Tecnologia ‘fora da caixa’: Inovação a serviço da produtividade

*Por Luiz Sakuma
23/03/2018 - Produtividade e tecnologia sempre andaram juntas: otimizar o tempo é essencial para o ritmo de vida que levamos nos dias de hoje. Nos ambientes ultra conectados, competitivos e imediatistas que vivemos, manter a eficiência é um verdadeiro desafio. Nesse aspecto, é a inovação em TI que nos traz recursos indispensáveis para processar e organizar a informação, além de inevitavelmente criar distrações irresistíveis. Como, então, podemos usá-la a nosso favor?

Existem diversas formas de condicionar nossos gadgets e dispositivos conectados para realizar nossas tarefas mais rotineiras e, consequentemente, nos poupar tempo. Além disso, dispositivos já presentes nas nossas vidas podem adquirir uma nova importância quando exploramos corretamente seu potencial. Quem nunca se surpreendeu ao encontrar uma função nova no smartphone, por exemplo? Desde lembretes na agenda até assistentes virtuais, já é possível contar com a tecnologia em casa e no trabalho para resolver nossos problemas mais simples de produtividade. Em algumas profissões, isso pode ser a diferença entre cumprir ou não um prazo. Em outras, pode ser decisivo para o sucesso de um projeto, operação ou empreendimento.

Podemos, por exemplo, considerar um arquiteto ou engenheiro, que lida diariamente com exatidão, cálculos complexos, projetos técnicos e que não admitem falhas. Ao utilizar um notebook touchscreen para desenhar seus croquis, a nova tecnologia de caneta digital pode ser utilizada para repetir traços, ângulos, espessuras ou cores. É possível poupar um tempo precioso ao repetir padrões com precisão sem a necessidade de buscar novamente o traço correto ou o ângulo exato. Um dispositivo que, à primeira vista, é um mero periférico, pode ser uma importante ferramenta de trabalho inteligente.

Em diversas situações, negligenciamos as capacidades que a tecnologia nos fornece. Poucos de nós, por exemplo, pensaríamos em utilizar dispositivos de realidade virtual, como headsets, para criar um ambiente imersivo e isolado para deixar nossa criatividade fluir livremente no trabalho, mesmo em um escritório cheio. Para o usuário comum, determinados gadgets cumprem funções pré-determinadas e limitadas, o que não é, nem de longe, a realidade.

Pode ser um notebook, um tablet, um dispositivo VR, uma caneta inteligente, ou qualquer outro gadget do dia a dia: há sempre uma forma de aprimorar tarefas rotineiras usando a tecnologia. Nossa vida é rodeada de facilidades inovadoras, que podem acabar nos limitando, mas é preciso pensar a tecnologia “fora da caixinha” – e essa é uma missão para os consumidores, mas principalmente, para a indústria.

*Luiz Sakuma é gerente sênior de produtos da Lenovo

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton