Anatel aumenta transparência das suas reuniões

10/02/2014 - O Conselho Diretor da Anatel aprovou a realização de consulta pública sobre proposta de alteração do Regimento interno que permitirá a participação presencial de qualquer pessoa nas suas reuniões e abrirá a possibilidade de manifestação oral das partes interessadas.

Atualmente, as reuniões do Conselho Diretor podem ser assistidas à distância por qualquer pessoa, em transmissões ao vivo pela internet, e as partes não se manifestam oralmente a respeito de matérias de seu interesse que estejam em deliberação.
As alterações têm por objetivos reforçar os princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório e ampliar a transparência dos atos decisórios da Anatel, além de fortalecer o debate entre a Agência e a sociedade.

De acordo com a proposta, serão assegurados a qualquer pessoa, desde que previamente identificada, o acesso e a presença no local designado para a realização das reuniões e sessões do Conselho Diretor, observados eventuais limites físicos e exceções de deliberações em sigilo e de matérias administrativas de interesse interno da Agência.

O pedido de manifestação oral, por sua vez, poderá ser formulado para qualquer procedimento administrativo objeto de deliberação pelo Conselho Diretor em reunião ordinária, excetuados os procedimentos normativos. As partes, por si ou por seus procuradores devidamente constituídos, desde que autorizados pelo presidente do Conselho, poderão manifestar-se oralmente por até 15 minutos para cada matéria da pauta.

A proposta da Anatel ficará à disposição da sociedade para apreciação e comentários pelo prazo de 15 dias, a contar a da publicação do aviso de abertura da consulta pública no Diário Oficial da União, previsto para os próximos dias. As contribuições deverão ser feitas preferencialmente por meio do Sistema de Acompanhamento de Consulta Pública, disponível no portal da Anatel na internet (www.anatel.gov.br).

A matéria foi relatada pelo conselheiro Igor Vilas Boas de Freitas. As análises e votos de hoje estarão disponíveis em http://migre.me/hKedG após o término da reunião do Conselho Diretor.

Comentário (0) Hits: 533

Jogos Olímpicos de Sochi vistos do espaço

sochi.jpgEthevaldo Siqueira
10/02/2014 - Estas imagens da região de Sochi, na Rússia, onde se realizam os Jogos Olímpicos de Inverno, foram feitas pelo satélite Terra, um projeto incrível, desenvolvido em conjunto pela NASA e pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão. Seu objetivo principal é produzir o mais completo e perfeito mapa do relevo terrestre já realizado na história e nos dar um diagnóstico permanente das transformações do planeta.

Na foto, as pistas de esqui, da estação de inverno Rosa Khutar, nas proximidades de Sochi, aparecem no vale bem no centro da foto. A neve tem a mesma cor branca. Mas o que aparece em vermelho representa a vegetação nas montanhas. As instalações do resort aparecem em cinza. A área da imagem tem cerca de 18 por 32 quilômetros.

O satélite Terra é um dos artefatos tecnológicos mais sofisticados já criados pelo homem: faz fotos em 12 faixas espectrais (frequências da luz), inclusive as do espectro visível, além do infravermelho e o ultravioleta. Esta foto, em especial, foi feita no dia 4 por seu Radiômetro Espacial Avançado de Emissão e de Reflexão Termais (ASTER, na sigla em inglês), instalado no satélite de observação do planeta. O ASTER foi lançado no dia 18 de dezembro de 1999 e acoplou-se ao satélite Terra.

As imagens produzidas pelo ASTER fornecem aos cientistas um grande número de informações sobre aspectos críticos e preocupantes do planeta e lhes permitem não apenas mapear, mas, principalmente, monitorar as variações de condições da vida terrestre e suas ameaças.

Com o estudo dessas imagens, podem ser identificadas erupções vulcânicas; variações glaciais; problemas com as plantações agrícolas; morfologia das nuvens e suas propriedades físicas; avaliação das terras úmidas; além de permitir o mapeamento dos solos e de sua geologia; a degradação dos recifes de coral; e a medida da temperatura e do equilíbrio de calor na superfície terrestre.

Foto: NASA/GSFC/METI/ERSDAC/JAROS, and U.S./Japan ASTER Science Team

Comentário (0) Hits: 536

Ariane 5, o lançador mais perfeito da história

launch_250x200.jpg10/02/2014 - No dia 6 de fevereiro de 2014, às 21:30 (hora universal), um foguete Ariane 5 lançou dois satélites de telecomunicações, em sequência: o ABS-2 para a operadora ABS e o Athena-Fidus, para a Telespazio, sob responsabilidade das agências espaciais da França e da Itália. O lançamento (VA 217), o primeiro deste ano, completa uma série de 58 missões realizadas com pleno êxito, e dá ao foguete Ariane 5 a posição de lançador mais confiável do mundo. O foguete transportou ao espaço um total de 10.214 kg de carga útil e colocou em órbita dois satélite com peso total de 9.410 kg.

O sucesso da missão consolida a posição do lançador europeu como um padrão e a garantia para os operadores de telecomunicações, bem como das agências espaciais nacionais e internacionais, dos setores públicos ou privados.

Após a entrada em órbita de ambos os satélites (ABS-2 e Athena Fidus), o presidente e CEO da Arianespace, Stephanie Israël disse: "Este 58º lançamento bem sucedido do Ariane 5, numa série de 250 lançamentos da família de lançadores Ariane, Soyuz e Vega, confirma a confiabilidade sem rival de nossos sistemas de lançamento. Gostaria nesta noite nosso orgulho por atendermos às exigências de nossos dois clientes, o que simboliza a missão dupla da Arianespace: oferecer os serviços da mais alta qualidade aos operadores públicos e privados de todo o mundo."

Comentário (0) Hits: 879

Acordo amplia alcance no serviço de dados

nss-7.jpg06/02/2014 A operadora global de satélites SES anunciou hoje a assinatura de um acordo com a Telefonica Global Solutions para melhorar e ampliar o alcance dos serviços de voz e de dados móveis da operadora VIVO nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Como parte de um negócio plurianual e de vários milhões de dólares, a Telefonica vai utilizar a capacidade 290 MHz de banda C a bordo do satélite NSS-7 para atender à crescente demanda por serviços de telefonia móvel VIVO em cidades com pouca conectividade e áreas rurais fora de alcance. As ofertas de voz e dados da VIVO, incluindo a alta velocidade de banda larga 3G, serão entregues sob a capacidade confiável da SES em hubs urbanos, como Macapá e Boa Vista, para atender às maiores áreas metropolitanas da região da Amazônia, com uma população combinada de mais de dois milhões de pessoas.

A conectividade vital de Banda C também permitirá a prestação de serviços da VIVO, através de um backhaul móvel 2G, em muitas comunidades isoladas da Amazônia pela primeira vez, trazendo novas oportunidades para o desenvolvimento econômico. Esse é o mais recente negócio no estreito relacionamento Telefonica-SES que permite a entrega de uma ampla gama de serviços de comunicações em toda a região latino-americana, onde a conectividade e entrega de conteúdo estão em alta demanda.

Comentário (0) Hits: 485

Novo cenário para acesso à web nos EUA

web_anatel.jpg15/01/2014 - Segundo o jornal Washington Post, um tribunal federal de apelações derrubou nesta terca-feira, (14) a regra da neutralidade da rede ('net neutrality'), apesar do esforço do governo para proteger a concorrência na web, permitindo aos provedores de Internet a vender maiores velocidades de download para grandes empresas, mesmo se o acesso a outros sites da web continuam lentos.

Em última análise, a decisão pode limitar as escolhas dos consumidores na Internet, alertaram os críticos. Empresas milionárias, como o Google, Netflix e Facebook podem comprar melhor acesso a empresas e lares americanos, enquanto os novos concorrentes ou menos abastados mantêm sua carga de conteúdo de forma mais lenta.

http://www.washingtonpost.com/business/technology/court-creates-new-game-for-web-access-in-america/2014/01/14/539c9a2a-7d3e-11e3-95c6-0a7aa80874bc_story.html

Comentário (0) Hits: 701

Telefonica nega proposta de compra da TIM Brasil

telefonica.jpg06/01/2014 - A Telefónica afirmou nesta segunda-feira (6) desconhecer negociações para uma oferta para compra da companhia móvel brasileira TIM, da Telecom Itália. Na semana passada, a publicação de matéria em jornal italiano a respeito de conversas para realização dessa transação gerou alterações na bolsa e movimentou os papéis das empresas envolvidas.

Segundo agência Reuters, a Telefónica estaria negociando uma oferta conjunta pela TIM justamente com as concorrentes Oi e América Móvil. "A Telefónica quer esclarecer que não faz parte de nenhum veículo e que não tem detalhes de nenhum tipo sobre a dita potencial aquisição para revear ao público para sua avaliação pelo mercado", informou a companhia de telecom espanhola por meio de comunicado à comissão de valores mobiliários daquele país. 



A companhia frisou também que mantém contato com o órgão regulador da concentração no mercado brasileiro, o Cade, apenas para discutir a imposição de restrições à aquisição da operadora móvel Vivo e da multa de R$ 15 milhões por supostamente ter violado o acordo com o órgão quando da aquisição de uma participação na Telecom Italia, em 2007. De acordo com a Telefónica, as conversas com o Cade não tratam de uma possível compra e desmembramento da TIM.

Comentário (0) Hits: 536

newsletter buton