VR rememora o esconderijo de Anne Frank

anne_frank.jpgPor Ethevaldo Siqueira - com Le Monde (Les Clés de Démain)
26/06/2018 - Graças à Realidade Virtual (VR), você pode fazer uma visita ao esconderijo de Anne Frank, vítima do Holocausto em realidade virtual através do Oculus Go e no Samsung Gear VR, por ocasião de seu 89º aniversário de nascimento, segundo informa o site da Fast Company.

O projeto "Anne Frank House VR" leva espectadores a uma visita ao interior do anexo secreto da casa onde Anne Frank e sete outras pessoas, incluindo seus pais e irmã, se esconderam dos nazistas entre 1942 e 1944.

Esta experiência imersiva de 25 minutos explora todos os cômodos do esconderijo, que são decorados no estilo da época. O anexo secreto está vazio hoje, mas os móveis mostrados em realidade virtual ajudam a dar uma ideia de onde os ocupantes viviam.

A experiência de Realidade Virtual também está disponível como uma instalação no Museu da Casa de Anne Frank, em Amsterdã, para que as pessoas com mobilidade reduzida também possam ver o anexo secreto.

O documento também será exibido em Berlim e Nova York no final deste ano. "Uma das aplicações mais promissoras e os usos mais importantes de Realidade Virtual será nos ajudar a rever tanto os eventos de história como os atuais, numa perspectiva totalmente nova, mais envolvente e poderosa do que qualquer outro meio", diz Tina Tran, diretora de desenvolvimento estratégico da Oculus.

O Diário de Anne Frank é um dos livros mais lidos do mundo e o Museu da Casa de Anne Frank atrai mais de um milhão de visitantes por ano. Anne Frank morreu aos 15 anos de idade, em um campo de concentração, vítima de febre tifoide, depois que os nazistas atacaram o anexo secreto e prenderam seus ocupantes em 1944.

Saiba mais aqui:

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton