Tudo o que a Apple anunciou em seu grande evento de setembro

Por Thais Sogayar, com informação do Washington Post
10/09/2019 - A Apple realizou um evento ao vivo no Steve Jobs Theatre em Cupertino, Califórnia e apresentou o novo iPhone 11, um atualização no Apple Arcade, detalhes do serviço de streaming Apple TV +, a sétima geração do iPad e o novo Apple Watch.

A Apple anunciou nesta terça-feira, 10 a nova linha de celulares, com preço entre US$ 699 e US$ 1.099 nos Estados Unidos. O trio composto também por iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max chega ao mercado em seis cores: preto, verde, amarelo, lilás, vermelho e branco. Na conversão do dólar de hoje em reais, o preço do iPhone 11 mais barato ficaria em cerca de R$ 3 mil (valor livre de impostos). Já o modelo mais caro do iPhone 11 Pro Max iria de US$ 1.099 para R$ 4,8 mil.

Tim Cook e vários executivos da Apple se revezam no palco exaltando e demonstrando novos recursos / Crédito: Print do evento

O iPhone 11 tem câmera dupla com lente ultra wide, recurso já disponível em smartphones de outras marcas. São ao todo dois sensores de 12 MP capazes de registrar pequenos grupos de pessoas ou paisagens gigantescas. Além disso, a Apple confirmou a chegada do Modo Noturno, ideal para fotos durante a noite.

Outras melhorias incluem um novo processador A13 Bionic para melhorar a velocidade, bateria com uma hora a mais que o iPhone Xr, e melhor resistência à água e poeira.

Com a desaceleração das vendas do iPhone, a Apple vem recorrendo à crescente seleção de serviços para ajudar a gerar mais receita. Nessa terça-feira, a empresa anunciou o preço de dois de seus mais novos produtos de assinatura lançados este ano: Apple Arcade e Apple TV + (ambos US $ 4,99 por mês).

Se você apostar em todas as ofertas da Apple, poderá pagar à empresa US $ 479,40 por ano. Inclui Music, News +, iCloud, Apple TV + e Apple Arcade. Não inclui o Apple Care (outros US $ 9,99 por mês para a opção básica) ou qualquer investimento que você possa fazer em livros, filmes, TV e aplicativos à la carte disponíveis na App Store.

Apple Arcade

A Apple lançou uma atualização do seu próximo serviço de assinatura de jogos, o Arcade, que terá 100 jogos exclusivos para dispositivos Apple, incluindo dispositivos móveis, Macs e Apple TV. O Arcade será lançado em 19 de setembro em mais de 150 países.

Apple TV +

Tim Cook revelou novos detalhes sobre o Apple TV + para concorrer com a Netflix, que estará disponível em 1º de novembro. Ele apontou a expectativa pelo serviço, citando mais de 100 milhões de visualizações de trailers de seus programas originais, como "Dickinson" e "The Morning Show.” Ele exibiu um novo trailer de “See”, uma série pós-apocalíptica na qual todos no futuro ficam cegos.

O novo serviço de streaming da Apple está enfrentando não apenas a Netflix, mas também uma série de novos serviços de streaming de empresas como a Disney. Alguns analistas esperavam que a Apple oferecesse seu serviço por um preço em torno de US $ 10 por mês. O preço mais baixo, incluindo um ano livre com a compra de um novo dispositivo, reflete a forte concorrência no mercado de streaming.

iPad

A Apple anunciou a sétima geração de seu principal iPad: um novo dispositivo de 10,2 polegadas com 3,5 milhões de pixels que pesa cerca de um quilo. Ele possui um conector inteligente para conectá-lo ao teclado, funciona com o Apple Pencil e é executado no iPad OS - a versão recentemente anunciada pela Apple de seu sistema operacional móvel otimizado para iPads.

As mudanças mostram que a Apple ainda está se esforçando para tornar o iPad uma opção de trabalho válida. A Apple o comparou diretamente aos laptops e demonstrou novos recursos, como edição de PDF e uso dos novos serviços Arcade e TV +. O dispositivo custa US $ 329 e estará disponível em 30 de setembro. Atualmente, existem 4 iPads na linha da Apple: o novo iPad (chamado apenas de "iPad", como Cher), iPad mini, iPad Air e iPad Pro.

Apple Watch

Cook também apresentou o novo Apple Watch da empresa. É o dispositivo que a Apple espera abrir as portas para o lucrativo setor de assistência médica, uma área que os analistas acreditam poder ajudar a gerar lucros para a empresa, à medida que as vendas do iPhone diminuem.

O novo relógio da Apple, a quinta versão do dispositivo, tem uma tela sempre ativa. As versões anteriores do relógio desligavam quando não estavam em uso para preservar a bateria e os sensores detectavam quando as pessoas levantam os pulsos, ligando a tela. Apesar da exibição constante, a Apple diz que a bateria do novo relógio dura o mesmo tempo.

Os relógios começam em US $ 399 e estarão disponíveis em 20 de setembro. A Apple também anunciou que reduziria o preço do Apple Watch 3 para US $ 199.

Saiba mais aqui (se for assinante do WP)

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton