Saudade de Baikonur

baikonur2.jpg02/06/2013 - Assistir ao lançamento de um satélite de telecomunicações é uma experiência inesquecível. Em meu trabalho profissional pude testemunhar algumas dezenas desse lançamento – no Cabo Canaveral, na Guiana Francesa ou no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. Gostaria de voltar a esta última base, onde a antiga União Soviética, inaugurou a era espacial, em 1957, com o primeiro Sputnik. Estive lá 20 anos depois, em 1977, e no final dos anos 1990. É um dos lugares mais frios que já visitei. No verão, a temperatura estava perto de zero grau C. Mas vale a pena conhecer.


Você também poderá assistir a um lançamento de satélite de Baikonur. Acabo de receber a confirmação do lançamento do SES-6, um satélite muito especial, na próxima segunda-feira, dia 3 de junho, às 6h18 (hora de Brasília) ou 15h18 (hora local do Cosmódromo de Baikonur, e que será transmitido para o mundo via internet.

O satélite, do tipo geoestacionário, subirá ao espaço a bordo de um Proton Breeze M (que mostro na foto abaixo), um dos mais poderosos e confiáveis foguetes lançadores russos, e ficará posicionado localizado a 36 mil km de altura, sobre a linha do equador, na posição de 40,5º graus Oeste, cobrindo as Américas, a Europa e o Oceano Atlântico.

O SES-6 fará a cobertura dos grandes eventos esportivos que serão realizados no Brasil nos próximos anos – Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 – e levará imagens de TV de alta definição para todo o mundo.

Jornalistas que quiserem acompanhar o lançamento na segunda-feira poderão acessar o link da empresa de lançamentos ILS (www.ilslaunch.com – uma joint venture russo-americana, imaginem) marcado para a próxima segunda-feira, dia 3 de junho, às 15h18 (hora local), no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão (6h18 no horário de Brasília). O vídeo do lançamento só será transmitido 30 minutos após o início do lançamento.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton