Ford inaugura super fábrica de motores na Bahia

ford_motor2.jpg22/04/2014 - A Ford inaugurou na semana passada a primeira fábrica de motores automotivos de alta tecnologia no Nordeste brasileiro. Com investimento de 400 milhões de reais e a criação de 300 novos empregos diretos, a fábrica, construída no Complexo Industrial de Camaçari, na Bahia, vai produzir a mais nova geração de motores 1.0 de três cilindros flex, atual tendência para veículos compactos.

O novo motor, chamado Ford 1.0 3C, introduz a tecnologia de duplo comando, que contribui para aumentar a potência e o torque, fatores importantes para os veículos de baixa cilindrada, além de oferecer melhor economia de combustível em relação aos motores convencionais.

A solenidade de inauguração contou com a presença do ministro dos Transportes, César Borges, e do governador da Bahia, Jaques Wagner, entre outras autoridades. Pela Ford, participaram o presidente da empresa, Steven Armstrong, o vice-presidente de Assuntos Corporativos, Rogelio Golfarb, e o diretor de Manufatura, Vagner Galeote.

motor-1-0-3C_ford.jpgA nova fábrica vai produzir o motor Ford 1.0 3C Duplo Comando Flex, projeto especialmente desenvolvido pela engenharia brasileira da marca para equipar o Novo Ka, futuro carro compacto que chega ao mercado em 2014. A fábrica de motores de Camaçari está entre as mais modernas do mundo. Ela é equipada para operar com padrão de qualidade global e alta produtividade.

"Esta nova fábrica é mais um marco do investimento da Ford na Bahia e no Nordeste. Fomos a primeira a produzir carros e, agora, somos também a primeira a produzir motores na região", disse Steven Armstrong, presidente da Ford América do Sul. "Ela vai produzir o avançado motor de 3 cilindros que equipará nosso futuro carro compacto global."

Tecnologia de produção

Com capacidade instalada para 210.000 motores por ano, a fábrica de motores 1.0 3C Duplo Comando Flex segue os padrões mais avançados de sustentabilidade em todas as etapas de produção. Ela traz o estado da arte em produção de motores e é completa, produzindo desde o bloco e o cabeçote usinados até a montagem final em sua linha avançada e ergonômica.

"A Fábrica de Motores de Camaçari faz parte da mais rápida e mais ambiciosa expansão da manufatura global da Ford nos últimos 50 anos", diz John Fleming, vice-presidente executivo de Manufatura Global e Relações Trabalhistas. "A Ford está realizando este ano a sua sequência mais agressiva de lançamento de produtos, com a introdução de 23 novos veículos globalmente. Essa fábrica de motores vai ajudar a apoiar a nossa estratégia de crescimento nas áreas de manufatura e produto."

Além de cerca de 40 robôs e carregadores automáticos de peças, ela conta com 34 centros de usinagem e máquinas especiais para usinagem dos blocos e cabeçotes. A linha de montagem, de última geração, conta com estações projetadas para oferecer eficiência e ergonomia para os operadores.


Inteligência da produção


A fábrica de motores de Camaçari tem 100% de seus equipamentos conectados via wi-fi a uma central de gerenciamento. Essa inteligência permite o monitoramento on-line da produção, da qualidade e da manutenção das máquinas e ferramentas.

A área de produção tem pressão do ar e temperatura controladas para eliminar o risco de contaminação. O sistema de qualidade inclui a rastreabilidade de 100% das estações. Com isso, é possível ter o histórico de produção de cada item do motor. Câmeras de alta definição verificam o posicionamento correto das peças na montagem do motor, dentro de uma estratégia de zero defeito.

A fábrica de motores 1.0 3C Duplo Comando Flex conta também com o suporte de um completo e moderno laboratório de metrologia. Seus sistemas de aferição incluem a medição de 100% dos cilindros e mancais do bloco. Um dinamômetro de alta tecnologia é usado no controle diário da produção.


A validação é imediata e feita por estações de teste ao longo de toda a linha de montagem. Nas três estações de "cold-test" (teste a frio), 100% dos motores são verificados em mais de 350 características técnicas. Há também duas estações de "hot-run" (teste a quente), que simulam o seu funcionamento no veículo.


Manufatura sustentável


A unidade de motores de Camaçari segue os mesmos conceitos adotados em todo o Complexo Industrial Ford Nordeste quanto à preservação ambiental e sustentabilidade. Ela é a primeira no Brasil a utilizar o processo MQL (Mínima Quantidade de Lubrificantes) em 100% dos centros de usinagem do motor, com uma substancial redução na quantidade de água e óleo lubrificante na operação, além de facilitar a reciclagem dos resíduos.

A sustentabilidade é garantida também por uma moderna central de ultrafiltragem, que realiza o tratamento de 100% dos efluentes industriais. Toda a unidade fabril conta com sistema de coleta seletiva e os veículos industriais usam sistema de recarga "fast charger" e não necessitam da troca de baterias.

Qualificação

A fábrica de motores 1.0 3C Duplo Comando Flex tem 300 empregados diretos, que passaram por mais de 380.000 horas de treinamento, ministradas por técnicos especializados. A unidade conta também com um novo e completo centro de treinamento, que foi construído e equipado para oferecer desde os conceitos básicos de segurança e qualidade até cursos complexos de operação e manutenção, incluindo os princípios e ferramentas do FPS (Sistema de Produção Ford). Em parceria com o SENAI foram desenvolvidos conteúdos específicos para aplicação na manufatura de motores, além de treinamentos ministrados pelos fornecedores de equipamentos da fábrica.

Comentário (0) Hits: 644

Site gratuito reúne conteúdos sobre programação

programacao.jpgCaio Carvalho, Canaltech
14/04/2014 - Gosta de programação e quer aprimorar seus conhecimentos? Ou você sempre se interessou pela área, mas não sabe por onde começar? Já há na internet vários materiais voltados para os apaixonados por ciências da computação, códigos, sistemas operacionais e outras linguagens digitais, mas uma página reúne todos esses conteúdos e facilita a busca por arquivos desse tipo. Trata-se do site reSRC.

O reSRC é totalmente gratuito e funciona como uma espécie de almanaque da programação, reunindo centenas de livros sobre mais de 100 linguagens e sistemas, além de ciências da computação em geral e materiais mais relacionados a gráficos, como GPUs, modelagem 3D e user interfaces. Quase todo o site está em inglês, mas vale a pena dar uma vasculhada no acervo de arquivos para encontrar algo que você queira aprender.

Entre os principais conteúdos do reSRC estão arquivos que explicam o funcionamento do JavaScript, Firefox OS, COBOL e até dicas de Cloud Computing, ecossistema open source e redes. A busca pela biblioteca da página também é bastante simples, e pode ser feita de duas formas. A primeira é se você já procura por algo específico. Neste caso, o melhor é acessar o reSRC e digitar o termo desejado no campo de busca ("Search by tags"). A segunda maneira é abrir o catálogo da página pelo GitHub, que mostra um índice com todos os assuntos e seus respectivos links para as fontes.

Um detalhe importante e bastante útil para quem não está acostumado à língua inglesa é que existem bibliotecas em outros idiomas, inclusive o português do Brasil. Claro que o material é menor quando comparado ao inglês, mas o GitHub funciona de forma colaborativa, ou seja, você e qualquer outra pessoa que tiver um arquivo ou conteúdo pode compartilhá-lo com os demais usuários. O passo a passo de como acrescentar novos dados pode ser acessado neste link.

O Traduz Aí, por exemplo, é uma das contas que reúne arquivos no nosso idioma. Os documentos são voltados principalmente para complementar os estudos de quem se interessa por JavaScript, Angular JS e NodeJS.

http://canaltech.com.br/noticia/profissional-de-ti/Site-gratuito-reune-conteudos-sobre-programacao-linguagens-e-sistemas/

Comentário (0) Hits: 2108

ONU lança concurso "Jovens Inovadores" da UIT

onu_concurso.jpg09/04/2014 - A quarta edição do concurso mundial "Jovens Inovadores" da União Internacional das Telecomunicações (UIT) está com inscrições abertas até o dia 30 de maio. O concurso está aberto para jovens entre 18 e 26 anos de todo o mundo que tenham soluções originais para desafios globais em que as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) possam ter um impacto significativo.

O concurso oferece aos jovens a oportunidade de participar de oficinas de habilidades empreendedoras, de conhecer e se relacionar com empresas líderes em TIC, e de mostrar seus projetos na UITTelecom World 2014, que acontecerá entre os dias 7 e 10 de dezembro de 2014, em Doha, no Catar. No final, serão premiadas duas iniciativas com um financiamento no valor de 10 mil dólares.
Para mais informações, acesse o site do concurso, a página no Facebook ou envie um e-mail para a organização: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. colocando "2014 Young Innovators' Competition" no assunto.

http://www.onu.org.br/onu-lanca-concurso-jovens-inovadores-sobre-tecnologias-de-informacao-e-comunicacao/

Comentário (0) Hits: 2176

Aquecimento global: quem apertou o botão de pausa?

warm_economist2.jpgThe Economist
17/03/2014 - O abrandamento do aumento das temperaturas ao longo dos últimos 15 anos deixa de ser inexplicável para ter duas teorias.

Entre 1998 e 2013, a temperatura da superfície da Terra aumentou a uma taxa de 0,04 °C a cada década, muito mais lenta do que o aumento de 0,18 °C na década de 1990.

Enquanto isso, as emissões de dióxido de carbono (o que seria esperado para elevar as temperaturas acima) aumentaram de forma ininterrupta. Essa pausa no aquecimento levantou dúvidas sobre a mudança climática. Alguns céticos dizem categoricamente, que o aquecimento global parou. Outros argumentam que a compreensão do clima pelos cientistas é tão falho, que não pode ser aceito com confiança.

A explicação convincente da pausa, portanto, é importante tanto para a compreensão sobre clima, quanto para a credibilidade da ciência climática. Na verdade, eles fazem um bom trabalho. E se tudo estiver correto, a pausa seria agora explicada com duas teorias.

Ilustração: Claudio Munoz

http://www.economist.com/news/science-and-technology/21598610-slowdown-rising-temperatures-over-past-15-years-goes-being

Comentário (0) Hits: 713

Fórum Global de Educação da Microsoft

MOOC.jpg11/03/2014 - Começa hoje, em Barcelona (Espanha), a 9ª edição do Microsoft in Education Global Forum. Neste ano, o evento vai reunir mais de mil educadores, representantes de escolas e de governos de mais de 90 países de todo o mundo. O objetivo é discutir o uso de tecnologia no ensino e os diferentes modelos inovadores que têm sido aplicados mundialmente.

Também serão conhecidos os vencedores globais do prêmio Educadores Inovadores. O Brasil chega a esta edição do evento com cinco professores concorrendo em diferentes categorias. A lista é formada por quatro vencedores da etapa nacional e pela professora Margarida Telles, que venceu a edição 2012 e retorna este ano com uma nova versão de seu projeto. Acesse nesse link detalhes sobre os trabalhos brasileiros selecionados.

Além dos educadores, representantes dos colégios Nave Recife e Gente, selecionados no concurso de Escolas Mentoras, participam do evento em Barcelona. O colégio estadual José Leite Lopes (Nave Rio) também participa do evento como parte do grupo de World Tour Schools, formado por 34 instituições selecionadas mundialmente pela Microsoft como referência em práticas de ensino inovador.

"A riqueza dos projetos apresentados por países de todo o mundo é algo impressionante e permite que o evento seja uma oportunidade de troca de experiências e melhora das práticas que já existem. Nós da Microsoft estamos muito orgulhosos de poder fazer parte dessa evolução", afirma Antonio Moraes, diretor de educação da Microsoft Brasil.

A Microsoft vem firmando parcerias para ampliar o uso de tecnologia em instituições de ensino no Brasil e em outros países. Um dos recentes acordos firmados pela companhia foi com a secretaria de educação do Estado de São Paulo. A parceria prevê que os 4,3 milhões de alunos da rede pública estadual tenham acesso gratuito ao Office 365, pacote de softwares na nuvem da Microsoft, em até cinco dispositivos.

A oferta aos alunos do Estado de São Paulo faz parte do Student Advantage, programa que permite a instituições de ensino estenderem o uso do Office 365 a seus alunos caso o pacote já seja utilizado na administração e por seus professores.

Comentário (0) Hits: 2151

BID disponibiliza cursos MOOC via edX

free_education.jpg07/03/2014 - O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou hoje, (07) que vai começar a oferecer cursos de desenvolvimento social e econômico por meio da edX, empresa sem fins lucrativos de aprendizagem on-line fundada pela Universidade de Harvard e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). O BID torna-se a primeira organização especializada na América Latina e no Caribe a criar cursos através da plataforma de ensino on-line altamente respeitável e inovadora.

Ao aderir ao edX, o BID ampliará sua linha de ofertas de cursos on-line e presenciais sobre questões de desenvolvimento para um público muito mais amplo de funcionários públicos, partes envolvidas em políticas e outros na região e no exterior. A plataforma do BID será chamada IDBX e estará disponível em edX.org. Veja matéria da edX na Telequest.

"Estamos extremamente felizes por unirmos forças com o edX. Nossa parceria é natural, em que o BID compartilha sua experiência e conhecimento sobre questões de desenvolvimento e o edX sua experiência na oferta de cursos através de plataforma de software livre de última geração e tão utilizada", disse Federico Basañes, Gerente de Conhecimento e Aprendizagem do BID.

"Temos o prazer de dar as boas-vindas ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) na comunidade edX", disse Anant Agarwal, presidente do edX. "Apoiamos o trabalho do BID para melhorar a vida das pessoas nos países em desenvolvimento. Trabalhando com o BID, estamos ansiosos pela criação de cursos de alta qualidade on-line que envolverão e desafiarão milhões de alunos em todo o mundo."

Os primeiros cursos abertos, on-line e em massa (MOOCs) do BID a serem oferecidos através do edX incluem "Gestão para resultados de desenvolvimento nos governos subnacionais" e "Melhor previdência, melhores empregos", ambos com ênfase na América Latina e no Caribe. Inicialmente, esses cursos serão oferecidos em espanhol. Especialistas do BID estão elaborando a maioria dos cursos, mas outros serão desenvolvidos em parceria com as principais universidades das Américas.

O edX é uma empresa sem fins lucrativos que oferece cursos on-line de 38 universidades e seis organizações líderes de todo o mundo. O edX está concentrado em transformar a aprendizagem on-line e no campus através de metodologias inovadoras, experiências semelhantes a jogos e pesquisas de ponta em uma plataforma de software livre.

Veja mais: www.iadb.org ou numa versão mobile em www.iadb.mobi

Comentário (0) Hits: 2352

newsletter buton