Cresce uso de Wi-Fi fora de casa

23/10/2013 - Os europeus adotaram o Wi-Fi para acessar dados móveis, com mais de 55% escolhendo essa opção em vez do celular fora de casa, de acordo com pesquisa sobre experiências de dados móveis realizada pela On Device Research.

A pesquisa mostra até que ponto os usuários móveis procuram redes Wi-Fi mesmo fora de casa e do local de trabalho. Mais de 55% dos europeus utilizam conectividade Wi-Fi regularmente em seus telefones quando estão longe de casa. No Reino Unido, a porcentagem aumenta para quase 65%, o que mostra que usuários com conhecimento de tecnologia evitam tarifas ou limites de dados das operadoras.

Para obter melhor controle sobre quando assinantes escolhem Wi-Fi, as operadoras precisam aprimorar os métodos usados para identificar localidades específicas onde questões de capacidade, cobertura ou qualidade possam levar os assinantes a passar para o Wi-Fi. Utilizar a plataforma ActixOne para localizar e analisar chamadas e conexões de dados permite que a operadora entenda melhor a localização dos assinantes e sua experiência de rede.

A capacidade de correlacionar essas informações com registros de negócios também lhes permite identificar assinantes de alto valor. Como resultado, as operadoras podem mirar com precisão atividades de otimização, priorizando os locais onde precisam implantar LTE ou células pequenas para oferecer melhor serviço e maior capacidade, a custo menor, estimulando usuários valiosos a permanecer na rede móvel.

"Se os usuários adotarem o hábito de reverter para a rede móvel somente quando não conseguirem um sinal de Wi-Fi, as operadoras perderão controle da experiência de seu assinante. Elas precisam medir melhor a experiência de seus clientes, para ficar cientes de onde e por que a passagem para Wi-Fi ocorre, e precisam estabelecer métodos para garantir que isso não aconteça mais por acaso", afirma Coleman.

No Brasil, quase metade dos assinantes (45%) nunca usam conectividade Wi-Fi fora de casa. Isso sugere que gerenciar a passagem para Wi-Fi, embora ainda não seja uma questão essencial, acabará se tornando uma tendência crescente e um grande desafio para mercados de rápido crescimento. Operadoras móveis capazes de aprimorar e automatizar suas redes para gerenciar melhor a experiência do cliente poderão, então, ser capazes de evitar que assinantes queiram, ou precisem, passar para Wi-Fi no futuro.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton