Linhas pós-pagas atingem 40% de mercado em julho

proteste_2.jpg30/08/2018 - De acordo com informações divulgadas pela Anatel, o país registrou 234,75 milhões de linhas em operação em julho de 2018, redução de 7,26 milhões (-3,00%) nos últimos 12 meses. Na comparação com junho de 2018, a diminuição foi de 327 mil linhas (-0,14%).

As linhas móveis pós-pagas em julho deste ano detinham 40,01% de participação de mercado no Brasil em julho deste ano, aumento de quase seis pontos percentuais em 12 meses. Na comparação com o mês anterior, o aumento foi de cerca de meio ponto percentual. As linhas pré-pagas representavam 59,99%.

Grupos

Em julho de 2018, a Vivo totalizou participação de 75,40 milhões de linhas (32,12% do mercado); seguida da Claro com 58,80 milhões (25,05%); da TIM com 56,24 milhões (23,96%); e da Oi com 38,84 milhões (16,54%).

No entanto, nos últimos 12 meses, as maiores taxas de crescimento foram registradas por operadoras com participação inferior a um por cento do mercado móvel. A Datora apresentou crescimento de 96 mil linhas (+57,84%), seguida pela Nextel com mais 556 mil (+21,65%) e pela Porto Seguro com mais 120 mil (+21,48%). Das grandes, apenas a Vivo com mais 881 mil (+1,18%) registrou aumento.

Tecnologias

As linhas 4G representavam mais da metade do mercado em julho de 2018 (51,39%), com 120,63 milhões seguidas das de 3G com 69,87 milhões (29,76%), do 2G com 27,12 milhões (11,55%). As linhas voltadas a aplicações máquina-máquina (M2M) totalizaram 17,13 milhões de unidades (7,30%). Apenas as linhas de 4G com mais 36,52 milhões (+43,42%) e as de M2M com mais 3,14 milhões (+22,43%) apresentaram crescimento nos últimos 12 meses.

Estados e Distrito Federal

O estado de Roraima registrou a entrada de 29 mil linhas móveis (+6,12%) na comparação entre os meses de julho de 2018 e julho de 2017, seguido pelo Amazonas com mais 166 mil (+4,84), pelo Amapá com mais 22 mil (+3,07%), pelo Espírito Santo com 56 mil (+1,48%) e pelo Acre com mais 3 mil (+0,40%). Todos os outros estados apresentaram redução nas linhas móveis.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton