Estudo revela que só 21% das salas de reunião têm equipamento de áudio adequado

02/04/2020 — Pesquisa da Shure oferece uma visão mais profunda do futuro das salas de conferência

Estudo encomendado pela Shure, empresa líder em fabricação de equipamentos de áudio, com mais de 90 anos de atuação, revela que somente 21% das salas de diretoria estão equipadas com a tecnologia audiovisual adequada para a realização de reuniões virtuais. E mais: apenas 36% das salas de conferência em geral contam com a tecnologia certa para cumprir seu propósito.

"Com o crescimento contínuo de empresas globais e funcionários remotos, as reuniões virtuais nunca foram tão importantes como atualmente", destaca Chris Merrick, diretor Global de Marketing para Sistemas Instalados da Shure. "Nós buscamos aprender sempre mais sobre as necessidades do mercado, e essa pesquisa proporciona valiosas informações sobre como as empresas de hoje estão buscando se preparar para as necessidades de negócios de amanhã."

A pesquisa incluiu respostas de profissionais e usuários de TI que atuam em uma grande variedade de setores, entre eles, saúde, serviços bancários, serviços financeiros, fabricação, varejo, tecnologia, transporte, energia, agricultura e imobiliário.

As conclusões estabelecem um panorama da importância da tecnologia — especialmente de áudio — para a realização de reuniões virtuais eficientes. De fato, 87% dos entrevistados afirmaram que as conferências são essenciais e muito importantes, e 86% confirmaram que elas vêm adquirindo cada vez mais importância. Ainda segundo a pesquisa, 74% das empresas planejam destinar uma parte maior de seu orçamento para modernizar salas de conferência.

"Não contar com os equipamentos certos pode afetar diversos fatores dentro das empresas, como a eficiência no local de trabalho, economia de custo, e até mesmo frustrar os funcionários", afirma Merrick.

Impacto sobre a eficiência no local de trabalho

Os entrevistados disseram que dificuldades técnicas durante reuniões virtuais causam vários problemas no ambiente de trabalho, e o principal deles é a necessidade de remarcar reuniões – uma comunicação deficiente que gera retrabalho em projetos e redução da satisfação dos funcionários.

Frustração dos funcionários
Mesmo quando as reuniões virtuais são realizadas sem "problemas técnicos", a tecnologia de som presente na sala pode ser um fator de distúrbio. Entre as principais frustrações, os participantes da pesquisa mencionaram ruído ambiente, eco, ouvir apenas parte da fala e conversas paralelas. No geral, a qualidade de áudio deficiente é a principal causa de problemas em salas de reunião.

Impacto sobre recursos
Quando ocorrem problemas técnicos, a equipe de TI (que já trabalha no limite em várias empresas) é requisitada para solucioná-los rapidamente. A pesquisa descobriu que 68% dos executivos encaminham problemas de salas de reunião à área de TI, e mais de 60% dos problemas encontrados por eles durante reuniões por teleconferência são relativas ao áudio.

Benefícios de um áudio sem falhas
De acordo com os pesquisados, o principal fator para a melhoria de reuniões virtuais é oferecer áudio sem falhas, com incríveis 81% afirmando ser esse o grande responsável. Eles acreditam que essas melhorias gerariam mais produtividade (65%), menos tempo gasto em reuniões (61%) e funcionários mais engajados (56%).

"Os equipamentos de áudio da Shure têm reconhecida história como alternativas confiáveis para os maiores palcos do mundo e lendas da música", afirma Jim Schanz, vice-presidente de Vendas Globais de Sistemas Integrados da Shure. "Estamos levando essa mesma qualidade a salas de diretoria e reunião de um modo que simplifique para os usuários a tarefa de operação e reduza ao máximo o esforço de configuração e gerenciamento para profissionais de TI."

Para mais informações sobre a pesquisa, acesse: everyvoice.shure.com

 

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton