BizSpark reforça apoio a startups brasileiras

bizspark.jpg10/02/2014 - Desde o lançamento global do programa de apoio a startups da Microsoft, o Microsoft BizSpark, o ecossistema de inovação brasileiro evoluiu de maneira significativa. Os entraves para a criação de um novo negócio tornaram-se menores, mas o apoio nessa fase inicial do negócio continua a ser fundamental. É com base nesse contexto que, cinco anos depois, a Microsoft reforça seu compromisso com o ecossistema de empreendedorismo e faz um novo convite para que startups de todo o país se candidatem ao programa.

Para participar do BizSpark, é necessário que a startup tenha menos de cinco anos de existência e faturamento de até US$ 1 milhão. Caso seja aprovada, a startup tem acesso gratuito a diversas plataformas Microsoft, agrupadas no pacote MSDN. Caso fosse cobrada, a assinatura do pacote teria custo anual de US$ 13 mil por ano. A startup também pode utilizar gratuitamente o Windows Azure, cujo custo seria de US$ 150 por mês, podendo evoluir para um benefício de até 60 mil dólares. Além disso, a Microsoft oferece suporte, treinamento presencial e online para empreendedores, além de relacionamento com time de produtos e contas.

Desde 2008, o BizSpark já apoiou mais de 3,7 mil startups brasileiras. Somente na primeira metade do ano fiscal 2014, que termina em junho deste ano, 578 novas startups aderiram à iniciativa. Não há pré-requisitos ligados à área de atuação, tampouco quanto ao produto final da startup. Pode ser tanto um aplicativo para Windows Phone quanto para Android, por exemplo, desde que a plataforma para o acesso aos dados na nuvem seja o Windows Azure.

Comentário (0) Hits: 2676

UIT aprova G.fast de 1 Gigabit/seg sobre fios de cobre

redes-telefonicas2.jpg10/02/2014 - A UIT (União Internacional de Telecomunicações) está padronizando uma nova tecnologia revolucionária denominada G.fast, que assegura velocidade equivalente às de uma fibra óptica com a facilidade de uma instalação ADSL2. A solução vai beneficiar tanto os usuários como as operadoras, na medida em que os provedores de serviço poderão manter e coexistir seus sistemas VDSL2 e complementá-los com o FTTH (Fiber to the home).

O desenvolvimento do G.fast foi coordenado pelo Broadcast Forum, no projeto denominado Fibra no Ponto de Distribuição (FTTdp).
O padrão de transmissão de dados na velocidade de 1 Gbps sobre linhas de cobre da União Internacional de Telecomunicações (UIT), o G.fast, está a um passo de se tornar realidade operacional e integrar o dia-a-dia das telecomunicações em todo o mundo. O novo padrão foi aprovado no final de janeiro de 2014, em encontro realizado em Genebra, na Suíça, em que foi autorizado o primeiro estágio do G.fast, após especificar métodos para minimizar o risco de interferência em equipamentos de radiodifusão, como rádio FM.

A tecnologia permite, em teoria, alcançar a velocidade gigabit em redes com distância de 250 metros do gabinete com backhaul de fibra. Atualmente, provedores que utilizam o fiber-to-the-curb (FTTC), como GVT e TIM, conseguem velocidades teóricas de 100 Mbps com redes de cobre na última milha a uma distância de 450 metros, utilizando VDSL2. A UIT afirma que o G.fast permite ainda que consumidores façam auto instalação do modem, como uma rede xDSL, dispensando o auxílio de técnicos e agilizando o roll-out dos serviços. O padrão está sendo coordenado com a arquitetura de projeto de fibra até ao ponto de distribuição (FTTdp, na sigla em inglês), do Broadband Forum.

Uma evolução do VDLS2


O G.fast é uma evolução do VDSL2, feito com a combinação das tecnologias pair-bonding (fazendo junção de dois pares de cobre), vectoring (eliminando o cruzamento ou interferência entre diferentes linhas VDSL2) e phantom mode (criando pares virtuais entre pares de cobre).

Com a implementação do GPON até os armários das operadoras, o padrão consegue entregar a velocidade de 1 Gbps usando a infraestrutura das redes telefônicas de cobre, teoricamente a partir de distâncias de 500 m e idealmente a 200 m. A UIT tem trabalhado no padrão desde fevereiro de 2011 e, segundo a fornecedora de equipamentos de banda larga e roteadores D-Link, deverá ser aprovado em março de 2014.

Comentário (0) Hits: 1923

Satya Nadella, CEO global da Microsoft

nadella.jpg04/02/2014 - A Microsoft anunciou nesta manhã a escolha de Satya Nadella novo CEO global da companhia, após indicação do conselho de administração da empresa. Ele assumirá o cargo de executivo-chefe da Microsoft e também terá um lugar como diretor do conselho.

Satya está na Microsoft há 22 anos e recentemente supervisionou a divisão de Cloud e Enterprise, uma das áreas de negócio mais rentáveis e com maior ritmo de expansão na companhia.

Comentário (0) Hits: 2548

Apple planeja app para fitness, o Healthbook

Health-Care.jpg03/02/2014 - Há um número crescente de sinais de que a Apple está desenvolvendo um dispositivo vestível, talvez o iWatch, que incidirá sobre saúde e fitness.

O site 9to5Mac informou que a empresa planeja incluir no sistema operacional iOS 8 um aplicativo chamado "Healthbook." O software será capaz de monitorar e armazenar estatísticas de fitness, tais como dados dos passos, calorias queimadas e quilômetros percorridos. O aplicativo terá também a capacidade de gerenciar e controlar a perda de peso.


O "Healthbook" terá sensores capazes de monitorar e armazenar informações, tais como as calorias queimadas, pressão arterial, níveis de hidratação e dados relacionados com o sangue, como níveis de glicose.

Comentário (0) Hits: 1462

Globo levará robô controlado por rádio na Campus Party

campus_party_globo.jpg28/01/2014 - Entre os dias 27 de janeiro e 02 de fevereiro, o Globo Universidade tem um encontro marcado com a galera antenada que estará presente na sétima edição da Campus Party, em São Paulo. O foco são os jovens empreendedores, geeks, gamers, cientistas e criativos que acompanham e desenvolvem atividades sobre inovação, cultura, entretenimento digital e ciência.

Um drone (espécie de robô controlado por rádio, admirado por sua tecnologia versátil utilizada em ações militares, resgates ou no uso profissional de fotógrafos) sobrevoará a Campus Party em uma ação para distribuição de kits de sobrevivência entre os campuseiros – entregues pelo próprio robô por meio de um paraquedas. O robô também vai selecionar dois jovens para uma apresentação do programa Navegador, da GloboNews, que acontece no palco principal do evento no dia 30 de janeiro. Lá, a partir das 17h, eles poderão participar das discussões sobre tecnologia e startups, e dividir as atenções do público com o apresentador Alê Youssef, com a fundadora do aplicativo Tysdo, Roberta Vasconcellos, o físico e especialista em antimatéria, Claudio Lenz César, e o produtor cultural e diretor do documentário Funk Ostentação, Renato Barreiros.


A GloboNews, também convidará os jovens apaixonados por tecnologia, internet e entretenimento eletrônico a tornarem-se repórteres da emissora durante a cobertura do evento, através das redes sociais. A intenção é que transmitam a sua experiência na Campus Party para todos os que não conseguiram garantir sua vaga no evento. O melhor vídeo será rodado durante o programa Navegador e receberá um prêmio surpresa.

Sobre o programa Navegador:

Lançado em novembro de 2013 pela GloboNews, o programa Navegador aborda a inovação e tem como proposta discutir, semanalmente, assuntos relacionados à política, à cultura, à tecnologia e ao comportamento, e suas consequências práticas na vida das pessoas.

A apresentação será transmitida ao vivo pelo site da GloboNews – www.g1.com.br/globonews
Outras informações: http://www.campus-party.com.br

Comentário (0) Hits: 1684

RioBotz, equipe de robótica, participa da Campus Party

riobotz_pucrio_robo.jpg28/01/2014 - De 28 de janeiro a 1º de fevereiro, a RioBotz/PUC-Rio estará na Campus Party, onde vai participar da competição Submarino URC - Ultimate Robot Combat, promovida pelo site de vendas Submarino.

A disputa acontecerá numa arena blindada, que receberá outros sete times de competidores brasileiros para o torneio. Um deles, inclusive, é comandado por um ex-aluno da PUC-Rio, que fez parte da RioBotz. Já formado, enalteceu o aprendizado adquirido, dando início a uma outra equipe de robótica, confirmando sua paixão pelo estudo dos robôs, mesmo sem frequentar mais as salas de aula.

Como os robôs devem ter até 55kg, a RioBotz vai levar seus campeões Touro (medalha de ouro na RoboGames 2013) e Maloney (medalha de bronze na Winter Challenge 2012). Os vencedores ganharão uma viagem ao Vale do Silício, na California, nos EUA. Se os robôs da RioBotz se saírem bem, em quatro lutas decidirão o título. "Estamos confiantes. Nossos robôs são extremamente competitivos e temos 11 anos de experiência em luta de robôs", declara Marco Antonio Meggiolaro, coordenador da RioBotz e professor do Departamento de Engenharia Mecânica do Centro Técnico Científico da PUC-Rio.

Sobre a RioBotz/PUC-Rio - A RioBotz/PUC-Rio foi formada em janeiro de 2003 com o objetivo de projetar e construir robôs de competição.
A equipe atualmente é composta, em sua maioria, por alunos das Engenharias de Controle e Automação, Mecânica e Elétrica. Segundo Meggiolaro participar de uma competição deste porte é um estímulo para os estudantes. "A Robótica é uma ciência multidisciplinar que fornece bases para a aplicação de diversas engenharias, dentre elas a Elétrica, Mecânica e de Computação. O aluno aprende um pouco sobre todas essas áreas e, principalmente, como integrá-las. No mercado atual, dificilmente se encontra um produto de alta tecnologia puramente mecânico ou elétrico: todas essas engenharias são importantes para a geração de um produto competitivo".

Os integrantes da RioBotz têm a possibilidade de adquirir conhecimentos em áreas como mecânica, eletrônica, computação, publicidade, marketing, design e captação de recursos, além de utilizar na prática os conhecimentos obtidos em sala de aula.

Embora seu foco seja a construção de robôs de combate, as tecnologias envolvidas podem ser aplicadas em diferentes setores como a indústria de energia, petróleo e médica.

Legenda: Robô do projeto RioBotz da PucRio
Foto: Lécio Augusto Ramos

Comentário (0) Hits: 2093

newsletter buton