Grupos Abertos: disponíveis para computador

viber_pc.jpg06/02/2015 - O app Viber anunciou hoje a disponibilidade dos Grupos Abertos também na versão para computador do aplicativo. Com essa nova ferramenta, os usuários poderão encontrar, compartilhar e acompanhar conversas de celebridades, artistas e seguir suas marcas favoritas também pelo computador.

A atualização do aplicativo com os Grupos Abertos já está disponível para download no site do Viber. Além dos Grupos, a nova versão também possibilita encaminhar vídeos e fotos recebidos para outros contatos do Viber e melhorias gerais de performance.

Os Grupos Abertos são conversas públicas entre celebridades, personalidades e marcas que contém textos, fotos, vídeos, stickers, links e muito mais. Os usuários do aplicativo podem seguir, e ter um novo tipo de experiência social – acompanhando qualquer conversa enquanto elas acontecem.

Para Danilo Gentili, que tem 253 mil seguidores, ter um Grupo Aberto no Viber o deixa mais próximos de seus fãs. "É uma experiência incrível, porque é a única ferramenta social que me deixa a vontade para compartilhar as conversas que tenho, literalmente, na minha roda de amigos com o público".

Os usuários podem convidar amigos para seguir os Grupos Abertos que mais lhe interessam e compartilhar o conteúdo. No Brasil, já existem mais de 100 Grupos Abertos que podem ser seguidos pelos usuários do Viber.

Para seguir os Grupos Abertos basta fazer o download do aplicativo, entrar na aba "Abertos" e procurar pelo grupo que deseja seguir. A nova versão do Viber para computador pode ser baixada em: http://viber.com/desktop.

Sobre o Viber

Viber é um aplicativo de mensagens para celular, ligações e chamadas de vídeo. O Viber permite que todos no mundo se conectem gratuitamente. Os usuários podem enviar mensagens grátis, stickers, fotos, vídeos, doodles, compartilhar a localização de qualquer lugar do mundo, fazer chamadas gratuitas com qualidade HD e se comunicar por mensagem de voz.

Comentário (0) Hits: 1180

Facebook descarta o site de busca da Microsoft

15/12/2014 - Facebook encerrou acordo com a Microsoft para utilizar o site de busca Bing. Aparentemente, a parceria já havia terminado "há algum tempo", mas ninguém notou, informou a agência Reuters sexta-feira passada, (12).

Em um comunicado, a empresa anunciou que "Nós não estamos mostrando resultados de pesquisa no Facebook, porque estamos focados em ajudar as pessoas a encontrar o que está sendo compartilhado no Facebook."

Parece que tanto a Microsoft quanto o Facebook perceberam que a parceria não tinha nenhuma relevância, uma vez que todos os navegadores dão acesso imediato ao motor de busca.

Além disso, como a maior rede social do planeta possui mais de um bilhão de usuários ativos, está desenvolvendo sua própria ferramenta de busca. Se a pesquisa na web é uma oportunidade para manter os usuários "presos" na rede social, isso é uma demanda a ser preenchida.

O app de busca do Facebook finalmente desembarcou no celular esta semana e a empresa adianta que "talvez" fará a tradução das pesquisas para outras línguas.

http://thenextweb.com/facebook/2014/12/13/facebook-search-meh/

 

 

 

Comentário (0) Hits: 1792

Veja os temas mais comentados no Facebook em 2014

banner_face_not.jpgEBC
10/12/2014 - Um levantamento publicado nesta terça-feira (9) pelo Facebook, nos Estados Unidos, revela que a Copa do Mundo no Brasil, a epidemia do ebola e a eleição presidencial brasileira foram os três assuntos mais comentados do ano pelos usuários da rede, em escala mundial.

Não é de espantar que assuntos de interesse dos brasileiros apareçam no topo da lista. O Brasil é o quinto país mais conectado do mundo, segundo dados do Ibope Media de 2013. O país tem 105 milhões de internautas ativos e pelo menos 89 milhões de usuários do Facebook.

Depois da Copa do Mundo, da epidemia do ebola e da disputa que resultou na reeleição da presidente Dilma Rousseff, os assuntos mais comentados na rede social foram a morte do ator americano americano Robin Williams e o jogo "Ice Bucket Challenge", um dos grandes virais do ano.

Clique aqui e confira a lista dos termos mais comentados (Em inglês)

 

Comentário (0) Hits: 1030

Grupos Abertos já estão disponíveis no Viber

21/11/2014 - Viber, aplicativo gratuito de mensagens para celular, ligações e chamadas de vídeo, lança os Grupos Abertos, funcionalidade que permite aos usuários encontrar, compartilhar e acompanhar conversas de outras pessoas ou empresas no seu celular.

Os Grupos Abertos são conversas em tempo real entre celebridades, personalidades e produtores de conteúdo, que os usuários do Viber podem seguir, oferecendo um novo tipo de experiência social - acompanhando qualquer conversa enquanto elas acontecem.

Qualquer um no Viber pode seguir quantos Grupos Abertos quiser no seu celular. As conversas incluem textos, fotos, vídeos, stickers, links e muito mais. Os usuários podem convidar amigos para seguir os Grupos Abertos que mais lhe interessam e compartilhar seu conteúdo.

Comentário (0) Hits: 1418

App do Facebook permite conversas anônimas

23/10/2014 – Facebook lançou hoje, (23) o aplicativo Rooms, que não obriga o usuário a utilizar seu nome verdadeiro. O app por enquanto está disponível apenas para iOS, e tem como proposta incentivar a discussão de assuntos diversos em fóruns, porém num ambiente fora do Facebook, analisa o The Verge.

Mais informações:
http://www.theverge.com/2014/10/23/7048495/facebook-rooms-brings-reddit-like-forums-to-your-iphone

Comentário (0) Hits: 1205

Facebook bate YouTube em vídeos no desktop

facebook-video.jpgMeio & Mensagem
22/10/2014 - Segundo dados do Vdeo Metrix da Comscore, o Facebook superou o YouTube em visualizações de vídeos em desktop nos Estados Unidos. O número, conquistado em agosto, é consequência do sistema auto-playing, lançado há menos de um ano.

Em entrevista ao Beet.TV, Gian Fulgoni, chairman e co-fundador da Comscore, diz que a rede social entregou em agosto um bilhão a mais de visualizações que o YouTube. Apesar do número ser impressionante, ele considera importante questionar o nível de engajamento. O usuário médio do YouTube é mais experiente em engajar a partir de requisitos que atraem a atenção das pessoas.

No cruzamento total de dispositivos, o Facebook ainda está atrás do Google na visualização de sites. Mas os números de visualização de vídeos da rede de Mark Zuckerberg cresceram 50% entre maio e julho. A rede social comprou a empresa de ad tech LiveRail há poucos meses, tendo em mente a comercialização de mídia.

Empresas como a NowThisNews, especializada em conteúdo rápido em vídeo, também foi positivamente afetada pelo Facebook. O serviço afirma que, desde julho, a visualização de seus vídeos cresceu em 30 vezes e dezenas de milhares desses views vêm do Facebook, melhorando também o engajamento de usuários.

http://www.proxxima.com.br/home/social/2014/10/15/Facebook-bate-YouTube-em-videos-no-desktop.html?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=newsletter-Proxxima-diaria&utm_content=noticias_diarias

Comentário (0) Hits: 1102

newsletter buton