6,7%, seguido pela Bolívia (5,5%), Colômbia, República Dominicana, Equador e Nicarágua, com expansões de 5%.

O Brasil deve crescer 1,4%, uma queda em relação aos 2,5% do ano passado. Acesse o documento na íntegra clicando aqui.
Foto: Agência Brasil

http://www.onu.org.br/cepal-previsao-de-crescimento-da-america-latina-e-caribe-cai-para-22-em-2014-brasil-deve-crescer-14/

Comentário (0) Hits: 578

É um telefone? É um drone? Não é um flone!

flone.jpgThe Guardian
31/07/2014 – O artista Lot Amorós, a engenheira Cristina Navarro e Alexandre Oliver ganharam o Prêmio Next Things 2013 com a invenção do Flone, um avião que transforma smartphones em uma espécie de controle remoto.
Ele é capaz de voar até 20 metros, tirar fotos e fazer vídeos.

Flone foi projetado para ser barato e simples de ser construido. A fuselagem é de madeira e é alimentado por uma bateria autônoma com quarto hélices. "Tentamos simplificar toda a tecnologia dos drones e também a maneira de controlar", disse Amorós à BBC, durante o Sonar+D, em um evento em Barcelona.

Uma característica interessante é que o Flone é controlado remotamente a partir de um smartphone, usando o aplicativo Android com conexão Bluetooth. "O que estamos buscando é mudar um pouco o conceito de que drones são algo que apenas as pessoas com dinheiro podem pagar", disse Oliver.

Drones (veículos aéreos não tripulados) estão em toda parte, e seu uso está tão difundido como o chão que eles cobrem. Quando o drone tornou-se conhecido pela opinião pública, seu uso estava vinculado ao uso militar e guerra. Atualmente, as pessoas estão percebendo as possibilidades positivas e criativas dos drones.

Drones em diferentes contextos

Este mês, uma competição fotográfica usando drones (patrocinada pela National Geographic), produziu resultados impressionantes. Mais fotos de drones podem ser encontrados no Dronestagram.

Após o desastre nuclear de Fukishima, uma equipe da Universidade de Bristol projetou um drone para medir os níveis de radiação do local.

Drones não são novos. Estão disponíveis na web vários tutoriais que ensinam como construir um drone, mas com o projeto do Flone, a construção de um drone tornou-se mais acessível para a população.

http://www.theguardian.com/technology/blog/2014/jul/24/phone-drone-flone

Photo: LABoral/Sergio Redruello

Comentário (0) Hits: 1477

Suspensa emissão de visto americano em todo o mundo

31/07/2014 - O banco de dados que o Departamento de Estado dos EUA usa para processar passaportes e vistos ainda não se recuperou de um acidente na semana passada - deixando dezenas de milhares de pessoas presas no exterior. Planos de entrevistas de trabalho perdidos, trabalhos e casamentos interrompidos, crianças incapazes de voar para casa com seus pais adotivos - as conseqüências são enormes e os prejuizoa são incalculáveis.

A Embaixada dos Estados Unidos recomneda aos brasileitos que, se possível, adiem sua viagem para o país caso ainda não tenha, obtido o visto de entrada.
De acordo com um comunicado divulgado pelo Bureau de Assuntos Consulares do Departamento de Estado, a emissão de vistos e de passaportes ocorre com capacidade reduzida "e será assim até que os documentos sejam processados".

Um texto oficial em inglês afirma que uma atualização de software ligado à emissão de vistos e passaportes começou a apresentar problemas significativos de desempenho. A causa principal ainda não foi encontrada, mas, segundo o governo americano, "os esforços estão focados em trazer o sistema de volta às operações normais". Uma página com perguntas e respostas foi elaborada pelo serviço americano para auxiliar o turista (leia, em
inglês).



Comentário (0) Hits: 672

Hackerspace, laboratório comunitário

Noisebridge6.jpg25/07/2014 - Segundo definição da Wikipédia, um hackerspace ou hackspace, também conhecido como hacklab, makerspace ou creative space, é um local real (em oposição ao virtual) com o formato de um laboratório comunitário que segue a Ética Hacker (termo que descreve os valores morais e filosóficos na comunidade hacker), tendo espírito agregador, convergente e inspirador.

Nele, pessoas com interesses em comum, normalmente em ciência, tecnologia, arte digital ou eletrônica podem se encontrar, socializar e colaborar. Um hackerspace pode ser visto como um laboratório comunitário, uma oficina ou um estúdio onde pessoas de diversas áreas podem trocar conhecimento e experiência para construir algo juntos.

Muitos hackerspaces colaboram na divulgação e no desenvolvimento de software livre, open hardware e mídia alternativa e podem ser encontrados em infoshops, centros sociais e espaços comunitários.

Noisebridge: hackerspace de São Francisco, EUA

Quando Noisebridge abriu as portas da sua primeira localização no distrito de Missão de San Francisco em 2008, não tinha nada, além de uma grande mesa e algumas cadeiras encontradas na rua. Como as pessoas que circulam no Noisebridge a cada semana, têm o hábito de deixar uma marca, seja com a doação de alguma ferramenta ou alterando algo que outros visitantes adicionam pouco a pouco, o hackerspace já está bem diferente.

Noisebridge_altman2.jpgQualquer um pode ser um membro pago ou um usuário livre do espaço e ao longo dos últimos cinco anos, eles desenvolveram um lugar onde você pode programar, costurar, cortar, cozinhar, construir robôs, aprender, ensinar e muito mais. Os membros são uma espécie de cientistas malucos. Qualquer coisa deixada nos espaços comuns pode sofrer interfêrencia de algum visitante. "É um jogo justo, é como invadir um robô gigante", diz o co-fundador Mitch Altman.

Mitch Altman é um hacker, inventor e co-fundador da Noisebridge. Ele é considerado pioneiro da realidade virtual.


Foto de Signe Brewster

Comentário (0) Hits: 682

newsletter buton