Projeto ambicioso pretende mapear a Terra, em tempo real

Por Ethevaldo Siqueira
10/04/2019 - Cada centímetro quadrado do planeta poderá em breve ser mapeado e espionado lá do espaço, por meio de um enxame de 500 satélites com o peso de 250 kg cada um.

Segundo o Wall Street Journal, a recém-formada empresa criada para lançar e operar esses satélites pertence a dois bilionários famosos – o americano Bill Gates e o nipo-coreano Massayoshi Son.

Eles projetaram, também, um sistema de câmeras de vídeo instaladas em satélites que permitirão coisas tão extraordinárias como acompanhar em tempo real o que está acontecendo em cada ponto da face da Terra.

Aliás, o nome do projeto é EarthNow, ou Terra-Agora, em português. Para formar a nova empresa Bill Gates, fundador da Microsoft, e Masayoshi Son, se aliaram à Airbus.

Os satélites serão equipados com poderosa capacidade de computação que, segundo a EarthNow, estarão também conectados com computadores em todo o planeta equipados com recursos de aprendizagem de máquina, que interpretarão cada imagem captadas pelas câmeras em tempo real.

Os analistas comentam que nenhum sistema até hoje foi tão longe com o EarthNow como novo Big Brother a bisbilhotar a vida humana. Mas os usuários do sistema deverão ficar muito felizes, porque poderão obter imagens ao vivo com apenas o atraso de um segundo.

Mas cada imagem exige um tratamento especial para ser vista. Não se sabe ainda o grau de nitidez ou resolução dessas imagens a serem captadas do espaço. Entre suas aplicações mais importantes estarão a fiscalização da pesca ilegal, o rastreamento da migração de baleias e a observação das zonas de conflito.

 

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton