Satélite Global Xpress em fase de testes

global_xpress_satellite.jpg07/08/2013 – Protótipo do satélite Global Xpress da Inmarsat apresenta resultados positivos durante testes. A Inmarsat divulgou os resultados dos testes realizados com o primeiro protótipo integralmente montado do satélite Inmarsat-5, que obteve êxito nos testes mecânicos realizados na fábrica da Boeing em El Segundo, Califórnia. O satélite – um dos três que compõem a rede de banda larga KA chamada de Global Xpress – passará por uma nova fase de testes enquanto prosseguem as preparações para seu lançamento no fim desse ano.

Nesse teste recente, foi realizada uma simulação de lançamento projetada para expor a nave espacial às condições ambientais a que estará sujeita durante o lançamento real. "Este é um marco importante do ciclo de construção da espaçonave, à medida que avançamos e nos aproximamos do dia do lançamento", afirma Franco Carnevale, vice-presidente da divisão de Satélites e Veículos de Lançamento da Inmarsat. "Expor o satélite à essa experiência nos permite saber com certeza que o equipamento estará apto a suportar as condições reais do lançamento".

Durante o processo de testes, foi empregado um poderoso agitador (shaker) para simular as vibrações induzidas pelo arranque do motor do foguete, bem como o "desligamento" no estágio de separação. Além disso, uma câmara reforçada com concreto projetou ondas acústicas sobre a espaçonave, muito semelhantes às que afetarão o foguete e sua carga durante o lançamento. Após a realização dessas etapas, todos os apêndices mecânicos do foguete foram instalados e testados.

Segundo a empresa, o satélite Inmarsat-5 obteve êxito em todos esses testes e simulações. Ele passará agora à fase seguinte, na qual será submetido ao vácuo espacial e às imensas variações de temperatura que sofrerá em órbita, concebida para garantir a confiabilidade operacional do satélite, que ficará ativo por um período de mais de 15 anos.

Atualmente em desenvolvimento pela Boeing & Space Intelligence Systems, o segundo e o terceiro satélites Inmarsat-5 também serão submetidos aos mesmos testes antes de seu lançamento.

JeffreyGroup

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton