Que significa a colisão de duas galáxias? Foto do Hubble ajuda a explicar

Por Ethevaldo Siqueira, com www.space.com
13/03/2019 - Sabem por que esta foto é importante? Porque ela nos antecipa algo como a futura colisão entre nossa Via Láctea e a galáxia vizinha, de Andrômeda. Mas não se assuste: isso só ocorrerá daqui a 4 milhões de anos.

Esta nova imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra a colisão de um par de galáxias conhecidas por NGC 6052, na Constelação de Hércules, situada a 230 milhões de anos-luz da Terra. Quando a galáxia NGC 6052 foi catalogada pela primeira vez, em 1784, por William Herschel, ela foi classificada como uma galáxia simples, irregular e de formato estranho. Agora, contudo, sabemos que sua forma esquisita é resultado do encontro de duas galáxias.

Os cientistas estudam fusões como a NGC 6052 para entender melhor a evolução galáctica e para ter uma ideia de como será nossa colisão daqui a alguns bilhões de anos. Fusões entre as galáxias são muito comuns no universo; Sabemos, por exemplo, que Andrômeda "devorou" um dos irmãos da Via Láctea há muito tempo. Não se espera que a colisão da Via Láctea com Andrômeda represente qualquer ameaça à Terra, porque as distâncias entre as estrelas são enormes, mas os cientistas ainda estão interessados na mecânica de como essas interações acontecem.

Leia mais aqui:

 

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton