Como tornar as cidades brasileiras conectadas

smart_cities.jpg25/05/2016 - Quais as características de uma cidade inteligente e conectada? Quais indicadores devem ser levados em consideração nessa análise? Qual o papel do cidadão no desenvolvimento de cidades conectadas? Quais as soluções no curto, médio e longo prazo?

Essas são algumas das questões que serão discutidas e respondidas no Connected Smart Cities 2016, evento que acontece nos dias 08 e 09 de junho, no Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, com o objetivo de debater iniciativas para tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas. "Por meio do intercâmbio de informações, unimos empresas de serviços e tecnologia de ponta, especialistas, prefeituras e pessoas engajadas com a otimização das cidades do Brasil, buscando inspiração em soluções implantadas nas cidades mais inteligentes do mundo", destaca Paula Faria, diretora executiva da Sator, empresa idealizadora e organizadora do evento.

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, fará a abertura do evento. O fórum contará ainda com a participação de Bianca Debaets, Secretária de Estado da Região de Bruxelas-Capital; Alberto Teixeira, sociólogo e professor associado da Universidade Federal do Pará (UFPA); Basílio Dagnino, coordenador do GT da norma ABNT NBR ISO 18091; Dulce Helena Cazzuni, Secretária de Planejamento e Gestão de Osasco desde 2013, e que atua no setor público há mais de 26 anos.

Durante o Connected Smart Cities serão apresentados e analisados projetos em estudo ou já implementados que traduzem os diversos modelos de conectividade. Os participantes conhecerão exemplos bem sucedidos e aplicados em cidades como Curitiba (PR), Brasília (DF), Ipojuca (PE), Barueri (SP), Recife (PE), Campinas (SP), Guapuava (PR), Rio de Janeiro (RJ). Durante os dois dias também serão discutidos temas como as políticas público privadas como aliadas dos municípios para execução de projetos estratégicos: os desafios para modelagem; Eixos e Premissas para a criação de modelagem para estruturação de projetos de cidades inteligentes; A importância da criação de políticas públicas e ferramentas de apoio para o desenvolvimento dos APLs - Arranjos Produtivos Locais; A busca por alternativas de transporte e a regulamentação das novas tecnologias; A energia como vetor fundamental para o desenvolvimento das cidades inteligentes entre outros.

Serviço

Connected Smart Cities 2016

Data: 8 e 9 de junho

Local: Armazém da Utopia, Porto Maravilha - Rio de Janeiro
Programação: http://www.connectedsmartcities.com.br/programacao/

Comentário (0) Hits: 353

15ª Tela Viva Móvel divulga dados do mercado mobile

tela_viva_2016.jpg18/04/2016 - O Tela Viva Móvel é o maior evento sobre o mercado de conteúdo para dispositivos móveis do Brasil. Em sua 15ª edição, o congresso tem como um de seus destaques a divulgação dos resultados da pesquisa global "Developer Economics", realizada com mais de 22 mil desenvolvedores em 150 países pela VisionMobile. O estudo é o mais completo do setor e seus dados referentes à América Latina serão apresentados em primeira mão no evento que acontece nos dias 3 e 4 de maio, no WTC Events Center, em São Paulo (SP).

O CEO e fundador da VisionMobile, Andreas Constantinou, traz para o Tela Viva Móvel a palestra "O Ecossistema de Apps na América Latina", com dados como qual o perfil médio do desenvolvedor móvel latino-americano, quais suas plataformas favoritas, seus principais modelos de negócios e quanto de receita gera por mês.

Outro destaque fica por conta do painel "Lojas e canais alternativos para a distribuição de apps", sobre as novas formas de disponibilizar aplicativos para usuários fora da App Store ou Google Play. Esse é um mercado novo, mas que já apresenta alguns exemplos interessantes, como os clubes de apps. Fazem parte deste painel: a Head of Agency do Twitter, Fiamma Zarife; o diretor de SVA e Inovação da Vivo, Fernando Luciano; o diretor de novos negócios da Allied, Beni Harari, e o CEO da Bemobi, Pedro Ripper.

Além das 13 atividades - entre sessões especiais, palestras e painéis - dos dois dias de congresso, o 15º Tela Viva Móvel realizará em paralelo pela primeira vez o Fórum de Desenvolvedores, com a apresentação de cases de apps brasileiros de sucesso. Serão abordados os desafios técnicos e as soluções que dinamizam suas operações. Estarão presentes os desenvolvedores de apps como: Climatempo, Easy Taxi, PlayKids, Netshoes, Oktagon Games, Santander, Magazine Luiza, Galinha Pintadinha, Banco do Brasil, entre outros. O Fórum conta também com apresentações de fornecedores de soluções para desenvolvedores, gerando uma interação direta com o mercado e possibilidade de novos negócios.

Serviço:

15º Tela Viva Móvel
Dias: 03 e 04 de maio de 2016
Local: WTC Events Center
Avenida das Nações Unidas, 12551, Brooklin Novo – São Paulo
Inscrições no site: http://telavivamovel.com.br/

 

Comentário (0) Hits: 348

Apple deve anunciar um iPhone menor hoje

apple_event_21.jpg21/03/2016 - As telas dos smartphones ficaram cada vez maiores ao longo dos últimos anos - tão grande que os dias em que você poderia digitar facilmente com uma mão ou acomodar o dispositivo no bolso de seu jeans, existem mais.

Nesta segunda-feira, a Apple está retornando para os velhos tempos, pelo menos parcialmente. No evento de hoje, (21), a empresa deve apresentar um iPhone menor, bem como uma versão menor do seu tablet iPad Pro.

Aqui está um resumo do que esperar do evento:

iPhone com tela de 4 polegadas. Isso é menor do que o iPhone 6S, que tem uma tela de 4,7 polegadas. Não possui tela 3D Touch, que permite o controle de alguns softwares, exercendo pressão sobre a tela de toque e que é uma característica da assinatura 6S.

Versão do iPad Pro com 9,7 polegadas. O iPad tradicional já tem uma tela medindo 9,7 polegadas diagonais, mas a diferença com o novo tablet é que ele vem com o Apple Pencil e o Apple Keyboard, que eram exclusivos do iPad Pro com 12,9 polegadas.

Fonte: The New York Times

Comentário (0) Hits: 227

Campanha: Eu Posso Programar para Meninas

eu posso.jpg08/03/2016 - Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a Microsoft Brasil está lançando a campanha Eu Posso Programar para Meninas, que começa a convocar pelas redes sociais, de hoje (8) até o dia 28 de abril, garotas que queiram aprender a linguagem de código de uma maneira lúdica e divertida, um pontapé inicial para quem deseja atuar no mercado de TI.
 
A iniciativa contará ainda com o apoio de 15 ONGs que atuam nacionalmente em diferentes frentes: educação, cultura, tecnologia e esporte. Além de impulsionarem a divulgação do projeto, as ONGs ficarão responsáveis por organizar turmas de meninas para as aulas na plataforma virtual www.eupossoprogramar.com,  criada pela Microsoft com apoio de  parceiros, como parte do programa global YouthSpark, que tem como objetivo abrir oportunidades para jovens por meio do acesso à tecnologia.
 
As participantes vão entrar em contato com o conteúdo de nível básico que é oferecido no site, chamado de “Hora do Código”, uma parceria da Microsoft com a ONG Code.org. Os exercícios da edição feminina do programa são feitos com a ambientação de dois títulos bastante conhecidos: Minecraft - que explora a imaginação com o uso de blocos dinâmicos – e Frozen, animação da Walt Disney que narra as aventuras da princesa Anna.  Dessa forma, o aprendizado é intuitivo e agradável para as jovens.
 
Após a conclusão das aulas, as garotas recebem um certificado validado pela Code.org e pela Microsoft. Cada uma das futuras programadoras poderá então postar nas redes sociais a imagem do certificado com as hashtags #Eupossoprogramar e #Meninaspodemprogramar e desafiar quatro amigas a participar do curso. “A ideia é viralizar a campanha e agregar o maior número de pessoas”, afirma Kátia Gianone, diretora de Comunicação e Cidadania Corporativa da Microsoft Brasil.  
 
Para Kátia, um dos objetivos da campanha “é proporcionar um conhecimento técnico para meninas e jovens mulheres, dando-lhes uma base para se tornarem desenvolvedoras de soluções aplicáveis em diferentes contextos, tanto de negócios quanto sociais, com o objetivo de criar oportunidades de empregabilidade e empreendedorismo”. Kátia ressalta também que “a ação é importante no sentido de buscar mais espaço para as mulheres nesse mercado de trabalho de TI”.
 
Serviço
 
O que: Campanha #Eupossoprogramar para meninas
Quando: De 8 de março a 28 de abril
Como: Acessar www.eupossoprogramar.com

 

Comentário (0) Hits: 338

CA Technologies traz o CA Virtual Summit 2016

ca_summit.jpg01/03/2016 - Em um ambiente 100% digital e preparado para atender usuários de toda a América Latina, a 1ª edição do evento trará palestrantes internacionais e de empresas disruptivas, como o Facebook e LinkedIn

A CA Technologies, empresa de software que atua no mercado de segurança, desenvolvimento e gestão de TI, promove em 3 de março, das 9h às 12h, a primeira edição do CA Virtual Summit. Com o objetivo de fomentar a discussão sobre tecnologia, tendências e modelos de negócios disruptivos na Economia dos Aplicativos, o evento terá formato inovador e inteiramente online, levando conteúdo ao público de toda a América Latina nos idiomas Português e Espanhol.

"Criamos um evento 100% online para não restringir a participação ao público dos grandes centros e para mostrar, na prática, como a tecnologia é transformadora. A plataforma digital somará todos os elementos importantes de um evento físico, garantindo, além de mobilidade e praticidade, uma boa experiência ao usuário", diz Laércio Albuquerque, presidente da CA Technologies para a América Latina.

O evento tem como tema central a "Disruptura do Modelo Tradicional de Negócios", que traz a transformação digital como um divisor de águas em um mundo onde um aplicativo vale mais do que indústrias e o nome de uma marca já não é fator decisivo na hora da compra. Para discutir o assunto o evento traz Facebook e LinkedIn, duas empresas que causaram uma verdadeira disruptura na forma como a sociedade se relaciona, consome e faz negócios.

Estão confirmados também o diretor da API Academy e autor de livros de referência sobre Desenvolvimento, Mike Amundsen, e do vice-presidente global de Solution Sales para DevOps da CA, Raymond Brancato.

Em diferentes sessões, o CA Virtual Summit abordará temas como: o Impacto da Entrega Contínua, A Segurança como um Habilitador de Negócio, Operações Ágeis e Gerenciamentos Ágeis. No centro do pavilhão virtual, o público poderá circular entre os estandes de DevOps, Agile Management, Mainframe, Segurança, Serviços & Educação e Recursos Humanos.

As inscrições para o evento, que é gratuito e com vagas limitadas, devem ser feitas através do site www.cavirtualsummit.com. A plataforma é responsiva, ou seja, se ajusta à tela de tablets e smartphones.

Comentário (0) Hits: 344

Campanha mostra como gastar menos com celular

economizar.jpg17/02/2016 - Campanha Aqui se Economiza da Proteste mostra que sabendo pesquisar, é possível trocar de plano gastando até R$ 1.000 a menos no ano. Simuladores ajudam a readequar os contratos

Essa economia ocorre, por exemplo, no caso de quem mora no Rio de Janeiro, é super conectado e precisa de um plano de 350 minutos por mês, com uso de 5GB de internet e com ligações ilimitadas para linhas da mesma operadora. Esse consumidor pode trocar um plano (SmartVivo Pós), que custa R$ 189,99 mensais na Vivo, pelo Tim Pós-Pago por R$ 99,00 por mês. A economia anual será de R$ 1.091,88.

Para as demais operadoras, a Oi tem o Mais Intermediário, com 500 minutos para outras operadoras e 5GB por R$ 99,90. A Claro oferece o Claro Online Turbo, com 100 minutos para outras operadoras e 4GB por R$ 121,49. A Nextel tem o Pós-Pago, com 5GB e mais 100 minutos por R$ 129,99.

Ferramentas online estão sendo oferecidas pela associação na campanha Aqui se Economiza para se calcular pelo perfil de uso, quais os planos mais adequados para se gastar menos com a manutenção de serviços de celular, cartão de crédito, conta corrente, TV a cabo e seguro de automóvel.

"É importante o consumidor se conscientizar que pode ter o mesmo serviço, mais barato e às vezes até sem taxas que são cobradas em outros planos", explica Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste. Mas o consumidor precisa saber se não está no prazo de fidelidade em que romper o contrato terá que pagar multa.

Para disponibilizar o simulador de celular, a associação analisou neste mês de fevereiro, os planos com acesso à internet móvel das cinco principais operadoras do País (Oi, Vivo, Tim, Claro e Nextel) para dois perfis de consumo na cidade do Rio de Janeiro. É possível, no site da campanha, fazer simulações personalizadas também para São Paulo. Para os demais Estados, são apresentadas poupanças médias do mercado. E no site há um simulador atualizado e disponível para todos os Estados.

No perfil conectado, para o Rio de Janeiro, com uso de 50 minutos de ligações mensais, além de 1GB de internet e quer ligações ilimitadas para móveis da mesma operadora, a economia no ano pode ser de R$ 781,08. Essa redução nos gastos ocorrerá se trocar o plano SmartVivo Pós com a franquia de 50 minutos e 1GB de internet por R$ 109,99 mensais, pelo Oi Mais Controle Intermediário por R$ 44,90 mensais. Nessa opção, há uma franquia mensal de 250 minutos em ligações locais para outras operadoras, minutos ilimitados para mesma operadora e telefones fixos, SMS ilimitado, além de 2GB de internet.

Nas demais operadoras, há oferta do Tim Controle por R$ 50,00 que inclui 1GB e 500 minutos locais. A Nextel tem o plano Controle 1GB + 100 minutos por R$ 69,99 (pagamento via fatura). A Claro oferece o Claro Online Turbo, com 50 minutos e 2GB por R$ 89,00.

Comentário (0) Hits: 281

newsletter buton