Funttel cobra devedores

devedores.jpg02/05/2013 - O Ministério das Comunicações enviou, em abril, 144 processos à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, cobrando devedores do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel). Segundo o secretário executivo adjunto do Funttel, Eder Alves, os processos representam uma dívida de R$ 31,5 milhões, quase cinco vezes o valor dos casos enviados à procuradoria no mês anterior.

"Todas essas empresas já haviam sido notificadas, mas não realizaram o pagamento do valor devido ao Funttel", disse o secretário. "Então, nós estamos enviando os processos à PGFN que, além de inscrever os débitos na dívida ativa da União, registrará as empresas devedoras no cadastro informativo de créditos não quitados do setor público federal (Cadin)." Alves destacou que a medida é necessária para garantir que a dívida não prescreva.

O Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações foi instituído pela Lei 10.052, de 28 de novembro de 2000, com o objetivo de estimular o processo de inovação tecnológica, incentivar a capacitação de recursos humanos, fomentar a geração de empregos e ampliar a competitividade da indústria brasileira de telecomunicações.

Comentário (0) Hits: 1420

Satisfação total não existe

pesquisa.jpg23/04/2013 - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou hoje, no Recife, os primeiros resultados da pesquisa nacional de satisfação dos usuários com os serviços de telecomunicações em relação a telefonia e internet móveis, pós e pré-pagos. Em todos os serviços avaliados, a proporção de usuários totalmente satisfeitos ficou em 0%. Eis os dados divulgados pela Anatel:

Na telefonia móvel pós-paga, os resultados indicam que 29,5% dos usuários estão satisfeitos com os serviços prestados; 56% consideram o serviço mediano ou regular e 14,5% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos. Assim, 85,5% consideram o serviço satisfatório, enquanto 14,5% desaprovam o serviço avaliado.

Os usuários de banda larga móvel pós-paga estão satisfeitos em 43,7% dos casos; 42,2% consideram o serviço prestado regular ou mediano e 14,1% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos. Assim, 85,9% consideram o serviço satisfatório, enquanto 14,1% desaprovam o serviço avaliado.

Os usuários de telefonia móvel prestada na modalidade pré-paga estão satisfeitos em 48,2% dos casos; 43,5% consideram o serviço prestado regular ou mediano e 8,3% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos. Assim, a telefonia móvel pré-paga foi considerada satisfatória por 91,7% dos usuários, enquanto 8,3% desaprovam o serviço avaliado.

Dos usuários de banda larga móvel fornecida na modalidade pré-paga, 74,7% estão satisfeitos com o serviço; 12,7% estão insatisfeitos ou totalmente insatisfeitos, enquanto 12,6% o consideram mediano ou regular. Desta forma, a banda larga móvel prestada na modalidade pré-paga foi considerada satisfatória por 87,3% dos usuários, enquanto 12,7% desaprovaram o serviço.

Comentário (0) Hits: 931

Landell, herói nacional

landel.jpg02/05/2012 - A inscrição do padre Roberto Landell de Moura no Livro de Heróis da Pátria foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (30). Considerado um pioneiro na área de telecomunicações, Landell de Moura realizou, no fim do século 19, as primeiras transmissões de voz entre aparelhos sem fio, utilizando ondas eletromagnéticas. Ele também projetou a televisão, o teletipo e o controle remoto por rádio.

Apesar de ter patenteado algumas de suas invenções tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, Landell de Moura não obteve o reconhecimento das autoridades da época e chegou a ser considerado feiticeiro ou louco pela população. "Infelizmente, este grande cientista brasileiro não foi compreendido em seu tempo, o que, aliás, é comum acontecer com pioneiros, inovadores. Agora é nosso dever honrar e divulgar o seu trabalho. É importante que as crianças brasileiras aprendam na escola quem foi Francisco Landell de Moura", declarou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Como não recebeu nenhum apoio oficial, o cientista brasileiro acabou caindo no esquecimento e a comunidade internacional reconheceu o italiano Guglielmo Marconi, que realizou estudos semelhantes, como o inventor do rádio. Por isso, desde 2009, o Movimento Landell de Moura luta para que o padre seja verdadeiramente reconhecido pelos brasileiros como o "pai do rádio".

A inscrição do nome de Landell de Moura no Livro dos Heróis da Pátria se dá pelo aniversário de 150 anos de nascimento do padre, comemorado em 2011.

Também conhecido como Livro de Aço, o Livro dos Heróis da Pátria está depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Foi criado em 2007, com o objetivo de imortalizar os nomes de brasileiros que tenham contribuído de forma excepcional para a construção e o desenvolvimento do país. Nele, já estão escritos nomes como o de Tiradentes, Zumbi dos Palmares, José Bonifácio e Santos Dumont.

Comentário (0) Hits: 1679

Cidades-sede inauguram 4G

copa-conf.jpg02/05/2013 - A partir de hoje, todas as cidades-sede da Copa das Confederações – Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Fortaleza e Rio de Janeiro – deverão ter disponíveis os serviços da comunicação móvel de quarta geração (4G) com pelo menos 50% de cobertura.

Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fez acordo com as operadoras para garantir a cobertura de internet dentro dos estádios para todos os torcedores. “A inclusão de cobertura do 4G dentro dos estádios é uma inovação”, destacou, acrescentando que o Brasil é o primeiro país a sediar um evento mundial com a tecnologia de quarta geração.

Bernardo fez questão de afirmar que o serviço de internet mais rápida tem o objetivo final de atender às demandas do País por mais e melhores tecnologias que fiquem a serviço do aumento da competitividade da economia brasileira. As informações são da assessoria de imprensa do Minicom.

Comentário (0) Hits: 2032

newsletter buton