Pesquisadores da Embrapa ministram curso on-line

embrapa_cursos.jpg03/04/2020 - A ciência e a Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), aliadas à pesquisadores de duas unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), quebram barreiras geográficas e presenciais e proporcionam, durante o período de isolamento social em decorrência da pandemia da COVID-19, novos conhecimentos a um grupo de 200 participantes do curso on-line sobre Metodologias participativas para fortalecer a conservação e uso da agrobiodiversidade do Brasil e do exterior.

Os alunos residem em diferentes Estados brasileiros, na Colômbia e na Espanha e estão estudando à distância com aulas ministradas por pesquisadores da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília-DF) e da Embrapa Semiárido (Petrolina-PE) desde o dia 30 de abril, com agenda programada para conteúdos até o dia 7 de maio. Eles se valem das TICs – conjunto de recursos tecnológicos utilizados de forma integrada com objetivo comum - para se dedicarem, por exemplo, a conteúdos que vão desde conceitos sobre conservação da agrobiodiversidade e dos recursos naturais, passando por sistemas reprodutivos das plantas até estratégias de multiplicação em plantas e metodologias participativas.

Programado para ocorrer no final de abril de 2020, o curso sob a coordenação das duas Unidades da Embrapa e que também têm a parceria do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) com a participação de 30 técnicos desse órgão, teve procura acima do esperado: pelo menos 400 pessoas se inscreveram. "Mediante essa demanda, decidimos oferecer o curso com duas turmas , com 100 participantes cada, com as aulas ao vivo por meio da Plataforma Zoom, de segunda a quinta-feira, sendo dois dias para cada turma, totalizando 10 módulos de conteúdos", explica Maria Aldete Justiniano da Fonseca, pesquisadora da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e uma das coordenadoras do evento.

Inicialmente, a ideia era de que o curso fosse presencial, proporcionando o treinamento de técnicos, produtores rurais e estudantes em ferramentas participativas. Mas, devido à pandemia, a prioridade foi atender aquele público com maior facilidade de acesso à internet e que mais tarde possa compartilhar os conteúdos em suas regiões de atuação.

As vantagens do treinamento on-line

De acordo com a pesquisadora da Embrapa Semiárido Alineaurea Silva há diversos pontos positivos na realização desse tipo de treinamento. Ela destaca a facilidade de gravação das aulas e a disponibilização na plataforma Youtube, recurso que ajuda os alunos a revisarem os conteúdos. "A interação dos participantes ocorre muito bem, especialmente porque é fortalecida com a formação de grupo de debate sobre os conteúdos por meio do uso do aplicativo WhatsApp.

De modo geral, a experiência se dá de forma exitosa, pois conta com um público amplo e interessado. "Com certeza, o uso de ferramentas digitais contribui para ultrapassar as barreiras formais da aprendizagem, atingindo cada vez mais pessoas", diz Alineaurea.

A dinâmica do treinamento

O curso Metodologias participativas para conservação e uso da agrobiodiversidade é realizado de segunda a quinta-feira, com aulas duas vezes por semana para cada uma das turmas com até 100 participantes. Os facilitadores-pesquisadores começam a aula na Plataforma Zoom com a apresentação dos assuntos utilizando slides, comentando os temas e compartilhando o conteúdo. Depois, fazem um intervalo no qual a interação dos estudantes se dá com uma atividade em grupo a partir do uso do aplicativo de WhatsApp.

Todos os participantes podem enviar mensagens contando experiências, comentários e dúvidas relacionadas aos temas expostos aos coordenadores. As questões são respondidas na segunda parte da aula. "É uma experiência rica, com a participação de pessoas de todo o Brasil, alguns com experiência no assunto e outros vendo o tema pela primeira vez", comenta a pesquisadora da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia Maria Aldete.

Também são realizadas atividades em cada módulo para verificar a evolução da turma. O curso conta com certificado, que será disponibilizado aos alunos com no mínimo 70% de participação e realização das tarefas enviadas nos módulos.

Sala de aula virtual reúne estudantes, técnicos e pesquisadores

A estudante de agroecologia Giovana Rodrigues Soto Lizana comenta que "o curso tem a concisão necessária ao número de horas-aula, com curta duração. Ela elogia o conteúdo: "passa conceitos-chave sobre como fazer extensão rural pautada no respeito e na horizontalidade, sendo o técnico um facilitador de desenvolvimento às comunidades".

Também participante do curso, o chefe-geral da Embrapa Roraima (Boa Vista-RR), pesquisador Otoniel Ribeiro Duarte considera o treinamento oportuno para a pesquisa e extensão daquele Estado, onde a Unidade da Empresa trabalha com diferentes organizações públicas e privadas para o desenvolvimento de polos agrícolas, entre eles o das culturas cajueira e cafeeira. "O curso reforça e demonstra que estamos no caminho certo", comenta Duarte.

Aposta na modalidade a distância

Segundo as pesquisadoras Alineaurea Silva e Maria Aldete já estão sendo organizados novos cursos on-line ofertando temas nas áreas de agroecologia e meio ambiente, como compostagem, gestão de resíduos e monitoramento de recursos naturais. O atual curso coordenado pelas duas Unidades da Embrapa começou no dia 30 de março e se estenderá até o dia 7 de maio de 2020.

Para saber mais sobre o curso e seu conteúdo aqui.

Comentário (0) Hits: 434

Itaú Unibanco tem cerca de 200 vagas em aberto

itau_logo.jpg31/03/2020 - Processos seletivos serão feitos por videoconferência

Com cerca de 200 vagas abertas, o Itaú Unibanco busca novos profissionais para integrar suas áreas de atuação. O banco tem ocupado os postos de trabalho de acordo com as necessidades do negócio, e busca principalmente candidatos para a área de Tecnologia, com foco na contratação de analistas de qualidade e testes, engenheiros e engenheiras de software e arquitetos e arquitetas de soluções, entre outros. Respeitando o período de quarentena, os processos seletivos têm ocorrido por videoconferência, de forma totalmente digital e sem contato físico.

É possível se candidatar às vagas pelo site https://trabalheconosco.vagas.com.br/itauunibanco/oportunidades, ou pela página do banco no LinkedIn.

Comentário (0) Hits: 443

Inscrições para o Samsung Ocean Lab #2

ocean_lab2.jpg13/03/2020 - Interessados têm até domingo, 15 de março, para se registrarem no programa de capacitação tecnológica ofertado pela Samsung

As inscrições para o Ocean Lab #2, programa de Capacitação de Empreendedores da Samsung, foram prorrogadas até o dia 15 de março. A iniciativa de educação e capacitação tecnológica tem como objetivo suprir necessidades de aprendizado no campo do empreendedorismo, por meio de projetos inovadores. Interessados podem fazer a inscrição no link https://forms.gle/5vZ6QMNxvjFqqJhJ7.

As equipes inscritas, compostas entre três e seis membros, poderão submeter um projeto para desenvolvimento com apoio da infraestrutura do Ocean Center, com unidades em São Paulo (SP) e Manaus (AM). O objetivo do espaço é contribuir com ideias dentro da área de Design, Empreendedorismo e Criação de Valor.

Os empreendedores, durante o processo de seleção, terão de discorrer uma apresentação sobre o problema selecionado pela equipe, a solução inovadora para resolver a situação, o potencial de mercado da ideia, seu público alvo e um vídeo introdutório de três minutos anexado ao formulário on-line.

Comentário (0) Hits: 453

B2W Digital oferece 170 vagas na área de tecnologia

b2w_digital_2.jpg27/02/2020 - Companhia busca desde engenheiros de dados a desenvolvedores para atuar em São Paulo e no Rio de Janeiro

A B2W Digital, detentora das marcas Americanas.com, Submarino, Shoptime e Sou Barato – está com mais de 170 vagas abertas para a área de tecnologia. A companhia busca profissionais apaixonados por inovação, que sejam movidos por resultados e tenham disponibilidade para trabalhar em São Paulo ou no Rio de Janeiro.

Os pré-requisitos variam de acordo com cada vaga, mas a companhia busca pessoas com diferentes visões de mundo, que sejam criativas, engajadas e respirem inovação e tecnologia. As oportunidades são para os cargos de Desenvolvedor Back-end, Front-end, FullStack, Mobile, Analista de Dados, BI, SEO, Infraestrutura, Segurança, Engenheiro de Dados, PO entre outras.

Os times de tecnologia da B2W têm autonomia no modo de desenvolver os produtos e serviços, podendo escolher as tecnologias utilizadas e a metodologia mais ágil de trabalho para otimizar as entregas. A companhia possui diversas iniciativas tech, que incluem projetos open-source como o Marvin (https://marvin.incubator.apache.org/) e o RestQL (http://restql.b2w.io/). A B2W também incentiva a constante troca de conhecimento e aprendizado por meio de Hackathons, Meetups e participações nos principais eventos de tecnologia do país – como a Conferência Internacional de Desenvolvimento de Software (QCon), The Developers Conference (TDC), Big Data Week, Campus Party e Velocity.

As etapas do processo seletivo incluem aplicação de teste técnico e entrevistas presenciais. Além de salário compatível com o mercado, a B2W oferece benefícios como vale-transporte, vale-refeição, seguro de vida, plano de saúde, plano odontológico e descontos em academias, escolas de idiomas, universidades e em compras nos sites da empresa.

Comentário (0) Hits: 633

Dicas para curtir o Carnaval em segurança

kaspersky_carnaval.jpg19/02/2020 - Distraídas pelo embalo das marchinhas e diversão, cada vez mais pessoas têm sido vítimas de golpes de criminosos

O Ministério do Turismo prevê que o Carnaval deve atrair mais de 36,8 milhões de pessoas só em seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal. Um levantamento realizado no Carnaval passado mostrou que, em cada dez entrevistados, dois (21%) afirmaram ter sido vítimas de alguma fraude ou sofreram algum transtorno durante a folia.

Dentre os principais problemas citados na pesquisa de 2019, estão o roubo ou furto de celulares (78%) e dinheiro (65%), bem como cartões de crédito ou débito (33%). Além disso, o levantamento também ressaltou que consumidores que tiveram documentos pessoais, cartão de banco ou cheques roubados, também sofreram alguma tentativa de fraude do uso de seu nome para saques em dinheiro, compras ou abertura de financiamentos e empréstimos (30%).

"Os golpes podem ser encontrados de diversas maneiras e utilizam diferentes ‘adereços’ para agradar ao público, permeando o mundo físico e o digital. O cuidado deve ser redobrado durante a folia, já que realizar pagamentos em grandes aglomerações pode ocasionar possíveis roubos de senha de cartões ou clonagem - e consequentemente o aparecimento de transações indesejadas", alerta Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky.

Para aproveitar o Carnaval com tranquilidade e segurança, a Kaspersky preparou as seguintes dicas:

Bloqueie seu celular com uma senha ou digital Infelizmente quase 2 em cada 10 brasileiros não bloqueiam seu celular com uma senha ou digital. Caso o dispositivo seja roubado, o criminoso terá acesso a toda a vida digital da vítima: redes sociais, WhatsApp, banco, app de taxi e comida. Para ter uma camada a mais de proteção, também é recomendado instalar uma solução de segurança, como o Kaspersky Internet Security, que conta com funções de localização do dispositivo, bloqueio do aparelho e ainda permite apagar remotamente o conteúdo armazenado no dispositivo roubado.

• Dupla autenticação - Caso tenha um celular roubado, lembre-se de acessar todas as suas aplicações para desconectar o serviço (WhatsApp, Facebook, Instagram etc.) do dispositivo - isso impedirá que o criminoso se passe por você. Com a verificação em dupla etapa ativada, também não será possível reconectar a conta, pois o ladrão são saberá seu código pessoal. Caso você use um app de geração de autenticação única (OTP), como o Google Authenticator, lembre-se de desativá-lo também.

• Saiba qual é o IMEI do seu celular - O identificador global único é um número que pode ser consultado na caixa do celular ou no adesivo em sua bateria. De posse dele, o usuário consegue bloquear o aparelho ligando para a operadora, bem como registrar um boletim de ocorrência. Além disso, esse número também serve para que, caso o celular seja encontrado, a polícia possa devolvê-lo.

Será que tem Wi-Fi gratuito aqui? - Caso queira ou precise utilizar um Wi-Fi público, tome cuidado e não utilize páginas web que pedem suas informações ou credenciais, como Facebook, Twitter, banco. Você não sabe como a página faz a transferência desses dados e, caso ela não esteja protegida, qualquer xereta conectado na mesma rede sem fio poderá roubar seu login e senha. Para garantir sua segurança, utilize uma Rede Privada Virtual (VPN), como o Kaspersky VPN Security Connection.

• Cuidados com o cartão - Se for curtir os blocos de Carnaval, dê preferência em utilizar o cartão de crédito em vez do de débito. Muitos cartões de crédito têm embutido no sistema uma proteção contra fraudes que reembolsa as vítimas caso algo de ruim aconteça. Além disso, ao efetuar a compra, preste atenção ao digitar a senha - tampe os números com sua mão livre e verifique se não há ninguém suspeito por perto tentando ver sua senha. Também nunca entregue seu cartão para outra pessoa, mesmo que ao utilizar a função pagamento por contato (NFC). Um criminoso experiente precisa menos de um minuto para obter as informações para cloná-lo - ou substituir por um cartão parecido com o seu.

• Não use a USB para carregar seu celular - É normal ficar sem bateria ao fim do dia. Se você precisar carregar o dispositivo, leve um carregador portátil ou use a fonte de energia. A conexão via USB, além da função de carregamento, permite a transferência de dados e você nunca saberá se há algum dispositivo conectado do outro lado querendo roubar seus dados.

Comentário (0) Hits: 643

Pós Graduação em Gestão de Mídias Digitais EAD

pos_metodista.jpg17/02/2020 - Inscrições para o curso de PÓS GRADUAÇÃO – Gestão de Mídias Digitais EAD estão abertas no site da Universidade Metodista

Com foco nas possibilidades multimídia (conteúdo, texto, áudio, vídeos, jogo, gadgets e imagens) que os ambientes web e dispositivos móveis (tablets, celulares etc.) oferecem, o curso apresenta estratégias e planejamento de ações voltados para as mídias digitais. Para mais informações aqui:

https://metodista.br/…/comunicacao/gestao-de-midias-digitais

Valor: R$ 269,00 para o pagamento até o vencimento

Duração: 12 meses
Carga horária: 360 horas
Encontros on-line (via Collaborate Classic): quarta-feira, das 19h às 21h (encontros quinzenais)

Graduados em Instituições Metodistas têm desconto exclusivo. Saiba mais: https://metodista.br/lato-sensu/descontos-para-ex-alunos

Informações sobre o curso:

Telefone: (11) 4366-5000, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Dúvidas relativas aos documentos exigidos e pagamento da pré-matrícula:
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Comentário (0) Hits: 749

newsletter buton