telequestCBN Facebook Youtube

TV analógica termina dia 29 de março em SP

tv_analogica2.jpg20/03/2017 - No dia 29 de março, o sinal analógico de televisão será desligado na região metropolitana de São Paulo. A programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital, com imagem e som de cinema. Para continuar assistindo à programação, todas as residências da região precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.

Sua TV está preparada para receber o sinal digital?

Para ter acesso ao sinal e aos benefícios da TV digital, os telespectadores da região metropolitana de São Paulo precisam adaptar seu aparelho de televisão antes do dia 29 de março. Saiba se sua residência já está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão:

1) Antena – Nem toda antena consegue captar o sinal digital de televisão. A antena deve ser UHF e a recomendação da Seja Digital é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa.

2) Televisor – Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não estiver preparado para receber o sinal digital, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor, consulte o manual do fabricante.

3) Conversor – São eles que transformam o sinal digital em analógico para que sua TV continue com a programação. Estão disponíveis em diversos modelos e faixas de preço. Podem incluir recursos como função de gravação de programas, entrada USB para conectar pen drives com conteúdos de vídeo, conexão HDMI, central interativa de mídia e painel com funções de navegação. Os conversores também vêm acompanhados de controle remoto, o que acaba sendo um recurso adicional para TVs antigas que não tenham o acessório.

 

Famílias inscritas em programas sociais do governo federal podem receber kits gratuitos
As pessoas que participam de algum programa social do governo federal nas 39 cidades previstas para a digitalização da TV na região podem agendar a retirada de seu kit, contendo conversor, antena e cabos, pelo telefone 147 (ligação gratuita) ou pela internet. Para saber se tem direito, o beneficiário deve acessar o portal www.sejadigital.com.br/kit, clicar em “Programa de Distribuição de Kits” no menu superior e fazer a pesquisa utilizando o CPF e o NIS (Número de Identificação Social) do responsável familiar. Caso não saiba qual seu número de NIS, basta ligar para a Central de Relacionamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, no 0800-707-2003.

Inclusão Digital

As famílias da região metropolitana de São Paulo inscritas em programas sociais do Governo Federal já podem verificar se estão na lista de beneficiários que receberão um dos mais de 1,8 milhão de kits gratuitos com antena UHF, conversor para a TV digital e controle remoto. A população deve acessar o site www.sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o CPF ou o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, é só escolher o dia, horário e local.

Por meio desses canais, a população também poderá tirar quaisquer dúvidas referentes às mudanças trazidas pela TV digital e sobre como se preparar para receber o sinal. Outra alternativa, também, é visitar um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo de sua residência e procurar pelo ponto de apoio da Seja Digital para esclarecer dúvidas ou agendar a retirada do kit.

Digitalização já ocorreu no Distrito Federal

São Paulo é a terceira localidade onde o sinal analógico está sendo desligado. Em 2016, a mudança já ocorreu na cidade-piloto de Rio Verde (GO) e na região metropolitana de Brasília, com os trabalhos conduzidos pela Seja Digital. A entidade chegou ao DF e às nove cidades do entorno em novembro de 2015 para orientar, informar e oferecer suporte didático a toda população por meio de campanhas de comunicação e mobilização social. Com o desligamento do sinal analógico em novembro de 2016, os mais de 4 milhões de moradores da região passaram a assistir os canais abertos de televisão apenas pelo sinal digital, que transmite a programação gratuitamente com imagem e som de cinema. Foram distribuídos mais de 310 mil kits nas 10 cidades da região. Já em Rio Verde, o desligamento se deu em março do ano passado, alcançando um índice de 98% da população com acesso ao sinal digital, conforme índice aferido em pesquisa do Ibope.

 

 

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton