Qualcomm inaugura Centro de IoT no Brasil

entro_iot_qualcomm.jpg18/09/2018 - Localizada no interior de São Paulo, iniciativa já conta com projeto-piloto voltado à inovação e contribui para a formação de profissionais da área

A Qualcomm Technologies, uma subsidiária da QUALCOMM Serviços de Telecomunicações Ltda., anuncia nesta terça-feira, 18 a inauguração do Qualcomm IoT Reference Center, seu primeiro Centro de Referência em Internet das Coisas (IoT) no Brasil. A Facens (Faculdade de Engenharia, Tecnologia em Jogos Digitais e Arquitetura e Urbanismo de Sorocaba – SP) e o CPqD foram as instituições selecionadas para colaborar com o projeto, que tem por objetivo contribuir para a inovação no país.

O Centro de Referência está localizado dentro do Smart Campus da Facens e terá o apoio do CPqD em seu primeiro projeto-piloto, focado no aprimoramento da segurança pública.  A iniciativa fará o monitoramento de veículos por meio do uso de visão computacional embarcada e redes wireless para IoT.

Rafael Steinhauser, Vice Presidente Sênior da QUALCOMM Serviços de Telecomunicações Ltda. e Presidente da Qualcomm para América Latina, explica a importância do Centro de Referência. “A Internet das Coisas tem um enorme potencial no Brasil. O Qualcomm IoT Reference Center é uma plataforma de diálogo entre distintos atores ligados à tecnologia, como fabricantes, desenvolvedores e gestores públicos, e contribuirá para a capacitação de profissionais que estejam envolvidos em projetos e negócios de IoT”, afirma.

Para Antonio Beldi, presidente do Conselho Superior da ACRTS, mantenedora da Facens, “a criação desse Centro de Referência, conjuntamente com a Qualcomm Serviços de Telecomunicações e CPqD, seguramente será um marco para a criação do ecossistema de negócios de Internet das Coisas no país”, afirma.

De acordo com Sebastião Sahão Júnior, presidente do CPqD, “a Internet das Coisas impulsiona a economia brasileira com a adição de novas tecnologias que melhoram a qualidade de vida da população, em especial quando aplicadas ao ambiente urbano. O CPqD assume cada vez mais papel de protagonista dessa revolução no país; tivemos a honra de ter ajudado o Brasil a elaborar o Plano Nacional de IoT e estamos desenvolvendo inúmeras soluções de IoT, em conjunto com a indústria nacional. Com esta parceria estratégica com a Qualcomm Serviços de Telecomunicações, empresa da Qualcomm Incorporated, reconhecida líder global, e com a Facens, importante organização para a formação de mão de obra para esta nova economia, o CPqD contribuirá fortemente para o processo de transformação digital da sociedade.”.

“Em 2015, inauguramos o primeiro smart campus do Brasil, e hoje esse laboratório vivo para o desenvolvimento e testes de soluções voltadas para cidades inteligentes é reconhecido e premiado internacionalmente. Agora, fomos escolhidos pela Qualcomm Serviços de Telecomunicações para fazer parte de uma iniciativa pioneira. Além de honrados, estamos confiantes de que também faremos história no Brasil e no exterior, com a criação de soluções que transformarão cidades e que evidenciarão toda a tecnologia da Qualcomm®”, diz Regiane Relva Romano, coordenadora do Smart Campus da Facens.

Além de apoiar o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras, o Qualcomm IoT Reference Center também oferecerá treinamentos e, entre seus primeiros projetos, apresentará o conceito de cidades inteligentes e seus benefícios para gestores públicos interessados em iniciativas ligadas à IoT. “A ideia é mobilizar a todos e capacitar mão de obra para trabalhar com a internet das coisas e outras tecnologias disruptivas. Temos em vista o Plano Nacional de IoT, que prevê que a aplicação de tecnologias de internet das coisas pode gerar um impacto econômico de US$ 50 a 200 bilhões por ano até 2025, o que representa cerca de 10% do PIB do país”, afirma José Palazzi, diretor de vendas da Qualcomm para América Latina

O Qualcomm IoT Reference Center opera no campus da Facens, na Rodovia Senador José Ermírio de Moraes, 1425 - Castelinho km 1,5 - Alto da Boa Vista - Sorocaba/SP e conta com uma equipe de gestores, engenheiros, estagiários e monitores que trabalham de maneira integrada com os profissionais da Qualcomm Serviços de Telecomunicações na elaboração das demonstrações das tecnologias da empresa em aplicações para IoT, incluindo cidades inteligentes, IoT Industrial, casas inteligentes e smart users.

Comentário (0) Hits: 59

Galaxy Note 9 chega ao Brasil por até R$ 6,5 mil

note_9.jpgPor Thais Sogayar
30/08/2018 - O Samsung Galaxy Note 9 é um smartphone sofisticado, com tela grande e especificações de primeira linha, incluindo uma enorme bateria e armazenamento interno que começa com 128 GB. A nova S Pen funciona com tecnologia Bluetooth para tirar selfies com uma certa distância. Mas o preço é alto para os padrões brasileiros e oferece poucas inovações reais em relação ao Note 8 lançado ano passado.

Fiz alguns pequenos testes com o Galaxy Note 9 durante a apresentação realizada para a imprensa hoje em São Paulo. Peguei a caneta S Pen e comecei a escrever na tela preta com tinta digital amarela. Gostei bastante do resultado: este telefone é leve, super divertido de usar, mas não se engane, ele não é um brinquedo. É poderoso, vem com uma tela de 6,4 polegadas, bateria de 4.000 mAh, processador Qualcomm Snapdragon 845 e 128 GB ou 512 GB de armazenamento embarcado, além de um cartão microSD se você precisar de mais memória.

No entanto, o poder e a diversão do novo Galaxy Note9 da Samsung valem R$ 5.499,00? Segundo pesquisa divulgada pela empresa, para os fãs do Android que querem o melhor, a resposta é "sim".

Alta performance, bateria e armazenamento

O novo Note conta com 4.000 mAh3 que garante muito mais tempo longe do carregador, versões de 128GB4 com 6GB de RAM ou 512GB5 com 8GB de RAM, que pode chegar a 1TB5 com a inserção de um cartão MicroSD e vem com Processador Snapadragon 845 Octa-core 10nm 64 bits (Máx. 2,8 GHz + 1,7GHz).

S Pen conectada: controle sempre nas mãos

A S Pen, um dos diferenciais mais reconhecidos da linha Galaxy Note e que sempre agregou benefícios para diversas atividades dos usuários, vem com um suporte a Bluetooth Low-Energy (BLE), que permite que os usuários tirem selfies e fotos em grupo com enquadramento perfeito, pausar apresentações, passar slides, reproduzir vídeos, com apenas um clique.

Além disso, as anotações com tela desligada também estão mais dinâmicas, já que a cor das marcações feitas com a caneta agora correspondem à cor da própria S Pen - amarelo (para o Galaxy Note9 Azul), branco (para o Galaxy Note9 preto) ou cobre para o modelo na cor cobre.

“A série Galaxy Note possui um longo histórico de inovações para oferecer smartphones superpotentes para os usuários", lembra Antonio Quintas, Vice-Presidente da Divisão de Dispositivos Móveis da Samsung Brasil

Câmera inteligente

Graças aos novos recursos da câmera do Galaxy Note9, como detecção de falhas, os usuários não perderão o registro de momentos especiais, já que o smartphone avisa se alguém piscou, se alguma luz irá afetar a qualidade da imagem ou ficar borrada, por exemplo.

Outro destaque da câmera é o Otimizador de Cena, que por meio do uso da Inteligência Artificial gera imagens realistas e com cores intensas ao identificar os elementos de uma foto, como um cenário, pessoa, animal ou objeto, para classificá-la automaticamente em uma das 20 categorias de cena1 e instantaneamente otimizá-la.

Falta ou excesso de iluminação também não será mais problema. O novo Galaxy Note9 conta com tecnologia avançada de redução de ruído e lentes de abertura dupla que se ajustam à luz como o olho humano, garantindo uma imagem com mais brilho e nitidez.  

Conclusão: smartphones iPhones ou Androids estão ficando cada vez mais caros. Essa parece ser uma tendência.

O Galaxy Note9 estará disponível a partir do dia 14 de setembro nas principais lojas do varejo e Samsung, nas cores azul e preto, na versão 128GB com 6B de RAM, por R$ 5.499. A pré-venda acontecerá entre os dias 31 de agosto e 13 de setembro, e chegam às lojas no dia 14 de setembro.

Já o Galaxy Note9 na cor cobre, com 512GB e 8GB de RAM, chega por R$ 6.499 exclusivamente nas lojas Samsung e terá período de pré-venda estendido até o dia 28 de setembro. A venda dessa versão do aparelho começa no dia 29 de setembro.

 A cor das marcações feitas com a caneta agora correspondem à cor da própria S Pen - amarelo, branco ou cobre

Comentário (0) Hits: 200

Caixa lança site para apostas em loteria pela internet

loteria_online.jpg10/08/2018 - Estimativa do banco é aumentar em 3% o volume total de apostas; jogos mínimos são de R$ 30 e máximos de R$ 500 por dia; e valem para os jogos da Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca e Lotogol.

No entanto não é possível apostar pela internet na Loteria Federal e também não há a comercialização de bolão, que continuam de exclusividade das lotéricas. Para apostar, basta ser maior de 18 anos, possuir um cartão de crédito e fazer um cadastro prévio no site Loterias Online.

Comentário (0) Hits: 483

Hi Platform anuncia integração com Whatsapp Business

hiplatform.jpg09/08/2018 - A plataforma de relacionamento de clientes com o consumidor anuncia a integração dos seus produtos de atendimento digital, chatbot e chat online, com o WhatsApp Business. Para a empresa, a novidade será mais um passo na transformação da qualidade do atendimento, com potencial de ajudar na migração do tradicional canal – telefone – para as plataformas digitais, movimento que tem acontecido nos últimos anos.

A partir de agora, as empresas podem utilizar as soluções da Hi Platform para atender seus clientes diretamente pelo WhatsApp, de forma automatizada com um chatbot que utiliza inteligência artificial para entender e responder as perguntas, ou interligando diretamente com o atendimento humano, via chat.

De acordo com Alexandre Bernardoni, sócio fundador da empresa, a integração abre mais uma oportunidade para que os consumidores façam novas conversas diretas com as companhias, gerando uma experiência mais eficiente do que os tradicionais canais telefônicos.

“Acredito que a adaptação será gradual e extremamente positiva para as empresas, pois abrirá uma grande porta para que milhares de pessoas façam contato por meio do aplicativo. Começar validando a funcionalidade com a equipe interna e depois disponibilizar o canal para os clientes pode ser uma boa forma de as companhias testarem como essas conversas vão funcionar”, ressalta.

O especialista destaca a segurança das mensagens trocadas pelo WhatsApp por serem criptografadas de ponta a ponta, permitindo que fotos, vídeos, arquivos, mensagens de voz e até ligações, sejam lidos apenas pelo remetente e pelo destinatário, sendo o acesso bloqueado até mesmo para o próprio WhatsApp.

Para usufruir da nova funcionalidade, cabe às empresas entender o quanto de atendimento será automatizado com a ajuda dos robôs virtuais, que enviarão respostas em até 24 horas via whatsapp para os consumidores e quais demandas deverão ser encaminhadas para um atendimento humano”, completa Alexandre Bernardoni.

Comentário (0) Hits: 486

Canon lança a impressora Maxx Tinta G3111

impressora_canon_g3111.jpg04/07/2018 - Equipamento possui Wi-Fi, possibilidade de impressão usando smartphone a partir de várias redes sociais e imprime documentos armazenados na nuvem; A Maxx Tinta G3111 vêm com uma garrafa extra de tinta preta, tela LCD e botões dedicados para conexões Wi-Fi. De acordo com o fabricante, novo modelo chega ao Brasil custando R$ 1.099,00.

A Maxx Tinta G3111 apresenta design compacto e inteligente com tanques integrados, visores dos níveis de tinta na parte frontal e capacidade de imprimir sem bordas. Ela utiliza um sistema de tinta híbrido que usa tinta preta pigmento para textos mais nítidos, e tinta colorida corante para imagens com cores vibrantes que impressionam. O modelo também apresenta um absorvente de tinta com capacidade superior ao da linha anterior, suportando assim um volume de impressão maior.

A impressora possui um sistema de abastecimento de tinta projetado com um tubo flexível, durável, de alta qualidade e protegido contra entrada de ar, que ajuda a evitar o ressecamento da tinta quando a impressora não está em uso. Este método de reposição de tinta também oferece menor custo por página e maior rendimento, permitindo imprimir até 6 mil páginas em preto ou até 7 mil páginas coloridas. As garrafas da linha Maxx Tinta têm capacidade de 135 ml para a tinta preta e 70 ml para cada tinta colorida.

A nova Maxx Tinta imprime com uma resolução máxima de 4800 dpi em cores, digitaliza com resolução ótica de 600x1200 dpi, imprime fotos sem bordas até o tamanho A4, imprime documentos a uma velocidade de até 8,8 imagens por minuto (ipm) em P/B e 5,0 ipm em cores e, o tempo de configuração inicial é de aproximadamente seis minutos. O modelo que chega ao Brasil vem com LCD de 1,2", que facilita o comando de cópias.

Conectividade

A nova Maxx Tinta G3111 possibilita a impressão sem fio, ou seja, diretamente de dispositivos móveis como smartphones e tablets através do aplicativo Canon PRINT, sem a necessidade de um roteador. Assim é possível fazer cópias de documentos e fotos usando dispositivos inteligentes e imprimi-los facilmente.

Tanque de tinta

Sedundo informa a Canon, as impressoras com tanque de tinta também têm a vantagem de facilitar a visualização do nível de cada tinta, assim o usuário tem total controle e nunca fica na mão. Além disso, com impressoras com tanque de tinta fica muito mais fácil fazer a recarga e sem sujeira. A impressora com tanque de tinta da fabricante utiliza um sistema de tinta híbrido, que usa tinta preta pigmento para textos mais nítidos, e tinta colorida corante para imagens com cores vibrantes e visualmente impactantes. Além disso, a Maxx Tinta G3111 vêm com uma garrafa extra de tinta preta.

 

Comentário (0) Hits: 885

Alterego parece ser comandado pelo pensamento

alterego.jpgPor Ethevaldo Siqueira
11/06/2018 - Controlar seus gadgets por comandos verbais é algo relativamente comum em 2018. Num futuro próximo, você não terá sequer que mover seus lábios. Um dispositivo protótipo chamado Alterego, criado por Arnav Kapur, estudante de pós-graduação do MIT Media Lab, mostra o caminho para realizar essa façanha.

O acessório plástico branco produzido por uma impressora 3-D parece um tipo de uma banana comprida e delgada, fixada ao lado da cabeça do usuário – permite ao estudante selecionar canais de tevê, acender lâmpadas e controlar sua intensidade luminosa, mover peças de xadrez como grandes jogadores, resolver problemas aritméticos complicados, e, como ele recentemente mostrou a uma equipe do programa de TV Sixty Minutes, a nova tecnologia lhe permite encomendar uma pizza, tudo sem dizer uma palavra ou levantar um dedo.

Ele pode ser usado para permitir que as pessoas se comuniquem silenciosa e discretamente uns com os outros, também. "Eu me sinto como se fosse um ciborgue, mas no melhor sentido possível", diz ele sobre sua experiência com o dispositivo, que construiu como um projeto de pesquisa.

É claro que AlterEgo não lê mentes, embora possa dar a impressão de que o faz. Em vez disso, ele capta minúsculos sinais elétricos produzidos por pequenos movimentos de nossos músculos faciais e pescoço quando lemos silenciosamente ou falamos com nós mesmos.

Eletrodos do Alterego captam esses sinais e os enviam via Bluetooth para um computador, onde eles podem ser decodificados por algoritmos e, em seguida, agem coisas como "ligue a luz", por exemplo. O sistema inclui auscultadores que utilizam a condução óssea para lhe dar feedback e que você seja informado, por meio de uma voz computadorizada, o que outros Alteregos estejam tentando dizer-lhe, sem bloquear os ouvidos. É como estar pessoalmente conectado à Internet, sem dispor dela.

Vivemos em um mundo onde a rápida evolução da inteligência artificial se torna fonte de preocupação e ansiedade, em que supomos "estarem os robôs em vias de nos dominar e de nos matar" – ou pelo menos a caminho de nos tomar emprego ou o trabalho.

Nesse cenário, Kapur vê o Alterego como uma espécie de antídoto. Ele passou o último ano trabalhando no dispositivo para mostrar como a Inteligência Artificial pode nos ajudar a ampliar nossos horizontes, em vez de nos substituírem.

Ele prevê tudo isso como um novo tipo de computador, que pode ser usado de uma forma que exige muito menos de sua atenção do que esfregar o dedo na tela de um smartphone e mais íntimo (e silencioso) do que gritar com os comandos do Alexa.

Embora ainda seja apenas um protótipo em fase inicial, ele imagina que o Alterego poderá ser útil para, digamos, chamando um Uber, ou facilitara a comunicação e a vida das pessoas com problemas da fala ou distúrbios de voz;

Até agora, Kapur e outros pesquisadores do Media Lab construíram várias aplicações simples, incluindo assistentes de jogo que sugerem ao jogador de xadrez o próximo movimento, um aplicativo aritmético que dá a resposta a problemas de matemática, e um aplicativo que permite que você possa essencialmente se tornar um nó na Internet das coisas.

Os pesquisadores também fizeram com que as pessoas testassem o Alterego como forma de comunicação silenciosa e discreta. Segundo uma recente pesquisa, elas descobriram que em 92 por cento do tempo, em média, elas foram capazes de captar com precisão o que os usuários diziam.
Tanzeem Choudhury, professor associado da Universidade Cornell, que gere o laboratório de computação do povo da escola, pensa que Alterego pode ser particularmente útil em situações em que possa ser embaraçoso ou emocionalmente desgastante falar sobre certas coisas.

Leia o artigo original da MIT Technology Review aqui:

Comentário (0) Hits: 798

newsletter buton