telequestCBN Facebook Youtube

O que é DVR?

dvr.jpg25/06/2015 - O nome DVR significa Digital Video Recorder, ou gravador de vídeo digital e permite gravar programas de TV para serem assistidos posteriormente. O serviço de DVR é pago e bloqueado somente para uso com a sua operadora. Uma solução alternativa é o gravador de DVD com o disco rígido (HD).

O sistema consiste num receptor de TV por cabo ou satélite, com os circuitos de descodificação do sinal e um gravador de vídeo integrado, composto de um HD de qualquer tamanho em gigabytes (GB) que grava qualquer programa como se estivesse "capturando" um vídeo no computador.

É importante mencionar que a aplicação inicial dos DVRs (Digital Video Recorders) deu-se na composição dos sistemas de CFTV (Circuito Fechado de TV), em substituição aos antigos gravadores analógicos com fitas VHS, também conhecidos como Time Lapse Cassete Recorders.

Comentário (0) Hits: 293

Comcast oferecerá Netflix na plataforma X1

comcast_x1.jpg08/11/2016 - A plataforma de cabo X1, da Comcast, permitirá que os assinantes do Netflix pesquisem nos conteúdos do serviço OTT juntamente aos conteúdos dos canais lineares da operadora, sob demanda, DVR e a programação web.

A plataforma permite comandos inteligentes, sugerindo filmes, faz pesquisas sobre o conteúdo que está assistindo, como por exemplo informações sobre um artista, esporte ou um novo filme

O conteúdo do Netflix estará integrado no Xfinity On Demand, permitindo que os clientes da plataforma X1 assistam os conteúdos originais do serviço OTT. Também será possível assinar o serviço OTT diretamente dos dispositivos da Comcast.

A parceria com operadoras de cabo não é novidade para a Netflix. A empresa fechou acordo semelhante com a Liberty Global em setembro, que integrará o serviço OTT em seus serviços de cabo em mais de 30 países.

Conheça um pouco da história da Comcast

Comcast é uma das maiores operadoras americanas e tem participação significativa em várias redes de TV cabo (incluindo E! Entertainment Television, Style Network, G4, The Golf Channel e Versus), distribuição (ThePlatform) e empresas relacionadas. A empresa foi fundada em 1963 e está sediada na Filadélfia, Pensilvânia, EUA.

Em dezembro de 2009 a Comcast Corporation adquiriu 51% das ações do conglomerado de mídia estadunidense NBC Universal. Em janeiro de 2011, a Comissão Federal de Comunicações (FCC) aprovou a proposta de aquisição da Comcast de uma participação maioritária na NBC Universal.

Em abril de 2016 a Comcast anunciou a compra do estúdio de Hollywood DreamWorks Animation por 3,8 bilhões de dólares, para impulsionar suas ofertas direcionadas a famílias e ajudá-la a enfrentar o conglomerado de mídia Walt Disney.

Fonte: Tela Viva, Converge

 

Comentário (0) Hits: 262

Anatel se prepara para afastar Tanure do conselho da Oi

corda-esticada.jpgSamuel Possebon, Converge
08/11/2016 - As recentes notícias veiculas na imprensa sobre a atuação de Nelson Tanure e seu fundo Société Mundiale no conselho da Oi devem ter uma repercussão profunda no futuro da operadora: a agência deve soltar, nas próximas horas, uma cautelar proibindo Tanure e prepostos de participarem do conselho da tele. Isso porque a atuação do empresário, segundo entendimento da Anatel, tem se dado à revelia da anuência prévia da agência, que ainda não saiu. As informações veiculadas apontam um pesado desentendimento entre Tanure e os representantes portugueses da Pharol no conselho da Oi em reunião no dia 26. Isso acendeu o sinal de alerta na Anatel, que inclusive já abriu um processo de apuração por descumprimento de obrigações (PADO), pois a interferência em reunião de conselho caracteriza controle, conforme a aResolução 101/99 da agência. A cautelar será uma forma de evitar  a interferência da Société antes da conclusão do processo de anuência. Os dois conselheiros indicados por Nelson Tanure são o ex-ministro Hélio Costa e Demian Fiocca, sendo o próprio Tanure o suplente.

Não é a primeira vez que a Anatel adotará este tipo de medida. O principal precedente foi em 2000, quando o grupo Opportunity, de Daniel Dantas, que era controlador da Brasil Telecom, adquiriu debêntures da Lexpart (então pertencente à Inepar e acionista indireta da Telemar). Após converter os papeis em ações, Dantas tentou indicar um representante para o conselho da Telemar, e foi barrado pela Anatel, porque a operação feria o Plano Geral de Outorgas e a Resolução 101/99. Outro precedente foi quando a Anatel barrou a participação de representantes da Telefónica no conselho da Telecom Italia, porque isso poderia caracterizar controle cruzado no Brasil.

Intervenção

A notícia de uma cautelar vem no contexto da confirmação de que o governo pretende de fato alterar a legislação de recuperação judicial para permitir a possibilidade de uma intervenção plena na operadora, e não apenas na concessionária. A primeira notícia, publicada pela Folha de S. Paulo e pelo Valor, indicava que o caminho seria uma Medida Provisória, mas esta possibilidade, ainda que confirmada pelo ministro Gilberto Kassab, está enfrentando dificuldades para ser viabilizada, já que outros setores do governo desejam "embarcar" na MP para resolver seus problemas específicos. Além disso, há dúvidas sobre a possibilidade de uma Medida Provisória interferindo na legislação do setor de telecomunicações, o que é barrado pela Constituição. A alternativa seria uma lei de recuperação judicial específica para empresas de telecomunicações, mas o desenho final da proposta ainda não está concluído.

Comentário (0) Hits: 153

Claro, Ericsson e Qualcomm realizam testes com o 4,5G

45Gb.jpg01/11/2016 - A Claro anuncia, juntamente com a Ericsson e a Qualcomm, a finalização dos testes com a tecnologia agregando as frequências de 2.600 e 1.800MHz. O projeto piloto, que aconteceu em Araras, no interior de São Paulo, alcançou velocidades de até 682 Mbps. Dessa forma, será possível obter uma experiência de navegação próxima ao conceito 5G.

Nos testes realizados em Rio Verde, em dezembro do ano passado, foram agregadas além das frequências de 2.600 e 1.800MHz, a de 700MHz, adquirida em Leilão. Na ocasião, cada faixa possuía apenas uma banda liberada. Em Araras, local escolhido para o projeto, a faixa de 2.600MHz já opera com duas bandas liberadas, ampliando a capacidade da frequência utilizada.

"Este é um importante passo para a evolução das redes de telefonia celular no Brasil e mais uma iniciativa da Claro em oferecer a melhor experiência aos nossos clientes. Este trabalho teve início há meses atrás, com os testes de Rio Verde, onde atingimos velocidade de 300 Mbps em nossa rede. Agora, estamos mais que duplicando este resultado, mesmo sem a liberação da faixa de 700 MHz, ainda em andamento. Estamos satisfeitos em fazer parte desta iniciativa com dois líderes do segmento, a Ericsson e a Qualcomm Technologies", afirma André Sarcinelli, diretor de engenharia da Claro.

Para atingir esta velocidade, além das frequências agregadas, foram realizadas melhorias de software para as redes LTE disponíveis hoje. As características combinadas incluem a utilização das tecnologias 4X4 MIMO, que dobra a capacidade de transferência de dados transmitidos para o smartphone do usuário, permitindo assim maior capacidade e taxa de transferência de dados; e LTE 256 QAM, que amplia a modulação no espectro disponível e melhora a eficiência da rede multiplicando a taxa de transferência por 1,33 para os terminais móveis. O piloto utilizou um terminal de testes com o modem Qualcomm Snapdragon X16 LTE.

"Os padrões LTE-A e Gigabit LTE permitirão às operadoras oferecerem maior aumento de velocidade a seus clientes, conforme caminhamos para o 5G. A Ericsson tem esse compromisso com a evolução da rede móvel e o mercado brasileiro, trazendo as mais inovadoras e recentes tecnologias disponíveis em nível internacional", Eduardo Ricotta, vice-presidente da Ericsson responsável pela unidade de negócio no Brasil.

"O modem Snapdragon X16 LTE da Qualcomm é uma das mais recentes inovações na tecnologia móvel, além de um importante marco no caminho rumo ao 5G. Estamos muito confiantes em colaborar com esses líderes do setor – Claro e Ericsson –, para trazermos essas inovações para os usuários brasileiros", afirma Rafael Steinhauser, vice-presidente sênior e presidente da Qualcomm América Latina.

Este tipo de arquitetura e de capacidade de transmissão no acesso de radiofrequência demandará ainda mais capilaridade óptica para fazer o backhaul, disponibilidade que o grupo possui, tanto no acesso local com a rede da Net como na longa distância com a Embratel.

Rio Verde

Em dezembro de 2016, a Claro foi a primeira operadora a realizar testes com a frequência de 700MHz em um ambiente externo no país. O projeto piloto com a tecnologia 4,5G agregou três frequências: 700, 2.600 e 1.800MHz. Com a combinação, foi possível alcançar velocidade próximas a 300Mbps.


Comentário (0) Hits: 472

Anatel finaliza processo do nono dígito no país

nono-digito250.jpg01/11/2016 - Um dos motivos para a implementação do nono dígito em todo o país é atender a demanda por novas aplicações que utilizem o Serviço Móvel dando suporte, para comunicação M2M e IoT (Internet das Coisas). Estas tecnologias são usadas para telealarmes, automação residencial, rastreamento de automóveis, entre outros. No próximo domingo (6.11) acontece a implementação do nono dígito nos três estados da região Sul, finalizando o projeto coordenado pela Anatel em todo o país. Com a introdução do nono dígito, o Plano de Numeração do Serviço Móvel Pessoal terá sua capacidade ampliada de 37 milhões para 90 milhões de acessos por DDD.

Fabricantes de automóveis, como a BMW e a Mercedes, já começaram a utilizar as novas linhas do plano de numeração para o tráfego de informações sobre os carros como: dados do consumo de óleo, situação dos freios e do motor, facilitando desta forma a manutenção do veículo e proporcionando assim maior segurança ao proprietário. Outro serviço que também utiliza estes números é o de rastreamento de veículos realizado por seguradoras de automóveis.

Outros equipamentos que utilizam linhas do Serviço Móvel Pessoal são as máquinas de cartão de crédito e a cada dia aumenta a demanda desse serviço pelos pequenos e grandes empresários. As áreas de agricultura e pecuária também serão beneficiadas com a medida da Agência, pois novas tecnologias já permitem o controle de fazendas à distância e o uso de "biochip transponders", para a localização de animais nas propriedades, acompanhar o peso e outras funções.

Os mercados atuais já incluem a automação residencial, que são dispositivos domésticos inteligentes que os moradores podem acionar mesmo estando longe de suas casas. Com eles, o usuário pode controlar: iluminação, aquecimento (como termostato inteligente), sistema de ventilação, ar condicionado (HVAC) e aparelhos como lavadoras, secadoras, fornos, congeladores, que usam wi-fi para monitoramento remoto. Umas das principais demandas e que deve crescer muito nos próximos anos é a busca por maior segurança das residências por meio de dispositivos como o telealarme.

De acordo com a empresa de pesquisa de mercado Gartner, o tráfego global de dados móveis em 2018 poderá atingir 173 milhões de Terabytes. A Gartner prevê que 6,4 bilhões de coisas conectadas estarão em uso em todo o mundo até o final deste ano, um aumento de 30% em relação a 2015, e deverá chegar a 20,8 bilhões até 2020. Este ano, 5,5 milhões de coisas novas vão ser ligadas a cada dia.

A Detecon, uma das maiores empresas de consultoria de gestão em tecnologias digitais e de redes do mundo, se reuniu recentemente com a Anatel com a intenção de abrir em 2017 uma operadora móvel virtual (MVNO) para oferecer serviços de telecomunicações, máquina a máquina e Internet das Coisas.

A Datora Telecom foi a primeira Mobile Virtual Network Enabler (MVNE) do Brasil e atualmente fornece conexões M2M para diversos setores empresariais nacionais, entre eles o automotivo, seguros, infraestrutura, serviços médicos e financeiro. Em 2012, a empresa lançou a Datora Mobile, primeira MVNO do país focada no mercado M2M. Ela já estabeleceu no país mais de 150 mil conexões máquina a máquina para clientes corporativos.

Comentário (0) Hits: 463

Vivo usa Facebook para atender clientes

vivo_vivi.jpg01/11/2016 - Vivi é um dos primeiros bots de atendimento virtual do Brasil para clientes de uma operadora

A Vivo inaugura um novo canal de atendimento digital: a atendente virtual Vivi que irá interagir com consumidores por meio do Messenger do Facebook a partir de hoje, 01/11/2016. A Vivo é uma das primeiras operadoras no Brasil, e no mundo, a oferecer atendimento a clientes por meio de Bot (diminutivo para Robot - robô em inglês) , uma das grandes tendências em atendimento digital, segundo especialistas.

Com esta iniciativa, os cerca de 97 milhões de clientes da Vivo ganham uma nova opção para buscar informações e atendimento, a qualquer hora e de qualquer lugar. Será possível esclarecer dúvidas sobre planos e promoções, e pedir serviços como 2ª via de conta, débito automático, consumo e saldo de dados, configuração de aparelhos, recarga, entre outros.

"Os bots rapidamente estão se tornando a próxima fronteira do relacionamento digital com os consumidores, e esta iniciativa está totalmente alinhada à estratégia da Vivo de ser uma empresa que inova através de meios digitais e que quer estar, cada vez mais próxima, de nossos clientes", afirma Christian Gebara, Vice-Presidente de Marketing e Vendas da empresa. "O projeto de tornar a Vivi também um Bot para atendimento pelo Messenger do Facebook, além de unir as empresas por meio da inovação, também marca o lançamento do primeiro canal de atendimento externo de nossos clientes", completa Gebara.

Marcelo Pacheco, diretor de negócios do Facebook no Brasil, reforça que a presença dos bots em um dos aplicativos de comunicação instantânea mais utilizados do mundo, o Messenger, deve mudar a forma como as operadoras se relacionam com seus clientes. "A Inteligência Artificial por trás dos bots permite oferecer um atendimento personalizado e escalável com uma experiência muito satisfatória para os clientes, permitindo que tudo seja resolvido dentro do aplicativo do Facebook Messenger, que as pessoas já estão habituadas a usar e já baixaram nos seus dispositivos móveis". O executivo ainda destaca que o esse modelo de engajamento é uma excelente oportunidade "As empresas conseguem solucionar diversas questões com agilidade e as pessoas conseguem descobrir coisas e obter respostas em tempo real", explica.

Um milhão de perguntas por mês

O lançamento de um bot como a Vivi no Messenger do Facebook é uma evolução da estratégia da Vivo para ampliar o relacionamento com seus clientes por meio de canais digitais. Mensalmente, a Vivi faz cerca de 600 mil atendimentos, por meio do site da Vivo e do aplicativo de autoatendimento Meu Vivo. A assistente virtual responde 1 milhão de perguntas por mês, com 94% de assertividade.

Apenas no Facebook, a Vivo faz mais de 80 mil atendimentos humanizados por mês, dos quais cerca de 30% deverão ser absorvidos pelo novo recurso de Bot – como solicitação de segunda via de conta, ou informações sobre planos e promoções. Isso porque, ao receber uma pergunta, a Vivi apresenta um menu de opções para o usuário selecionar aquela mais adequada à sua dúvida, tornando mais ágil o atendimento.

Com a nova ferramenta, a Vivo espera atingir principalmente clientes móveis pré-pagos, pois a novidade cria mais uma opção de atendimento, por meio da rede social, tornando mais simples e direta a comunicação dos clientes com a Vivo.

A página da Vivo no Facebook é curtida por aproximadamente 4 milhões de usuários e a operadora acredita que este é o público inicial que pode buscar atendimento por meio do chatBot. Para interagir com a Vivi no Facebook Messenger, basta fazer uma busca no Facebook por "Vivo" e a Vivi aparecerá como um dos resultados na categoria Bot.


Comentário (0) Hits: 487

newsletter buton