Sexting, mais comum do que você pensa

sexting.jpg06/01/2014 - Sexting, segundo a wikipidia, refere-se a divulgação de conteúdos eróticos e sensuais através de celulares. É uma prática cada vez mais comum entre jovens e adolescentes.

Assim como os pais de alunos do ensino médio estão se tornando mais conscientes dos perigos do sexting, uma nova pesquisa sugere que famílias de crianças mais jovens devem tê-lo em seu radar também. Quase um quarto dos adolescentes da 7ª série enviam textos sexualmente sugestivos ou fotos, de acordo com um estudo publicado hoje (06), na revista Pediatrics.


"Certamente, se (os pais) verem as fotos, então isso é um sinal de alerta" de acordo com o Dr. Christopher Houck, principal autor do estudo e o psicólogo da Rhode Island Hospital. "Estudos anteriores sugeriram que uma porcentagem muito pequena dos adolescentes praticam sexting, mas nós não acreditamos nisso."

Este estudo incidiu sobre adolescentes identificados por conselheiros escolares como tendo "sintomas de dificuldades comportamentais ou emocionais." Os alunos entre 12 a 14 anos e matriculados em escolas de ensino médio públicas em Rhode Island, foram, questionados sobre sexting, bem como a sua experiência sexual.


Das 410 crianças que participaram, 22% relataram ter feito sexting nos últimos seis meses, sendo 17% de enviando apenas textos sugestivos, e 5% enviando textos e fotos.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton