Qualcomm lança Snapdragon 855 Plus

snapdragon-855.jpg15/07/2019 - A Qualcomm revelou nesta segunda-feira, 15 detalhes do Qualcomm Snapdragon 855 Plus Mobile Platform, um upgrade na plataforma topo de linha da empresa, lançada em dezembro de 2018.

A novidade foi projetada para OEMs globais oferecerem performance em velocidade e experiências em 5G, games, Inteligência Artificial e Realidade Extendida. O chipset apresenta um ganho de desempenho que impulsionará a experiência de jogos a um patamar superior.

O vice presidente de gerenciamento de produtos da empresa explica que houve melhorias na performance de CPU e GPU. “O Snapdragon 855 Plus é a nossa plataforma móvel mais avançada até o momento e partirá do sucesso do Snapdragon 855 com 5G lançado para Android”, afirma Kedar Kondap.

ASUS ROG Phone

O primeiro smartphone do mundo a se beneficiar dos avanços do Snapdragon 855 Plus Mobile Platform é o ROG Phone II, o gamer da ASUS. O dispositivo oferecerá aos usuários a melhor experiência possível de gaming móvel, construída a partir de inovações feitas sobre o famoso ROG Phone.

O 855+ não é o chipset esperado para os aparelhos 5G, já que o modem embutido só é compatível com conexões 4G LTE; os smartphones que vierem com esse chip ainda precisarão de um modem X50 separado (e possivelmente comprometerão o tamanho e a duração da bateria) para atingir as velocidades de próxima geração.

Crédito: Qualcomm/Divulgação

Comentário (0) Hits: 36

O que acontece se o seu celular for hackeado?

kapersky_cloud.jpg11/07/2019 – Através do seu celular é possível acessar suas redes sociais, contas bancárias, fotos, mensagens entre outros dados

Ataques contra dispositivos móveis dobram em 2018 e nem sempre os sistemas de proteção existentes conseguem acompanhar sua evolução, pois os cibercriminosos estão cada vez mais criativos e transformam o golpe constantemente para dificultar sua identificação. Pensando nisso, o Kaspersky Internet Security para Android ganha um reforço de um recurso para combater o dinâmico cenário de malware, o Cloud ML for Android.

A nova funcionalidade está baseada na tecnologia de aprendizado de máquinas (Machine Learning - ML) para garantir uma detecção proativa tanto de malware avançados quanto desconhecidos e minimizar o risco de infecção dos dispositivos móveis. Com isso, apps maliciosos podem ser detectados e bloqueados antes de sua execução – e ainda manter um índice de falsos positivos em níveis baixos.

Sempre que um usuário baixa um app em seu celular, a tecnologia usa os algoritmos de aprendizado de máquinas na nuvem, que foram treinados com milhões de amostras de malware, para analisar o novo programa para identificar uma possível ameaça. Esta verificação acontece em menos de um segundo e checa milhares de parâmetros diferentes que incluem pontos de entrada e solicitações de permissões. Mesmo que seja um tipo de malware avançado ou desconhecido, a tecnologia Cloud ML para Android consegue reconhecer comportamentos malicioso por similaridade a ameaças conhecidas.\Essa nova proteção tem ainda a vantagem de trabalhar tanto com o Machine Learning quanto com a Kaspersky Security Network, rede da Kaspersky na nuvem que conecta seus usuários voluntários e onde alertas de novas ameaças são compartilhadas instantaneamente.

“O número de ataques de malware a dispositivos móveis dobrou em 2018, conforme os cibercriminosos inventam novas maneiras de criar e distribuir malware. Obviamente, as tecnologias de segurança precisam acompanhar esse movimento. O Kaspersky Internet Security para Android já protege milhões de usuários de ameaças avançadas e desconhecidas e esse novo componente aumenta a precisão e a velocidade de detecção dessas ameaças, tornando as experiências móveis mais seguras e sem interrupções”, afirma Timur Biyachuev, vice-presidente de pesquisa de ameaças da Kaspersky.

Para saber mais sobre o Kaspersky Internet Security para Android e baixar a versão gratuita, acesse aqui.

Comentário (0) Hits: 1420

Impressora 3D industrial acessível a PMEs

maker_bot_3d.jpg25/06/2019 - Engenheiros, arquitetos, médicos, protéticos, projetistas, entre outros profissionais, além de pequenas e médias empresas e indústrias podem criar modelos físicos com precisão milimétrica e acuracidade a um  terço do custo total de aquisição de uma impressora 3D industrial básica, em apenas um ano

A MakerBot, lança equipamento que torna os recursos de impressão 3D industriais acessíveis a PMEs, projetistas, arquitetos, engenheiros individuais, médicos, protéticos e outros profissionais. Trata-se da MakerBot Method, que aporta funcionalidades que garantem precisão milimétrica, acuracidade dimensional, com desempenho industrial, anteriormente inacessível a este público. Agora, profissionais podem facilmente fazer modelos físicos hiperpersonalizados a partir de diversos arquivos, como o CAD e apps for kids, com custo significativamente menor: um terço do custo total de aquisição de uma impressora 3D industrial básica, em apenas um ano.
 
O diretor da MakerBot para América Latina, Felipe Rosales, explica que esse avanço tecnológico define a nova categoria Performance 3D Printing. E inaugura um novo segmento de impressoras 3D de alto desempenho e precisão, com incrível relação custo-benefício, o que torna acessível, hoje, a qualquer empresa ou profissional, o que antes estava restrito às grandes indústrias. “Esse desempenho preenche a lacuna que havia entre a impressão 3D de desktop e a industrial. A Method aproveita as tecnologias e o conhecimento industrial da Stratasys e os combina com a acessibilidade e a facilidade de uso pelas quais a MakerBot é conhecida,” assinala.

Estratégia da MakerBot para o Brasil

Com o lançamento, a MakerBot aposta no nicho industrial, que segundo Rosales, não tem concorrência no País. O executivo conta que por ser compatível com 100% dos softwares de criação 3D no mercado mundial, a Method atende às mais variadas demandas da indústria 4.0 e em diferentes verticais: medicina, engenharia, arquitetura, educação, projetos, entre outros.

Os equipamentos da MakerBot não são comercializados diretamente. Além da venda online (https://www.makerbotstore.com.br/) e da loja conceito Experience Center, espaço para consumidores experimentarem novos produtos da indústria 4.0 na América Latina, as soluções da empresa, bem como todas as ferramentas e soluções 3D, são distribuídas pela Alcateia.

Preço: a partir de 58 mil reais

Comentário (0) Hits: 829

D-Link lança roteador com comandos de voz

dir_1960.jpg17/04/2019 - Hoje em dia é muito importante ter uma conexão eficaz. Mais e mais dispositivos estão na internet, o que traz uma preocupação adicional: a segurança. Por isso a D-Link está lançando uma nova linha de roteadores e extensores inteligentes que funcionam com a tecnologia Mesh e com a proteção McAfee.

A linha EXO permite que o usuário comande e controle sua rede de internet utilizando os assistentes de voz do Google ou Alexa através da conexão com o aplicativo D-Link Wi-Fi. É possível ativar e desativar a rede para os convidados, compartilhar as credenciais da Wi-Fi, reiniciar o roteador e atualizar a firmware.

Por meio da proteção de identidade e privacidade, os roteadores da linha EXO prometem deixar mais seguras as transações online, pois protegem documentos fiscais, informações financeiras e outros arquivos pessoais. Eles também bloqueiam e-mails inconvenientes e perigosos com Anti-Spam, realizam a varredura de downloads e alertam caso uma ameaça conhecida seja detectada. Para que o armazenamento de todos os arquivos também esteja livre de perigo, é feito o Backup na nuvem, assim o acesso a fotos e documentos importantes fica protegido e é realizado de maneira segura.

Como a linha de roteadores e extensores inteligentes funcionam com a tecnologia Mesh, a rede de internet engloba a casa inteira e evita zonas de sombra Wi-Fi. Os extensores, conectados ao roteador, criam uma rede sem interrupção e que realiza a transição de forma homogenia sem apresentar quedas no sinal durante a mudança de rede. É possível configurar até 8 dispositivos Mesh de uma só vez, o que permite uma cobertura de qualidade até mesmo em imóveis de grande proporção.

Para aqueles que tem crianças em casa, a linha EXO se torna uma aliada na proteção do conteúdo acessado pelos menores. Os hábitos de internet e o tempo de conexão podem ser monitorados por meio da proteção da McAfee, por intermédio de controles abrangentes que podem ser acessados e configurados por meio do aplicativo D-Link Wi-Fi.

Com os produtos da linha EXO, as residências vão ficar mais seguras e conectadas. Os roteadores, disponíveis em 3 modelos, DIR-1360, DIR-1960 e DIR-3060, todos com processador dual core e extensores, com 2 opções (DRA-1360 e DRA-2060), chegam ao Brasil no segundo semestre de 2019.

Comentário (0) Hits: 809

Galaxy Fold, o celular dobrável da Samsung

fold_1.jpgPor Thais Sogayar, com informação do CNET
21/02/2019 - A fabricante coreana comemora 10 anos da série Galaxy com o lançamento do Galaxy Fold e o S10 5G e deixa uma coisa clara: os smartphones nunca mais serão os mesmos

Com o novo ecrã Infinity Flex de 7,3 polegadas, um processador de 7nm, o novo armazenamento de estado sólido rápido da Samsung e um fluxo contínuo entre vistas expandidas e dobradas, o Galaxy Fold abre novos caminhos. Por US $ 1.980, isso também se aplica a seus preços.

Galaxy Fold possui uma tela de smartphone padrão de 4,6 polegadas na frente, mas ele como um livro e revela uma única tela grande de 7,3 polegadas, que literalmente se dobra ao meio. Sem linhas, sem rugas, sem rugas visíveis. É um nível de luxo e inovação nunca antes visto e custa US $ 2 mil! Mas quebrar limites tem seu preço.

O novo smartphone parece ser a grande aposta da Samsung. Ainda é cedo para fazer grandes previsões, e mesmo que o Galaxy Fold fique aquém do entusiasmo, a Samsung - a maior fabricante de celulares do mundo - conseguiu atrair a atenção. O Fold também não é um dispositivo que será recorde de vendas, mas pode ser uma opção de um novo tipo de smartphone premium.

O Galaxy Fold é executado no Android Pie com a nova interface One UI da Samsung. Mas o que é realmente importante é o suporte específico do Google para dispositivos Android dobráveis, que foi anunciado em novembro de 2018.

Seria desastroso fechar ou abrir o Galaxy Fold e os aplicativos não se moverem rapidamente para a outra tela. A tarefa do Google é garantir que haja uma transferência tranquila entre as duas telas, para que os aplicativos se movam instantaneamente entre a exibição expandida que você vê na tela de 7,3 polegadas e na tela de 4,6 polegadas.

Nos EUA, o Galaxy Fold será comercializado pela AT & T e T-Mobile a partir de 26 de abril. As cores globais são Martian Green, Astro Blue, Cosmos Black e Space Silver. Haverá versões 4G LTE e 5G.

Seis câmeras no total

A Samsung colocou seis câmeras ao redor do Galaxy Fold: três nas costas, duas no interior e uma na frente. Esses são os mesmos sensores que vemos nos telefones Galaxy S10 (o Galaxy S10 5G também tem seis, em uma configuração ligeiramente diferente).

A bateria do Galaxy Fold

O problema das baterias é que elas não se dividem tão bem. Se você não equilibrar a carga, você acaba com bateria de um lado em diferente momento do outro. A Samsung disse que resolveu o problema, colocando uma bateria de íon de lítio tipicamente rígida em cada lado. Os dois lóbulos trabalham juntos, como o seu cérebro, para dar ao Galaxy Fold 4.380mAh de potência.

Samsung anuncia três modelos de smartphones que serão vendidos globalmente: Galaxy S10, S10+ e S10e / Crédito: Divulgação Samsung

Galaxy S10, o sucessor do Galaxy S9

O Galaxy S9 chegou ao Brasil em março de 2018 sem grandes novidades em relação à versão anterior. O Galaxy S10 também foi apresentado oficialmente ao mundo nesta quarta-feira (20), no evento “Samsung Unpacked”, nos Estados Unidos. O celular tem câmera frontal dentro da tela, três sensores fotográficos na traseira, processador Exynos 9820, com memória RAM poderosa.

Foram lançados três modelos de smartphones que serão vendidos globalmente: Galaxy S10, S10+ e S10e (e uma quarta variante, com 5G, será lançada só na Coreia do Sul), ainda sem data de lançamento oficial no Brasil.

De acordo com a fabricante, o lançamento é um ponto de partida para redefinir a próxima década da linha de telefones premium. Uma das apostas está no display, que traz nova construção e um mecanismo inovador de biometria. A expectativa é que o telefone seja lançado no Brasil em março.

Principais características (Fonte Samsung):

 

Comentário (0) Hits: 1320

JPMorgan vai lançar sua própria criptomoeda

jp_morgan.jpg15/02/2019 - O maior banco de investimentos dos EUA e o maior do mundo em capitalização vai se tornar o primeiro banco a lançar a sua própria moeda, o JPM Coin, um token digital criado por engenheiros do próprio banco para liquidar instantaneamente pagamentos entre clientes, informa a CNBC.

Diferente das criptomoedas tradicionais, o valor do JPM Coin será atrelado ao dólar e servirá para realizar transações mais rapidamente via blockchain

A intenção da moeda é aumentar o uso de blockchain para transações de contas do banco, que poderão ser feitas com mais agilidade e segurança. “Quando um cliente envia dinheiro via blockchain, os JPM Coins são enviados e automaticamente convertidos para seu valor em dólares, reduzindo o tempo comum para efetuar a transação”, explica Umar Farooq, chefe do setor de tesouro digital e blockchain do banco, em comunicado a imprensa.

O JP Morgan já declarou que tem planos de extender os serviços do JPM Coin para outras moedas físicas, mas afirmou que a criptomoeda ainda é um protótipo, e que irá buscar melhorá-la buscando ajuda de reguladores do setor.

 

 

Comentário (0) Hits: 1624

newsletter buton