Sinal 4G na faixa dos 700 MHz já está pronto

4G.jpg18/11/2019 - A EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais de TV e RTV formalizou junto ao Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (GIRED) a conclusão do remanejamento de canais na faixa dos 700MHz em todo o território nacional. Esta era uma das obrigações da EAD, entidade não governamental e sem fins lucrativos criada por determinação da Anatel como braço operacional para implementação de duas políticas públicas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações: acelerar a adoção do sinal digital de TV pela população e possibilitar a liberação da faixa dos 700 MHz para expansão da banda larga móvel (4G) em todo o Brasil.

Desde 2016, quando foi iniciado o processo, foram remanejados 1.034 canais com o envolvimento de 347 radiodifusores. A singularidade do processo estava na simultaneidade. Eram muitas atividades ocorrendo em mais de 500 cidades ao mesmo tempo. "A governança do processo foi fundamental", afirma Gunnar Bedicks, diretor técnico da EAD. "Criamos um ciclo constante de atividades sincronizadas, organizando cada etapa com acuracidade e comprometimento de todos os envolvidos: equipe de engenharia da EAD, Anatel, radiodifusão, operadoras de telefonia, fornecedores de equipamentos e prestadores de serviço."

O sinal 4G na faixa dos 700 MHz já foi ativado em 3.410 municípios, ampliando a cobertura da banda larga móvel a 90% da população brasileira, até meados de outubro. Com a faixa completamente liberada, o sinal a banda larga móvel em 700 MHz pode ser ativado em todo o Brasil. "Em algumas regiões, foi possível antecipar a liberação da faixa dos 700 MHz", afirma Antonio Carlos Martelletto, presidente da EAD. "Foi o caso dos estados de Rio de Janeiro e São Paulo, que tiveram a faixa liberada com 18 meses de antecedência."

Com a liberação da faixa dos 700 MHz, a EAD concluiu mais uma de suas obrigações previstas no edital. "A EAD tornou-se um case de implementação de política pública executada dentro do prazo e dentro do orçamento, conquistando a credibilidade necessária diante dos atores envolvidos e possibilitando a ampliação do desenvolvimento social e econômico no Brasil", afirma Martelletto.

Liberação das faixas dos 700 MHz em números

• 1034 canais remanejados

• 347 radiodifusores

• 15 fornecedores de equipamentos de transmissão, antena e linha de transmissão

• 11 gerenciadores de projeto envolvidos

• 568 projetos técnicos

• 120 equipes técnicas em campo atuando simultaneamente

• Investimento: R$ 180 milhões, referente ao processo de remanejamento de canais de TV

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton