Estufa conectada simula uso de IoT na agricultura

t_systems_agro.jpg10/10/2018 - Desenvolvido pela T-Systems, modelo promete trazer todas as características de uma solução de Internet das Coisas (IoT) completa, permitindo simular diferentes condições climáticas.

A T-Systems do Brasil, provedora alemã com portfólio digital de soluções e serviços de TI, acaba de anunciar uma solução de IoT voltada ao setor de agronegócio. O Digital Garden é, na verdade, uma estufa conectada que traz todas as características de uma solução IoT completa integrada aos sistemas de gestão SAP.

O consultor de desenvolvimento de negócios de transformação digital da T-Systems, Victor Carreiro, afirma que com o uso de sensores e atuadores – colocados no solo ou dentro da própria estufa – a solução simula diferentes condições climáticas e obtém dados sobre importantes grandezas físicas de uma produção real.

"Esses dados são utilizados para tomadas de ações automáticas (como controle de irrigação, mapeamento de solo e uso de fertilizantes) e enviados para a plataforma em nuvem, o que permite o monitoramento remoto e a produção de informações para análise dos KPIs na palma da mão", explica, lembrando que o Digital Garden é uma solução end-to-end baseada em Design Thinking, conjunto de práticas e processos para resolução de problemas.

Para ilustrar o Digital Garden de forma clara e interativa, a T-Systems conta com um jardim físico, além de botões capazes de mudar as condições climáticas do cenário. "Este show case mostra a aplicação da Internet das Coisas no agronegócio, mas seus conceitos são aplicáveis em outros segmentos de mercado, como Automotivo, Varejo, Healthcare, Saúde, entre outros", ressalta Carreiro, lembrando que o projeto foi desenvolvido pelo time do laboratório de transformação digital da T-Systems Brasil, formado por Gustavo Paula, Marcelo Farias, Leonardo Ruiz e Cristiane Guerra.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton