TIM lança primeiro laboratório 5G do Nordeste

tim_5g_nordeste.jpg17/10/2019 - Em parceria com a Nokia e o VIRTUS/UFCG, operadora ativa rede experimental 5G no campus da universidade, em Campina Grande, para desenvolver soluções aplicadas nas áreas de software e automação;

Público poderá conferir, no dia 18/10, aplicações conectadas à nova tecnologia nos segmentos de saúde, educação, construção civil, indústria, entre outros.

A TIM anuncia hoje, em parceria com o VIRTUS (Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e a Nokia, a ativação do primeiro TIM 5G Living Lab do Nordeste. O projeto utiliza a nova tecnologia em rede real da operadora, conforme licença específica da Anatel. A cidade de Campina Grande (PB) foi a escolhida para abrigar o novo laboratório, o terceiro no Brasil, e que tem como foco a criação de soluções e inovação tecnológica em projetos de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de software e automação.

Para liderar um ecossistema favorável ao 5G no Brasil, a TIM optou por atuar no engajamento de empresas de tecnologias, fundações e instituições de pesquisas e ambientes empreendedores para o desenvolvimento de aplicações, produtos e soluções. As aplicações em rede de quinta geração dependerão de tecnologias especificas, como o Mobile Edge Computing (MEC), para viabilizar as altas taxas de transmissão de dados e a baixa latência. E, para isso, as competências na área de programação desenvolvidas no ambiente universitário serão cada vez mais relevantes na formação dos profissionais.

Confira as demonstrações no espaço montado exclusivamente no campus da UFCG:

· Construção Civil: No estande da CASE Construction Equipment, uma das marcas da CNH Industrial, o público poderá conhecer a primeira retroescavadeira da América Latina conectada à rede 5G: A retroescavadeira conceito 580N Wireless da CASE, que chegará ao mercado em breve, possui tecnologia que permite que todos os comandos da máquina sejam feitos por um tablet que pode ser posicionado no local anteriormente ocupado pelo painel de controle, ou próximo ao para-brisa para maior ergonomia em condições de deslocamento da máquina, ou, ainda, ser posicionado na coluna traseira para maior interação quando da operação da escavadeira, além de poder ser retirado e comandado pelo operador da máquina à distância.

Somado a todas essas possibilidades, a tecnologia elimina 50% dos chicotes elétrico, que têm alto custo de desenvolvimento e alterações, além de maior dificuldade de gerenciamento diário. Na 580N Wireless, todos os atuais comandos exibidos no painel de controle da máquina foram transferidos para acesso via tablet: ignição do motor, rotações do motor, horímetro, velocidade em km/h, nível de óleo, nível de combustível, pressão de óleo, luzes de trabalho, ar-condicionado, buzina, pisca-alerta, rádio, limpador de para-brisa, entre outros. Em um futuro próximo, a máquina conectada vai desempenhar diversas atividades de forma remota, telecomandada e autônoma.

· Saúde: demonstração do VR Fisioterapia. A aplicação em Realidade Virtual foi desenvolvida em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e tem por objetivo auxiliar pacientes com limitações físicas e neurológicas. Com a solução, o fisioterapeuta tem acesso a uma interface que possibilita a criação de exercícios personalizados, podendo ser ajustados em amplitude, velocidade, objetivo e duração, de acordo com a necessidade de cada um. Para o paciente, o benefício está na possibilidade de realizar exercícios repetitivos de maneira gamificada, tornando a atividade mais motivadora. Parceria com o instituto Sidia.

· Educação: aplicação da realidade aumentada em um contexto de educação com foco no compartilhamento de conteúdo multimídia em grandes volumes através da tecnologia MEC (Multi-Access Edge Computing). Parceria com o VIRTUS/UFCG.

· Indústria: demonstração de inspeções e levantamentos remotos por drone, primeiro da América Latina conectado à rede 5G, com transmissão em tempo real de dados e imagens em 4K. A capacidade de disponibilizar imagens com alta resolução e detalhamento em tempo real para qualquer local, capturadas com segurança e praticidade através de drones, vai contribuir significativamente em situações de emergência nos segmentos da Indústria e Meio Ambiente, em que se exige informação precisa e ágil para rápida resposta. Parceria Neo Vision.

· Casa Conectada: exibirá como o 5G irá ampliar de forma exponencial o Acesso Fixo sem Fio (FWA), que é outro grande avanço que a nova tecnologia irá permitir ao potencializar a ampliação da cobertura, via rede móvel. Demonstrações de vídeos em 4k e Cloud Gaming. Parceria com Microsoft e Nokia.

· Agronegócio: Com o objetivo de levar a transformação digital ao campo e, assim, alavancar a produtividade e competitividade do setor, a Logicalis mostrará algumas de suas soluções para o segmento. Na ocasião, serão demonstradas as soluções de detecção de pragas por análise de imagens e detecção de uso de EPIs, ambas baseadas em video analytics. Também será demonstrada uma aplicação de internet das coisas no campo, por meio de uma estação meteorológica que conta com sensoriamento detalhado com foco na coleta de dados massiva sobre o microclima das propriedades rurais. Mostrará como a realidade aumentada e os vídeos em alta definição ajudarão o agronegócio. Parceria Logicalis.

Comentário (0) Hits: 165

TIM terá experimentação do 5G em lojas

11/10/2019 – Unidade do Shopping Ibirapuera, em São Paulo, será a primeira a receber o espaço de degustação, em parceria com Ericsson e LG

A demonstração utiliza a tecnologia 5G da Ericsson, em rede comercial em fase de testes, instalada mediante licença específica da Anatel. O espaço de degustação conta com as parcerias da LG, que irá disponibilizar um smartphone LG V50 para testar a velocidade da nova rede, e da Intel, com kit de realidade virtual. Um vídeo institucional apresenta os impactos da tecnologia de quinta geração em áreas como saúde, educação, entretenimento, entre outras.

"As nossas lojas são o principal ponto de contato com o consumidor e buscamos, cada vez mais, transformá-las em espaços que vão além da venda. A ideia é oferecer experiências relacionadas à inovação e pioneirismo da TIM e a demonstração do 5G vai ao encontro dessa estratégia. As pessoas poderão conhecer o potencial da nova tecnologia e entender como ela irá influenciar o seu cotidiano no futuro", conta João Stricker, Diretor de Sales Consumer da TIM Brasil.

A experimentação do 5G na loja do Shopping Ibirapuera acontece até dezembro. A operadora pretende levar o espaço de degustação para mais unidades, em diferentes estados do Brasil, até o fim do ano. A TIM vem liderando o desenvolvimento da nova tecnologia no país e já conta com dois Living Labs – em Florianópolis (SC) e Santa Rita do Sapucaí (MG) – para estudo e aprimoramento de soluções que serão potencializadas com a chegada do 5G. Ainda este mês, a companhia inaugura mais um projeto piloto, em Campina Grande (PB). Também foi anunciada a ativação da rede experimental para as startups do Cubo Itaú.

"O objetivo é potencializar o conhecimento da tecnologia para que a adoção ao 5G possa ser rápida e eficiente no país. Nos living labs, já estão sendo desenvolvidas soluções que podem impactar o cotidiano das pessoas e das empresas em áreas muito relevantes para o Brasil, como saúde, educação e segurança. As startups do Cubo Itaú também poderão, em breve, testar seus projetos 5G. A ideia é justamente preparar esse ecossistema de inovação para que possamos aproveitar o poder transformador da rede de quinta geração", explica Leonardo Capdeville, CTIO da TIM Brasil.

Comentário (0) Hits: 652

TV por Assinatura perde 1,5 milhão de acessos em agosto

tv_digital.jpg02/10/2019 - Em agosto de 2019, o Brasil somou 16.346.446 domicílios com acesso ao serviço de TV por Assinatura. Houve uma perda de 1.505.120 contratos (-8,43%), em comparação ao mesmo mês do ano passado (agosto de 2018), de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Quase a metade dos domicílios recebeu o serviço de TV paga pelo grupo Claro (NET), que registrou  8.071.921 contratos (49,38% do mercado). Em segundo lugar ficou a Sky, com 4.890.307 contratos (29,9 %), seguida pela Oi, com 1.555.956 contratos (9,51%), e pela Vivo, com 1.408.520 contratos (8,61% do mercado).

Todas prestadoras apresentaram queda no número de clientes (em agosto de 2019 em relação ao mesmo mês do ano passado). A Claro (NET) teve redução de 9,23% (menos 820.627 clientes) e a Sky diminuiu 6,18% (menos 322.085 clientes).

Entre os estados, São Paulo teve o maior número de clientes, com 6.073.510 contratos, enquanto Roraima tinha o menor número de assinaturas, com 15.762 contratos de TV paga no mês de agosto.

Comentário (0) Hits: 899

Banda larga fixa ganha assinantes em agosto

banda_projeto.jpg01/10/2019 - O Brasil registrou, no mês de agosto, 32.500.601 contratos de banda larga fixa, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em comparação ao mesmo mês do ano passado, houve um aumento de 1.713.855 contratos (+5,57%).

As maiores participações de mercado, em agosto de 2019, foram registradas pela Claro, com 9.543.849 domicílios (29,3% do mercado); Vivo, com 7.295.427 domicílios (22,4% do mercado); e Oi, com 5.657.258 domicílios (17,4% do mercado). O grupo das Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs), empresas que detém menos de 5% de cada mercado de varejo de telecomunicações em que atuam, ofertou banda larga fixa a 9.195.290 domicílios (28,3%).

Em relação a agosto de 2018, o grupo das PPPs apresentou o maior crescimento quantitativo da banda larga fixa, com um aumento de 2.248.237 contratos (+32,3%). Entre as grandes empresas, a Claro registrou aumento de 309.806 contratos (+3,36%) e, por outro lado, a Vivo e Oi apresentaram reduções de 311.571 contratos (-4,10 %) e de 511.415 contratos (-8,29%), respectivamente, no período.

Comentário (0) Hits: 892

Brasil tem 337 mil linhas móveis a menos

app_smartphone.jpg30/09/2019 - Números divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informam que o Brasil registrou 228,25 milhões de linhas móveis em operação em agosto de 2019, menos 337,01 mil (-0,15%) na comparação com o mês anterior e redução de 6,11 milhões (-2,61%) nos últimos doze meses. Em agosto, 122,35 milhões das linhas móveis eram pré-pagas (53,60% do total) e 105,90 milhões pós-pagas (46,40%). As linhas móveis pós-pagas cresceram 751,71 mil unidades (+0,71%) em relação a julho e registraram aumento de 10,99 milhões (+11,58%) nos últimos 12 meses.

Em agosto de 2019, a Vivo teve a maior participação de mercado com 73,67 milhões de linhas em operação (32,28% do total) seguida da Claro com 56,51 milhões (24,76%), da Tim com 54,68 milhões (23,96%) e da Oi com 37,51 milhões (16,43%). As demais operadoras móveis detinham 5,88 milhões de linhas (2,57%). Com exceção da Claro que teve um acréscimo de 33,37 mil linhas entre julho e agosto de 2019 (+0,06%), as quatro grandes operadoras móveis nacionais apresentaram diminuição no total de linhas em operação tanto na variação de julho a agosto quanto nos últimos 12 meses.

Os números da telefonia móvel estão no Portal da Anatel. Nas planilhas disponibilizadas pela Agência, há informações sobre a quantidade de linhas do Serviço Móvel Pessoal (jargão técnico que o órgão regulador utiliza para se referir à telefonia móvel) por tecnologias, empresas, código nacional e unidades da Federação.

Comentário (0) Hits: 815

Telefonia fixa cai quase 8% nos últimos 12 meses

Telefonia-fixa.jpg13/09/2019 - Em julho passado, 35,45 milhões de domicílios brasileiros tinham acesso ao serviço de telefonia fixa, o que representa uma redução de 3,06 milhões de linhas (-7,94%) nos últimos 12 meses. Em relação a junho, o número de junho apresenta redução de 233,89 mil linhas fixas (-0,66%). As concessionárias da telefonia fixa totalizaram 19,61 milhões em julho, redução de 2,11 milhões (-9,73%) em doze meses e de 172,17 mil (-0,87%) entre os meses de junho e julho.

E as autorizadas 15,84 milhões, redução de 944,70 mil (-5,63%) e de 61,72 mil (-0,39%). Os números do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) estão disponíveis no Portal da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Vivo registrou a maior participação de mercado em julho de 2019, com 11,63 milhões de linhas fixas (32,80% do total), seguida da Oi com 11,10 milhões (31,31%), da Claro com 10,02 milhões (28,26%) e da TIM com 1,00 milhão (2,83%). As demais prestadoras somadas registraram 1,70 milhão (4,81%). Das concessionárias nacionais, a Oi possui o maior número de domicílios com linhas fixas, 10,92 milhões (55,69% do total de linhas em regime público), seguida da Vivo, 7,82 milhões (39,90%). Das autorizadas, as três maiores são Claro com 10,02 milhões (63,24% do total das linhas fixas em regime privado), Vivo com 3,80 milhões (24,00%) e Tim com 1,00 milhão (6,33%).

Das prestadoras nacionais, apenas a TIM registrou crescimento nos últimos 12 meses e, também, na variação entre junho e julho deste ano no total de linhas fixas, mais 214,99 mil (+23,70%) e mais 15,57 mil (1,58%) respectivamente. Mesmo as Prestadoras de Pequeno Porte (PPP), no conjunto, se mantiveram estáveis nos doze últimos meses com 472,89 mil linhas fixas, acréscimo de 451 unidades (+0,10%), e na variação mensal menos 960 unidades (-0,40%).

Comentário (0) Hits: 1166

newsletter buton