Os EUA levarão agora um rôver à superfície de Marte

Ethevaldo Siqueira

Por mais surpreendente que possa parecer, os Estados Unidos prosseguem com planos ambiciosos de conquista do espaço. A meta agora é levar um rôver, um veículo robótico, e pousá-lo na superfície de Marte, para obter muito mais informações sobre esse planeta.
O rôver tem o nome curioso de Perseverança. Ele foi lançado no dia 30 de julho do ano passado e deverá pousar em Marte no dia 18 de fevereiro de 2021 na cratera Jézero.

Localizada na superfície de um antigo lago seco, a cratera é uma das mais antigas de Marte, e deverá mostrar detalhes de um delta de rio bem preservado e de seus sedimentos.

Essas rochas poderão, no futuro, ser coletadas e trazidas para a Terra para novos estudos sobre Marte, por futuros veículos robóticos.

Segundo a NASA, o rôver poderá mostrar uma das paisagens mais antigas e deslumbrantes de Marte. E, do ponto de vista científico, a importância da cratera está na variedade de rochas que contém.

Um novo artigo de pesquisa diz que a Cratera Jézero foi formada por período de tempo suficiente para promover a habitabilidade e a preservação das evidências. Naturalmente, a cratera é um dos lugares ideais para estudar e, possivelmente, coletar amostras para o eventual retorno à Terra. É aqui que os cientistas esperam que o Rover Perseverança da NASA possa encontrar evidências fossilizadas de vida unicelular. Há poucos dias, a NASA participou de um estudo intitulado The Pace of Fluid Meanders on Mars and Implications for the Western Deposits Of Jerzero Crater, publicado na revista AGU Advances.

Antes deste estudo, um dos fatores cruciais que foram um grande obstáculo para a compreensão de Marte é o tempo.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton