Kroton inaugura andar de startups de educação no Cubo Itaú

05/09/2018 - A Kroton, uma das principais organizações educacionais do Brasil, inaugura hoje (04/09) o seu andar destinado a startups de educação no novo prédio do Cubo Itaú – espaço de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina, fundado pelo Itaú Unibanco com a Redpoint eventures. Com essa parceria, a companhia pretende fomentar a inovação para melhoria dos formatos e metodologias educacionais no Brasil, além de incentivar um ambiente de empreendedorismo e desenvolvimento tecnológico.

O espaço de 500m2, que tem capacidade para receber até 14 startups e cerca de 55 pessoas, conta com um lounge, salas de reunião, cabines de conferência telefônica e mesas de trabalho.

A primeira startup a integrar o andar de educação da Kroton no Cubo Itaú é o Blox, que desenvolve um sistema gamificado de educação por competências. A startup, criada em maio de 2017, tem como objetivo ajudar a resolver os problemas da educação atual, empoderando alunos e docentes para que deem o máximo de si no processo de ensino-aprendizagem.

Segundo Felipe Amaral de Mattos, diretor de Inovação e Analytics da Kroton e um dos responsáveis pelo projeto do Cubo Itaú, a Kroton tem investido na aproximação com edtechs, pois enxerga que são nesses ambientes de inovação aberta onde surgem as soluções para o futuro da educação. "Com essa parceria com o Cubo Itaú, queremos criar o maior centro de edtechs da América Latina. Temos o propósito de contribuir para o sucesso e aprendizado de nossos alunos e buscamos startups alinhadas aos nossos valores, que queiram realmente melhorar as questões educacionais do país", afirma.

Cerca 30 colaboradores de diversas áreas da companhia de educação farão parte do programa Embaixadores Kroton e serão responsáveis por acompanhar de perto o trabalho das edtechs. Essas pessoas, que farão expediente no Cubo Itaú alguns dias da semana, poderão compartilhar seu conhecimento sobre o universo dos negócios para ajudar a desenvolver e impulsionar as startups e também ter contato e aprender mais sobre o universo da inovação, que exige mais rapidez, maior tolerância ao erro e mais liberdade.

"A Kroton quer se tornar a empresa mais digital do setor da educação, por isso tem investido em processos de transformação digital que envolvem mudanças tanto em sua cultura organizacional quanto na entrega de soluções para seus alunos e professores. A aproximação dos nossos colaboradores com esse ecossistema de startups será essencial para que a mentalidade corporativa se torne ainda mais tecnológica e ágil e para que haja uma ponte entre as áreas em questão e a equipe de inovação", finaliza.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton