Engineering do Brasil lança Alfredo, robô fiscal

cesar_kazakevicius.jpg13/09/2018 - Com Inteligência Artificial e Machine Learning, Alfredo promete eliminar tarefas repetitivas e sem valor agregado na rotina fiscal

A Engineering do Brasil – empresa do Grupo Engineering, multinacional italiana que atua em Transformação Digital - participou do SAP Fórum Brasil 2018, que aconteceu essa semana em São Paulo, e apresentou a sua novidade para a jornada da transformação digital em âmbito Fiscal: O robô "Alfredo".

Todos conhecem a complexidade do sistema tributário brasileiro, dois números resumem bem o cenário: no Brasil as empresas gastam 2600 horas/ano no atendimento de obrigações fiscais, quase 10 vezes mais que o segundo colocado e no ranking geral de complexidade tributária, o Brasil ocupa a posição número 137 entre 178 países pesquisados.

Ainda assim, os atuais Sistemas Fiscais possuem funcionalidades limitadas e muito trabalho é feito por pessoas, através de planilhas eletrônicas. Existem riscos inerentes em relação a inconsistências, cálculos personalizados, manipulação de dados e controle de versões. O processo também não é claro, existem entradas e saídas indefinidas e funções e responsabilidades pouco claras. Em resumo, muito tempo acaba sendo gasto em atividades de pouco valor agregado.

Pensando nesse cenário, nasceu o Alfredo. O robô é baseado em dois conceitos fundamentais: a automatização dos processos fiscais e a inteligência artificial. Por um lado, a automatização dos processos fiscais visa eliminar todas as passagens repetitivas e sem valor agregado. Todo o processo é gerenciado pelo "Alfredo" e todos as passagens manuais, que não necessitam da inteligência humana, são executadas automaticamente. Quando o processo requer a intervenção humana, o próprio "Alfredo" pode iniciar um processo colaborativo, garantindo o fluxo das informações e permitindo a tomada de decisão eficaz.

Por outro lado, a rede neural artificial do "Alfredo" permite uma série de análises dos dados fiscais. Aliado a isso, o "Alfredo" possui capacidades de aprendizado, interpretando e classificando as interações humanas. As regras fiscais são aprendidas pelo "Alfredo", permitindo a análise preditiva (o que deve acontecer?), análise descritiva (o que aconteceu?) e análise diagnóstica (porque aconteceu?).

A parceria entre Engineering, SAP e Google Cloud permitiu a concepção e prototipação do "Alfredo". Essa aliança entre a SAP e a Google Cloud inclui a certificação do banco de dados SAP HANA no Google Cloud Platform (GCP), no SAP Cloud Platform (SCP) e nas novas integrações do GSuite. O objetivo é desenvolver e integrar as melhores soluções de nuvem e o aprendizado com as novas tecnologias Google Cloud aos aplicativos corporativos da SAP. Os recursos do Google Cloud oferecem a escalabilidade e a oportunidade de criar novos produtos. Em particular, a integração em âmbito Machine Learning, do SAP Leonardo ML Foundation com o Google Cloud ML services, comenta o diretor de Engenharia de Ofertas Digitais, Patrick Baudon.

Na foto, César Kazakevicius, diretor de TaxSolutions da Engineering do Brasil


Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton