Inovação na forma de gerenciar trabalhos de rotina utilizando robôs com a tecnologia de Robotic Process Automation

*Por Ronaldo Stanzione
25/08/2017 - A Automação Robótica de Processos (Robotic Process Automation – RPA) é um "software inteligente" que executa atividades repetitivas de forma rápida, eficiente e precisa. O programa usa tecnologias de reconhecimento visual para capturar e apreender a sequência das atividades executadas no dia a dia da operação e cria rotinas automatizadas e otimizadas para a execução dos robôs. A maioria das soluções de RPA não requer programação, ou seja, você não tem que entender ou escrever códigos.

Os robôs não substituem a mão de obra humana, mas ajudam na produtividade das equipes, realizando de forma rápida e precisa as tarefas simples e recorrentes, permitindo que os funcionários foquem em atividades complexas e estratégicas. Tanto as empresas quantos os colaboradores podem ter benefícios ao deixarem os robôs fazerem o trabalho trivial. Seguem exemplos:

Funcionários — os colaboradores podem se livrar das suas tarefas simples e repetitivas para se concentrar em trabalhos criativos, atividades produtivas e que gerem valor para a empresa. Com a solução de RPA em ação, os funcionários terão mais tempo para desenvolver suas habilidades e carreiras, ampliando seus horizontes, enquanto os robôs trabalham dia e noite nas tarefas automatizadas.

Empresas — os robôs podem trabalhar 24 horas por dia, nos finais de semana e feriados concluindo em questão de horas tarefas que levavam dias ou semanas. Além disso, esse software é uma forma econômica de aumentar rapidamente a produtividade em períodos sazonais ou de pico. A precisão do RPA reduz os erros e economiza os recursos da empresa, como em setores nos quais a conformidade regulatória é importante e a exatidão é fundamental para cumprir certas normas. Ao lado da conformidade, outro benefício da RPA é a maior segurança, pois as tarefas e informações sensíveis podem ser processadas pelos robôs, protegendo a integridade de informações confidenciais e reduzindo riscos à privacidade.

Deixar que os robôs assumam as tarefas repetitivas traz como resultado o aumento da produtividade, da qualidade, da segurança, redução de custos, além de ajudar os funcionários a se desprenderem das tarefas cansativas e corriqueiras. Portanto, para nos prepararmos para as mais recentes mudanças em meio à evolução dos ambientes corporativos, vamos colocar foco em oportunidades estratégicas e deixar os robôs trabalharem em atividades operacionais.

*Por Ronaldo Stanzione, Country Manager da Verint no Brasil

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton