Vivo lança voz sobre 4G em Brasília

06/12/2017 - A tecnologia permite que as chamadas de voz passem a ser feitas em alta definição, melhorando ainda mais a experiência do cliente

A Vivo lança hoje o uso da rede de quarta geração (4G) para a realização de chamadas de voz – tecnologia conhecida como VoLTE – em Brasília. Até então, a rede era utilizada apenas para o tráfego de dados. Com isso, as chamadas de voz passam a ser feitas em alta definição, melhorando ainda mais a experiência do cliente.

Consideradas como ligações de voz, as chamadas em VoLTE não têm impacto no consumo de dados do usuário e não geram cobranças adicionais. A cidade de Rio Verde (GO) foi a primeira localidade a receber voz sobre 4G da Vivo, em julho desse ano.

Confira, abaixo, a lista de aparelhos homologados para uso de Voz 4G junto à Vivo. Clientes que já tenham esse tipo de aparelho devem atualizar o software para ter acesso à tecnologia.
 
· LG G6 (H870)
· LG Q6/Q6+ (M700TV)
· Motorola  Z (XT1650)
· Motorola  Z Play (XT1635)
· Motorola  Moto G5s Plus (XT1802)
· Motorola  Moto Z2 Force (XT1789-05)
· Motorola X4 (XT1900-06)
· Samsung Galaxy J5 Pro (SM-J530G)
· Samsung Galaxy S6 Edge+
· Samsung Galaxy Note 8 (SM-N950F)
· Samsung Galaxy S8 (SM-G950)
· Samsung S8+ (SM-G955FZ)

Comentário (0) Hits: 197

EUTELSAT 172B levará televisão digital a Fiji

eutelsat172B.jpg04/12/2017 - A Walesi, companhia de infraestrutura e gestão da Televisão Digital de Fiji, assinou contrato com a Eutelsat Communications para expandir o sinal da TV aberta no país. O acordo prevê que o satélite em banda C EUTELSAT 172B seja utilizado para complementar a cobertura terrestre de TV digital fornecida pela plataforma da Walesi.

O EUTELSAT 172B, novo satélite da Eutelsat totalmente elétrico e que já está em funcionamento, irá permitir que a Walesi passe a fornecer o sinal digital por meio da plataforma de DTH (direct-to-Home, miniantenas parabólicas), alcançando as áreas mais remotas do país, tanto rurais como marítimas, localizadas fora do alcance das redes terrestres. Inicialmente a plataforma irá transmitir seis canais abertos digitais – com capacidade para futura expansão – que serão acessíveis por meio de uma caixa (set top box/decodificador). A Walesi vai anunciar detalhes sobre o lançamento do DTH e dos decodificadores subsidiados pelo governo nas próximas semanas.

“Com a cobertura total de satélite, a vida em Fiji será transformada em três pontos: irá melhorar o acesso à informação para todos os fijianos, especialmente aqueles em áreas rurais e marítimas remotas; irá fortalecer o papel de Fiji como um centro internacional de telecomunicações para toda a região do Pacífico; e irá aumentar a resiliência do sistema de infraestrutura de telecomunicações em possíveis anomalias climáticas”, diz Aiyaz Sayed-Khaiyum, Advogado Geral e Ministro da Comunicação de Fiji. “E isto é só o começo: pretendemos expandir nossa parceria com a Eutelsat para que o governo possa prover sinais de vídeo, dados e voz para todas as comunidades de Fiji”.

Michel Azibert, chefe comercial e de desenvolvimento da Eutelsat acrescentou: “Esse contrato reflete não só o valor do novo satélite da EUTELSAT 172B em ambientes geograficamente complexos como Fiji, mas também o impacto imediato da transmissão de satélites com cobertura nacional de TV digital. Estamos encantados em trabalhar com a Walesi, promovendo acesso de TV aberta para todos, sendo parte do esforço para transpor as barreiras digitais”.

Sobre a Walesi

Walesi é uma empresa 100% estatal de gerenciamento de infraestrutura para a TV digital. Responsável por prover cobertura de TV digital para todo o território de Fiji, a Walesi está instalando mais de 17 grandes polos de transmissão e comunicação por Fiji, gerenciados por um modelo de host neutro. Esses grandes polos serão complementados por micro polos em regiões remotas e marítimas que irão prover capacidade de satélite bi-direcional, expandindo a capacidade de dados, vídeo e voz e atingindo comunidades onde estes serviços não eram disponíveis.

Créditos: Airbus Defence and Space

Comentário (0) Hits: 141

Algar Telecom lança Ultra 4G em Uberlândia-MG

5G_b.jpg05/12/2017 - A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do grupo Algar, lançou a tecnologia LTE-advanced (Ultra 4G) para seus clientes de Uberlândia-MG. O Ultra 4G oferece cerca de três vezes mais velocidade e foi implantado por meio de carrier aggregation – técnica que permite combinar as faixas de 700 Mhz e 1.800 Mhz. A tecnologia estava em fase de testes desde setembro.

No primeiro trimestre deste ano, foi realizado o refarming da faixa de 1.800 MHz. Metade do espectro passou a ser usado para o 4G. Agora, todo o espectro será usado para 4G, o que possibilita a aplicação do LTE-Advanced.

Além do Ultra 4G em Uberlândia, atualmente, 73% da base de clientes da Algar Telecom - distribuídos em 24 cidades - utiliza a tecnologia 4G. Já o 3G está implantado em 100% dos municípios de sua área de concessão - que contempla 87 cidades nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Comentário (0) Hits: 165

395 municípios do interior de SP terão TV Digital

tv_digital_sp.jpg27/11/2017 - Começou a contagem regressiva. Em 28 de novembro de 2018, o sinal analógico de TV será desligado em 395 municípios do interior de São Paulo e as transmissões dos canais serão feitas apenas pelo sinal digital, que proporciona imagem e som de melhor qualidade, livre de chiados, chuviscos e fantasmas.

"Este processo representa um grande avanço tecnológico, pois coloca o Brasil no mesmo patamar de transmissão televisiva de países como Estados Unidos e Reino Unido, que já realizaram o desligamento do sinal analógico", afirma Antonio Carlos Martelletto, presidente da Seja Digital. O executivo reforça que a prioridade da entidade é promover ações didáticas voltadas, principalmente, para o esclarecimento à população sobre a transição, assegurando que todos estejam preparados para o novo momento da TV no Brasil. "Nosso principal compromisso com a digitalização da TV no Brasil é preparar a população para que todos tenham acesso ao sinal digital dos canais de TV aberta", explica Martelletto.

Durante o período de transição, os telespectadores da região que assistem aos canais de TV aberta passarão a ver durante a programação um sinal com a letra "A". Este símbolo indica que o sinal daquela TV é analógico. No dia 28 de novembro de 2018, o sinal analógico será desligado e apenas o sinal digital estará disponível.

Veja quais são os municípios que terão o sinal analógico desligado

Botucatu, Araraquara, Ilha Solteira, Araçatuba, Monte Aprazível, Votuporanga, Adamantina, Assis, Marília, Jaú, Catanduva, Fernandópolis, Matão, Tupã, Santa Fé do Sul, São Carlos, Macatuba, Lins, Andradina, Tupi Paulista, Pinhalzinho, Piracaia, Mococa, Bebedouro, Nhandeara, Ourinhos, Ribeirão do Sul, Monte Alegre do Sul, Santana da Ponte Pensa, Avaré, Santa Adélia, Pompéia, Jales, Pedrinhas Paulista, Rosana, Sebastianópolis do Sul, Penápolis, Cândido Rodrigues, Fernando Prestes, Monte Alto, Auriflama, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Rosa do Viterbo, Analândia, São José do Rio Pardo, Santa Cruz do Rio Pardo, Águas de Santa Bárbara, Sud Mennucci, Birigui, Urupês, Ubatuba, Ibirá, Piraju, Descalvado, Osvaldo Cruz, Ilhabela, Ibitinga, Pradópolis, Pederneiras, Tarumã, Itápolis, Garça, Olímpia, Bariri, Marapoama, Lucianópolis, Buritama, Poloni, Glicério, Tanabi, Pirangi, Caraguatatuba, São Manuel, Itirapina, General Salgado, Catiguá, Monte Azul Paulista, Taiuva, Laranjal Paulista, Mirandópolis, Monções, Ariranha, Manduri, Pereira Barreto, Paraíso, Lucélia, Itapetininga, Corumbataí, Guararapes, Itajobi, Taquaritinga, Urânia, Jambeiro, Casa Branca, Gastão Vidigal, Pongai, Morungaba, Pindorama, Vista Alegre do Alto, Tabapuã, Conchas, Águas de Lindóia, Dois Córregos, Braúna, Promissão, Magda, Guatapará, Brotas, Panorama, Cafelândia, Boracéia, Embaúba, Lindóia, Gabriel Monteiro, Icanga, Alvinlândia, Paulo de Faria, Divinolândia, Palmeira d'Oeste, Rancharia, Parisi, Dumont, Macaubal, Echaporã, São Bento do Sapucaí, Valparaíso, Mineiros do Tietê, Orindiúva, Registro, Dourado, Nova Europa, Pardinho, Paraguaçu Paulista, Meridiano, Ouroeste, Oriente, Pacaembu, Pereiras, Viradouro, Icem, Duartina, Santa Ernestina, Bom Jesus dos Perdões, Itapuí, Santa Albertina, Américo de Campos, Reginópolis, Cesário Lange, Indiaporã, Presidente Epitácio, São João do Pau d'Alho, Cajobi, Ipaussu, Chavantes, Óleo, Turiúba, Bernardino de Campos, Rubinéia, Oscar Bressane, Ribeirão Bonito, Santa Salete, Santa Clara d'Oeste, Guariba, Novais, Estrela d'Oeste, Borá, Paranapuã, Elisiário, Maracaí, Santa Rita d'Oeste, Cerqueira César, Floreal, Três Fronteiras, Santo Antônio do Aracanguá, Américo Brasiliense, Paraibuna, Severínia, São Miguel Arcanjo, Sabino, Uchoa, Valentim Gentil, Nova Guataporanga, Joanópolis, Quatá, Bento de Abreu, Santa Branca, Macedônia, Cosmorama, Nova Luzitânia, Pontes Gestal, Clementina, Coroados, Tapiratiba, Estrela do Norte, Murutinga do Sul, Santo Antônio do Jardim, Flórida Paulista, Brejo Alegre, Tuiuti, Nipoã, Iacri, João Ramalho, Cândido Mota, Álvares Florence, Caconde, Rincão, Taiaçu, Quadra, Taquarituba, Iepé, Bofete, Populina, Dolcinópolis, Itapeva, Sarapuí, Aspásia, Guaracaí, Fartura, Guarantã, Pedranópolis, Palmares Paulista, Cruzália, Lavínia, Paranapanema, Mira Estrela, Lourdes, Terra Roxa, Aparecida d'Oeste, União Paulista, Guaiçara, Bastos, Itaju, Ilha Comprida, Getulina, Ouro Verde, Rinópolis, Porangaba, Cardoso, Zacarias, Nova Castilho, Angatuba, Parapuã, Cajuru, Guaraci, Bananal, Itaí, Guareí, Barra Bonita, Monteiro Lobato, Ibirarema, Boa Esperança do Sul, Sagres, Paulicéia, Platina, Igaraçu do Tietê, São Luís do Paraitinga, Dobrada, Iguape, Taguaí, Balbinos, Quintana, São Sebastião da Grama, Ubirajara, Timburi, Avanhandava, Irapuã, Castilho, Santa Lúcia, Inúbia Paulista, Campina do Monte Alegre, Gavião Peixoto, Jacupiranga, Lagoinha, Vitória Brasil, Dirce Reis, Areiópolis, Santo Antônio do Pinhal, Itatinga, Motuca, Rubiácea, Mariápolis, Gália, Santa Mercedes, Paulistânia, São João de Iracema, Taciba, Pariquera-Açu, Guarani d'Oeste, Luiziânia, Alambari, Itapura, Nazaré Paulista, Piacatu, Pratânia, Marinópolis, Ibaté, Santópolis do Aguapeí, Cássia dos Coqueiros, Juquitiba, Herculândia, Saturaiá, Torre de Pedra, Ocauçu, Lupércio, Salmourão, Uru, Florínia, Pontalinda, Cananéia, Riolândia, Guzolândia, Barão de Antonina, Barbosa, Arandu, Capão Bonito, Espírito Santo do Turvo, Nova Independência, São João das Duas Pontes, Guaimbê, Pilar do Sul, Eldorado, Mesópolis, Nova Canaã Paulista, Cunha, Pedra Bela, Arco-íris, Lutécia, Campos Novos Paulista, Álvaro de Carvalho, Itararé, Tejupá, Fernão, São José do Barreiro, Trabiju, Sandovalina, Lavrinhas, Caiuá, Suzanápolis, Queluz, Salto Grande, Iaras, Natividade da Serra, Euclides da Cunha Paulista, Apiaí, Queiroz, São Pedro do Turvo, Júlio Mesquita, Cajati, Pracinha, Canitar, Silveiras, Nantes, Pedro de Toledo, Juquiá, Coronel Macedo, Itaberá, Sete Barras, Marabá Paulista, Palmital, Turmalina, Miracatu, Ribeirão Grande, Buri, Itariri, Monte Castelo, Iporanga, Vargem, Ribeira, Arapeí, Guapiara, Riversul, Redenção da Serra, Vera Cruz, Areias, Itaoca, Barra do Turvo, Taquarivaí, Barra do Chapéu, Bocaina, Itaporanga, Bom Sucesso de Itararé, Tabatinga, Nova Campina, São Francisco, Itapirapuã Paulista, Ribeirão Branco, Teodoro Sampaio, Novo Horizonte, Planalto, Borborema, São Sebastião e Alto Alegre.

Para saber mais informações sobre como se preparar para desligamentos do sinal analógico dos canais de TV aberta, acesse o portal www.sejadigital.com.br

Benefícios da mudança

O desligamento do sinal analógico irá liberar a faixa de 700Mhz para que a oferta de internet 4G possa ser expandida na região. O 4G é uma das tecnologias mais avançadas do mundo, que permite a celulares, smartphones, laptops e tablets acessarem sinal de voz e dados a velocidades muito mais rápidas, até mesmo em ambientes fechados. De acordo com um estudo da GSM Association, esse processo de migração para TV digital pode trazer mais de US$ 5 bilhões ao PIB brasileiro, além de mais de 4 mil empregos.

A TV Digital também oferece uma série de melhorias em relação ao sinal analógico. A transmissão possui qualidade muito superior tanto de imagem quanto de som. Outra questão fundamental são os recursos interativos. Por meio do sinal digital, o telespectador pode ter acesso a conteúdos adicionais como informações de bastidores, galerias de imagens do programa, ofertas de produtos relacionados, previsão do tempo e notícias em texto – tudo gratuitamente e de acordo com as definições de cada emissora.

193 cidades brasileiras já contam com o sinal de TV aberta 100% digital.

O sinal analógico já foi desligado em diversas regiões do Brasil. Em novembro de 2016, Brasília se tornou a primeira capital do país a contar com o sinal de TV aberta totalmente digitalizado. Neste ano, foi a vez da região metropolitana de São Paulo, composta por 39 cidades, além das regiões de Goiânia (29 cidades), Recife (14 cidades), Fortaleza (15 cidades), Salvador (20 cidades), Vitória (7 cidades), Rio de Janeiro (19 cidades) e Belo Horizonte (39 cidades). Nessas localidades, mais de 20 milhões de domicílios passaram a assistir os canais abertos de televisão apenas pelo sinal digital, que transmite a programação gratuitamente com imagem e som de cinema. Para cumprir sua missão, a Seja Digital promoveu ações sociais, mutirões de orientação e parcerias com organizações sociais e distribuiu mais de 7 milhões de kits gratuitos com antena digital e conversor com controle remoto.

 

 

Comentário (0) Hits: 239

Fim do sinal analógico de TV em três regiões de SP

tv_digital.jpg28/11/2017 - O Grupo de Implantação da TV Digital (GIRED) decidiu na manhã desta terça-feira, 28/11, que o período de desligamento em Santos tenha início em 29/11 e vá até o dia 20/12 e que em Campinas e no Vale do Paraíba o processo de desligamento tenha início no dia 29/11 e vá até 17/01/2018. O desligamento do sinal em Ribeirão Preto e Franca foram postergados para o dia 31/01/2018.  

A medida foi tomada porque não foi atingido o percentual mínimo de domicílios com sinal digital para o desligamento (que é de 90%). Segundo a pesquisa Ibope Inteligência, em Santos o percentual atingido foi de 89%. A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 25 de novembro de 2017. A amostra de Santos contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.211, que totalizam 1.575 entrevistas.  

Em Campinas o percentual foi de 88%. A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 25 de novembro. A amostra contou com 1.442 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 2.198, que totalizam 2.324 entrevistas. A amostra é representativa dos domicílios da área urbana e rural das regiões pesquisadas.

No Vale do Paraíba o percentual auferido foi de 88%, segundo pesquisa realizada entre os dias 13 e 25 de setembro de 2017. A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.610, que totalizam 1.988 entrevistas.  

Em Ribeirão Preto 84% dos domicílios contam com sinal digital. A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 25 de novembro de 2017. A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.400, que totalizam 1.894 entrevistas.  

Em Franca, o percentual atingido foi de 80%. A pesquisa em Franca foi realizada entre os dias 14 e 24 de novembro de 2017. A amostra contou com 1.078 entrevistas, enquanto no conjunto das demais cidades foram realizadas 1.484, que totalizam 1.747 entrevistas.  

A digitalização da TV aberta permitirá que os telespectadores assistam aos seus programas com maior qualidade de som e imagem, além de trazer outras vantagens, como suporte à recepção móvel, multiprogramação e interatividade.

Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G LTE) no Brasil.

Apenas parte do interior paulista vai ser digitalizada neste momento. Outras partes do estado serão digitalizadas em 2018.  

A Região Sul será a próxima a ter o sinal analógico desligado. O desligamento em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre está previsto para ocorrer no dia 31 de janeiro de 2018.

Comentário (0) Hits: 202

Sistema de bloqueio de celular pirata está pronto

24/11/2017 - Para aumentar a segurança dos usuários, devem ser implementadas medidas que impeçam a adulteração de IMEI de aparelhos furtados ou ilegais

As prestadoras dos serviços de telefonia móvel já instalaram o sistema de bloqueio dos celulares irregulares, que entrará em operação a partir de 22 de fevereiro de 2018. A primeira fase, que testará a eficácia do sistema, ocorrerá no Estado de Goiás e no Distrito Federal. Além desse sistema, o setor defende que sejam adotadas outras medidas para o combate ao mercado irregular de telefone celular, reforçando a segurança dos aparelhos, no processo de fabricação, para evitar que sejam adulterados ou tenham o seu código de identificação (IMEI) modificado ou clonado.

Para o SindiTelebrasil, os aparelhos não homologados devem ser retirados progressivamente do mercado, contribuindo para uma melhoria de qualidade no uso das redes e para o usuário final. No caso de celulares sem certificação, muitas vezes são aparelhos de baixa qualidade, que não foram submetidos a testes.

Existe também um mercado paralelo de aparelhos celulares, que têm origem em roubo ou furto. Muitos desses aparelhos estão em operação porque passaram por um processo de fraude, tendo o IMEI adulterado ou clonado de um celular regular. Hoje, o aparelho roubado ou furtado somente possui valor no mercado paralelo porque a clonagem do IMEI é fácil. A manutenção dessas vulnerabilidades somente incentiva esse tipo de ação clandestina.

As prestadoras combatem, há muitos anos, a utilização de aparelhos roubados e extraviados e têm aperfeiçoado o controle dos equipamentos utilizados em suas redes. Desde o ano 2.000, as empresas mantêm em funcionamento o Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), banco de dados que registra o número de IMEI do celular bloqueado por furto, roubo e extravio, impedindo que ele seja usado por outra pessoa. Mas, a fragilidade técnica acaba permitindo que o bloqueio seja burlado, ao alterar o IMEI do aparelho para um número válido. Essa é uma falha que só pode ser corrigida na origem, na fabricação dos equipamentos, implantando mecanismos de segurança, que impeçam a adulteração.

O roubo e fraude dos aparelhos celulares é um problema mundial. No Brasil, deve haver um esforço conjunto do governo, do órgão regulador, dos fabricantes de aparelhos celulares e das prestadoras de telefonia celular para que haja evolução nas tratativas desse problema e no combate a esse mercado irregular.

Comentário (0) Hits: 248

newsletter buton