Telefonia fixa perde 2,98 milhões de linhas em 12 meses

  • Imprimir

Telefonia-fixa.jpg16/07/2019 - O Brasil registrou 35,85 milhões de linhas de telefonia fixa em operação no mês maio de 2019, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação ao mês anterior (abril de 2019), houve redução de 506,37 mil unidades e, nos últimos 12 meses, foram 2,98 milhões a menos.

Em maio de 2019, havia 15,93 milhões de linhas fixas registradas pelas autorizadas no país e 19,93 milhões pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas tiveram redução de 913,94 mil linhas (-5,43%) e, as concessionárias, queda de 2,07 milhões linhas (-9,40%). Comparado a abril, houve diminuição de 273,34 mil linhas (-1,69%) entre as autorizadas e, nas concessionárias, a redução foi de 233,03 mil linhas (-1,16%).

Grupos

Entre as autorizadas, no mês de maio de 2019, a Claro registrou a maior participação de mercado, com 10,09 milhões de linhas fixas no País (63,38%), seguida pela Vivo, com 3,90 milhões (24,50%), e TIM, com 968,00 mil linhas (6,07%).
Em relação às concessionárias, a Oi possui o maior volume de linhas fixas, 11,08 milhões de linhas (55,60%), seguida pela Vivo, 7,99 milhões (40,10%).

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado