Donald Trump veta a fusão Broadcom-Qualcomm

qualcomm_predio2.jpgPor Ethevaldo Siqueira e Le Monde
13/03/2018 - Segundo informa o jornal francês Le Monde, o presidente Trump vetou ontem (12 de março) a pretendida fusão entre a Broadcom e a Qualcomm. Com base nas recomendações da Comissão de investimento estrangeiro dos EUA, o decreto presidencial sustenta que esta operação ameaçaria a "segurança nacional".

A matéria do jornal, assinada pelo correspondente Jérôme Marin, de São Francisco, afirma que todos os sonhos se acabaram para a Broadcom. Na segunda-feira, 12 de março, a Casa Branca vetou totalmente sua tentativa de comprar Qualcomm, o gigante americano de microprocessadores.

Para Le Monde, "esta decisão ilustra mais uma vez a determinação protecionista de Donald Trump" e simboliza, acima de tudo, o crescente temor dos Estados Unidos em perder a batalha tecnológica contra a China. A Broadcom é uma megacorporação baseada em Cingapura.

Saiba mais aqui

 

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton