Telefônica Brasil promete investir R$ 26,5 bilhões em três anos

13/03/2018 - Durante Investor Day realizado ontem, 12 de março em Nova York, a companhia anunciou plano de investimento de R$ 24 bilhões para o triênio 2018-2020, além de investimentos adicionais de R$ 2,5 bilhões para expansão específica da fibra ótica

Nessa segunda-feira, a Telefônica Brasil comemorou 20 anos de listagem na Bolsa de Nova York. Durante o evento, que reuniu investidores, analistas de mercado e acionistas, o presidente da empresa, Eduardo Navarro, apresentou a estratégia de investimento da companhia, destacando o projeto de aceleração da fibra ótica, ao qual serão destinados mais R$ 2,5 bilhões entre 2018 e 2020, além do programa de investimentos de R$ 24 bilhões para o mesmo triênio.

 

A operadora, Navarro mostrou a posição da marca Vivo no mercado brasileiro, com liderança na operação móvel e nos segmentos de alto valor, como o pós-pago e o 4G. E apresentou também a Ultra Banda Larga por meio de fibra ótica como o novo motor de crescimento da companhia. “Temos ativos exclusivos e todas as capacidades para aproveitar tanto a oportunidade de monetização de dados móveis quanto de crescimento na operação fixa, via fibra”, afirmou.

“Obtivemos alto nível de eficiência por meio de ganhos de sinergia advindos da compra da GVT e continuamos a fazê-lo por meio do aumento da digitalização da companhia, que é uma de nossas prioridades”, frisou o executivo. Segundo ele, a evidência de sinais de melhora gradual da economia brasileira traz mais perspectivas de crescimento para a empresa a partir deste ano.

O COO (Chief Operating Officer) da Vivo, Christian Gebara, também presente, destacou que a digitalização é um direcionador de expansão não apenas de rentabilidade, mas também de melhoria na experiência do cliente. “Estamos trabalhando em todas as frentes para elevar o nível de digitalização, que impacta parte importante dos nossos custos e oferece novas e melhores experiências ao cliente, seja no contato com a empresa ou no consumo de produtos e serviços”, destaca Gebara. Como exemplo, ele citou o aumento do uso da fatura online e dos canais digitais de atendimento, como o Meu Vivo, que já tem mais de 13 milhões de usuários. “Hoje, o foco é aumentar de maneira significativa o atendimento e vendas por canais online, em todos os segmentos de clientes”, conclui.

Já David Melcon, CFO (Chief Financial Officer) da companhia, destacou que a Telefônica tem um posicionamento único no mercado de telecomunicações brasileiro. “Com o projeto de investimento adicional em fibra, a Telefônica Brasil vai capturar o valor da oportunidade para aumentar a rentabilidade da companhia e o retorno aos acionistas”, enfatizou Melcon. Segundo ele, a empresa atua para incrementar receita mantendo a liderança, acelerar investimentos com foco em crescimento e rentabilidade e construir uma companhia muito mais robusta, que continua capturando as oportunidades de digitalização no Brasil.

Ao final das apresentações, os executivos da Telefônica foram convidados a tocar o tradicional sino de encerramento das atividades da bolsa, na chamada “Closing Bell Ceremony”, em comemoração aos 20 anos como empresa listada NYSE.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton