Explore as infinitas possibilidades do seu ERP

Por Alan Lopes, CEO da CRM Services

Você conhece pelo menos parte das infinitas possibilidades que seu ERP oferece? Sabe como aproveitar as funções existentes na ferramenta ou como aumentar a aderência e produtividade por meio de integrações, aplicativos, KPIs e dashboards?

Estatisticamente, o uso real de sistemas de gestão pela maioria das empresas é de 20% a 30% (resultados extraídos do estudo anual realizado pela área de marketing da CRM Services, em conjunto com o CRM Labs (laboratório de UX, criação e desenvolvimento da consultoria) sobre a usabilidade dos ERPs, inovação e comportamento de mercado).

De acordo com o estudo, essas empresas seguem uma linha de “economia cognitiva”, sem grandes mudanças em processos ou operações, limitando o uso das ações administrativas, controlando somente o que é essencial, deixando de lado toda a estratégia, inovação, agilidade e integração que os softwares oferecem.

Esse uso “feijão com arroz” das soluções reflete no crescimento, competitividade e nos indicadores de performance que acabam se distanciando cada vez mais dos objetivos estratégicos das companhias.

O start dessa situação ocorre quando a empresa encarrega a tarefa de implementação do ERP à uma prestadora de serviços com uma visão básica de gestão, sem foco na experiência do usuário, agilidade dos processos e escalabilidade, ou o mais provável,
apenas cumprem o determinado no escopo, deixando de sugerir melhorias ou inovações que de fato impactarão no negócio.

O “pulo do gato” é explorar as infinitas possibilidades que o próprio ERP oferece, em conjunto com plataformas e soluções que garantirão maior produtividade e resultados para a empresa, transformando e evoluindo seus processos conforme a tecnologia da própria ferramenta, integrada a outras aplicações que atuam como coadjuvantes ao sistema.

Um dos caminhos mais assertivos nesse sentido é o diagnóstico de usabilidade da solução. Essa ação é vital para garantir a vida, a estrutura organizacional, crescimento da empresa, e, principalmente, os planos e projetos para os próximos anos, bem como: aumentar a lucratividade, o volume de negócios e a presença da companhia no mercado.

O diagnóstico fornecerá um “mapa” do atual uso da tecnologia, das demandas, melhorias e inovações e de como a solução atual, em conjunto com outras ferramentas, poderá contribuir nessa questão.

Como no caso de dashboards, que em conjunto com o ERP, possibilita a avaliação de tendências positivas e negativas de projetos e indicadores, tornando mais fácil atuar em correções necessárias e eliminar gargalos.

As KPIs, integradas ao sistema ajudarão a diagnosticar a execução de uma estratégia, permitindo que os diversos setores de uma empresa consigam monitorar a evolução dos resultados de acordo com as metas definidas e objetivos traçados.

Lembramos que KPI é a sigla que corresponde a Key Performance Indicator, uma técnica de gestão conhecida em português como Indicador-chave de Desempenho. Os KPIs facilitam a transmissão da visão e missão de uma determinada empresa para funcionários que não ocupam cargos elevados.

Por tanto, antes de desistir da sua solução, procure explorar as infinitas possibilidades que ela pode oferecer para seu negócio.

Alan Lopes é CEO e Fundador da CRM Intelligence Servicesa — consultoria especialista em implantação, suporte, atualizações, desenvolvimento e treinamento nas soluções TOTVS — Protheus, RM e fluig. Com sedes em São Paulo, Limeira e Belo Horizonte, a companhia lançou um novo braço operacional voltado para processos funcionais, o CRM Expert, para proporcionar um atendimento de ponta a ponta para seus clientes.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton