Serviço de dados em carros

nuvem_car.jpg08/07/2013 – Ultimamente fala-se muito dos benefícios do Big Data no trabalho e em casa, mas esquecemos de uma área onde a maioria de nós gasta bastante tempo: os nossos carros.

Mas quais os passos se deve tomar para que as montadoras melhorem o serviço de dados nos seus veículos? Segundo InformationWeek, seguem cinco sugestões para melhorar a conectividade dos automóveis.

Passo 1: Mais nuvens.

Os carros de hoje têm acesso limitado a nuvem, o serviço deve ser melhorado. Pense nos sistemas de navegação GPS. Como a maioria dos equipamentos estão nos veículos, você precisa do carro para o para baixar as atualizações de mapa. Wi-Fi ou celular nos veículos pode simplificar esse processo.

Outra possibilidade interessante seria armazenar informações sobre seus principais itinerários na cidade, viagens de carro, etc. As atualizações de GPS poderiam ser feitas especificamente para você.


Passo 2: Interface homem-máquina

Os carros precisam de uma melhor interface homem-máquina (HMI), porque os motoristas são facilmente distraídos por dados visuais. Mostradores, telas sensíveis ao toque, até mesmo reconhecimento de voz são dispositivos que devem estar disponíveis nos automóveis HMI de hoje. As informações devem ser apresentadas de forma condensada, permitindo que os motoristas passem para o próximo passo sem desviar muito a atenção. Comando de voz deve ser implementado

Passo 3: Nuvem facilita a manutenção do carro


Use a nuvem para digitalizar as verificações de manutenção dos veículos. Sensores de diagnóstico a bordo determinam quando algo em seu veículo não está certo. Sensores de nuvem habilitados podem ajudar a agilizar reparos de automóveis.

Passo 4: Comando de dados conectado via nuvem

Serviço de nuvem conectado que personalize seus comandos e automaticamente baixe os conteúdos.

Passo 5: Acesso facilitado à informação

Disponibilizar informações com base no comportamento dos condutores, incluindo informações para ajudá-lo a chegar até o final de sua viagem. Por exemplo: agora que cheguei no shopping, diga-me aonde está a loja que preciso chegar.

Por Jeff Bertolucci da InformationWeek

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton