Despedida, após 45 anos

adeus_estadao.jpg21/10/2012 - Esta é minha última coluna neste Estadão.

Escrevo-a com emoção porque este jornal faz parte de minha vida. Aqui comecei a trabalhar no dia 10 de março de 1967. Quando olho para trás, fico espantado ao perceber quanta coisa mudou no mundo, no Brasil e na tecnologia. Quase tudo que aprendi em meu ofício aprendi aqui. E ainda tive o privilégio de conviver com jornalistas como Júlio de Mesquita Filho, Júlio de Mesquita Neto, Ruy Mesquita, Fernando Pedreira, Oliveiros Ferreira e uma lista de companheiros cujos nomes não caberiam neste espaço.

newsletter buton