Eurico Teles deixa o comando da Oi em 30 de janeiro

Por Ana Paula Lobo, Convergência Digital
11/12/2019 - Agora é oficial. Eurico Teles, que comandou a Oi no período da Recuperação Judicial - que agora teve um pedido de prorrogação ainda não definido pela Justiça por mais dois anos - deixará a presidência da operadora no dia 30 de janeiro de 2020. Segundo comunicado da Oi, encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários nesta terça-feira, 10/12, a renúncia de Eurico Teles foi homologada pelo Juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro (“Juízo da Recuperação Judicial”).

O comunicado da saída não tem qualquer relação com a operação deflgarada pela Polícia Federal também nesta terça-feira, 10/12, na Oi por supostos repasses de dinheiro para a GameCorp, empresa do filho do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. O informe é um trâmite obrigatório do processo da recuperação judicial.

O informe diz ainda que, "nos termos do referido Termo, o Conselho de Administração da Oi deverá indicar o nome do substituto para o cargo, a ser prévia e formalmente informado ao Juízo da Recuperação Judicial e ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, no âmbito de incidente que corre em segredo de justiça. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informados acerca de qualquer desenvolvimento relevante no assunto objeto do presente Fato Relevante". A Oi não oficializa o COO, Rodrigo Abreu, como o novo diretor Presidente a partir do dia 30 de janeiro.

Teles conduziu a Oi em um dos seus mais delicados momentos: o da 'arrumação da casa' para fazer a recuperação judicial, a maior já feita no Brasil, e aprovada em dezembro de 2017. Os rumores da saída de Teles começaram em feveireiro deste ano nos corredores do Mobile World Congress, em Barcelona. Em maio, no Painel Telebrasil, Teles desabafou: A Oi não está morta. Em agosto, os boatos da saída dele aumentaram com a nomeação de Rodrigo Abreu, ex- TIM, para a presidência do Conselho de Administração.

Em setembro, com a aprovação da Justiça, a Oi anunciou Rodrigo Abreu como COO (Chief Operation Officer) responsável pela operação de core business da operadora. Em outubro, em primeira entrevista à imprensa de Rodrigo Abreu na Oi, Eurico Teles disse ao Convergência Digital:"Será uma honra ser sucedido pelo Rodrigo", mas a saída dele não era confirmada ou desmentida.

*Com informações da CVM

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton