Facebook violou a privacidade de milhões de cidadãos no mundo

Por Ethevaldo Siqueira
14/05/2019 - O Facebook tem enfrentado processos e sido condenado na Europa a pagar bilhões de euros de multas, por violação da privacidade de milhões de cidadãos. Agora, esses problemas se agravam nos Estados Unidos, onde a rede social se dispõe a fazer novos acordos com o governo americano.

Na semana passada, Mark Zuckerberg comunicou ao governo dos EUA que o Facebook está disposto a se submeter a uma supervisão maior de suas práticas de coleta de dados – desde o lançamento de novos serviços até às decisões de seus principais executivos – para encerrar uma ampla investigação federal sobre uma série de abusos praticados campo da privacidade, que vieram à luz no ano passado.

Além de pagar multas bilionárias, o Facebook deve se comprometer a mudar seu comportamento daqui para o futuro. Com esse compromisso, a empresa pode obter algumas concessões já negociadas com a Comissão Federal de Comércio (FTC, ou Federal Trade Commission). As mudanças acompanhariam uma multa recorde de bilhões de dólares que a FTC considerou cobrar do Facebook;

Pelo acordo, o Facebook teria que concluir uma revisão mais rigorosa dos padrões de privacidade de novos produtos e serviços antes de lançá-los, disse a pessoa.

O Facebook também assumirá um papel mais ativo no policiamento de desenvolvedores de aplicativos de terceiros, revendo suas ofertas e garantindo que eles cumpram as regras do próprio Facebook, de acordo com a fonte.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton