Os novos iPhones são: iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max

Por Thais Sogayar
12/09/2018 - Como já era esperado, a Apple lançou hoje três novos iPhones: iPhone XS e XS Max e o iPhone XR, que foram os destaques no grande evento de mídia que aconteceu na sede futurista da Apple, em Cupertino, nessa quarta-feira, 12 de setembro. Além disso, a empresa anunciou o Apple Watch Serie 4 com uma tela maior, mais recursos relacionados à saúde, e o novo sistema operacional iOS 12. Para assimilar todas essas novidades, precisaremos de um pouco mais de tempo. Por hora, seguem os principais destaques.


Tim Cook, CEO da Apple anuncia os iPhones XS e XS Max nessa quarta-feira, 12 de setembro

A Apple lançou o iPhone XR, um modelo básico com tela de 6,1 polegadas. O dispositivo, que vem em uma variedade maior de cores, incluindo branco, preto, vermelho, azul e amarelo, custa US $ 749 e é tão rápido quanto os modelos XS mostrados anteriormente em seu evento. Ele também tem uma tela ligeiramente maior que o iPhone XS de 5,8 polegadas.

As principais características do XR são: ele tem uma câmera de lente única, ao contrário dos modelos XS, que possuem sistemas de câmeras de lente dupla. Ele também usa LCD, uma tecnologia de tela mais acessível que o OLED usado para o XS, e é feito de alumínio, diferentemente do vidro usado nos smartphones premium. Ele também incorpora o chip A12 Bionic, a mesma câmera grande angular (única) dos modelos XS e os mesmos recursos de câmera acionados por AI. Seis acabamentos, quatro capacidades, começam em $ 750, US $ 1.000 e US $ 1.100. Pré-encomendas começam em 19 de outubro e será lançado em 26 de outubro nos EUA.

Philip W. Schiller, vice-presidente sênior de marketing, fala sobre o novo iPhone XR ao compará-lo com o tamanho da tela do iPhone 8 Plus

Apple traz suporte dual sim ao iPhone

Seu telefone comercial e pessoal agora podem ser o mesmo: a empresa anunciou o lançamento do suporte dual sim para o iPhone. Isso permitirá que você tenha dois números de telefone diferentes e duas operadoras diferentes no mesmo telefone. isso pode ser bastante útil se você quiser tornar seu telefone pessoal e telefone comercial no mesmo dispositivo. Durante uma chamada recebida, você verá até mesmo para que número a chamada se destina, para que você possa ignorá-la se for uma chamada de trabalho quando não estiver trabalhando.

Apple anunciou o lançamento do suporte dual sim para o iPhone, que possibilita que o usuário tenha dois números de telefone diferentes e duas operadoras diferentes no mesmo telefone

Juntamente com o suporte dual sim, os iPhones mais recentes da Apple também terão um eSIM, o que significa que você não precisará trocar um cartão SIM físico se quiser trocar de operadora ou de plano. Um eSIM facilitará o aproveitamento das capacidades do SIM duplo e trocará um segundo número se mudar de emprego ou transportadora.

Os iPads recentes também têm suporte dual sim e o celular Apple Watch tem eSIMs, portanto, essa atualização faz sentido para o iPhone. Como esse recurso foi implementado fora dos EUA ao longo dos últimos dois anos, vale a pena observar como as operadoras americanas vão se comportar.

iOS 12 será lançado no dia 17 de setembro nos EUA e em alguns países

A Apple informou que o iOS 12, seu próximo sistema operacional móvel, que inclui o recurso Screen Time para limitar quanto tempo as pessoas gastam em seus telefones, estará disponível no dia 17 de setembro nos EUA.

O novo sistema operacional virá instalado nos três novos iPhones que a Apple anunciou hoje - o iPhone XS, o XS Max e o XR - e estará disponível como um download gratuito em todos os iPhones e iPads de modelo antigo. Veja a lista detalhada de dispositivos mais antigos que suportarão o iOS 12:

iPhones
iPhone X / iPhone 8 Plus / iPhone 8  / iPhone 7 Plus  / iPhone 7 / iPhone 6S  / iPhone 6S Plus / iPhone 6  / iPhone 6 Plus  / iPhone SE / iPhone 5S

iPads
12.9-inch iPad Pro  / 10.5-inch iPad Pro  / 9.7-inch iPad Pro / iPad (fifth-gen)  / iPad Air 2  / iPad Air / iPad Mini 4 / iPad Mini 3  / iPad Mini 2

Rumores indicam que a versão beta do iOS 12 se concentra principalmente em melhorar o desempenho na linha de dispositivos iOS da Apple - tornando os iPhones e iPads mais rápidos, mais seguros e com menos bugs. Faltam ainda novos recursos e aprimoramentos, incluindo aplicativos que aproveitam AR (realidade virtual) , ferramentas que controlam o tempo de tela, Memojis, atalhos Siri e melhor gerenciamento de notificações.

A Apple aumenta uso de materiais reciclados em seus novos iPhones

De acordo com a empresa, os mais recentes iPhones da Apple estão usando estanho reciclado em suas placas e tampa de vidro que é 32 por cento de plástico com base biológica.

Lisa Jackson, a executiva da Apple que supervisiona as questões ambientais, fez o anúncio ao reafirmar a preocupação ambiental da empresa, que mudou todas as suas instalações para usar apenas energia renovável.

Lisa Jackson, a executiva da Apple que supervisiona as questões ambientais reforçou a preocupação ambiental da empresa

A Apple está tentando evitar a mineração de novos materiais da Terra, mas é complicado, porque exige que a empresa encontre maneiras de usar materiais reciclados ou de origem responsável, e de acordo com Jackson, precisa fazer com que os dispositivos durem o maior tempo possível e garantir que os dispositivos sejam reciclados adequadamente.

"Todos esses dispositivos, incluindo o iPhone XS, rodam o iOS 12", disse ela. "Porque eles duram mais tempo, você pode continuar usando"

A Apple, que se tornou a primeira companhia americana a valer 1 trilhão de dólares, vem crescendo nos últimos anos, em grande parte graças ao sucesso do iPhone. A empresa fatura cerca de dois terços de sua receita com o dispositivo e também ajudou seus negócios de serviços - que incluem a App Store e a Apple Music - a crescerem rapidamente.

Apple Watch Series 4

A Apple apresentou uma nova versão do seu relógio, o Apple Watch Series 4, que foi projetado para ser mais uma ajuda de saúde.

Esta é a primeira vez que a empresa reprojetou o dispositivo, desde que foi lançado em 2015. O novo relógio é um pouco mais fino que a versão anterior, mas a moldura preta em torno da tela - que é conhecida como "bezels" - foi removida para criar uma área de exibição maior.

A Apple disse que o novo relógio tem um processador mais rápido e melhores sensores de saúde e movimento. Por exemplo, o relógio pode detectar quando um usuário sofre uma queda, uma das principais causas de lesões. Se você caiu, o relógio foi projetado para alertar os serviços de emergência; se não detectar movimento pelo usuário após um minuto, ele ligará automaticamente. O relógio também pode realizar um teste de ritmo cardíaco chamado eletrocardiograma, alertando-o para os ritmos cardíacos que merecem uma maior atenção.

"A funcionalidade é muito interessante porque quando o paciente sentir algum sintoma, ele pode realizar uma gravação dos batimentos e compartilhar com o médico. Assim podemos ver se o que ele sente é um quadro de arritmia ou não", comenta o cardiologista e ecocardiografista Diego Garcia.

O exame de eletrocardiograma normal é capaz de enxergar 12 ângulos diferentes da parte elétrica do coração, já o relógio inteligente tem apenas uma derivação periférica, ou seja, consegue enxergar apenas um ângulo do órgão. O especialista ainda afirma que o Apple Watch não serve para detectar um infarto, mas sim para quadros de arritmia. "O aparelho pode ser considerado revolucionário porque ele não só auxilia quem já tem conhecimento da arritmia, mas também é capaz de detectar pacientes que tem a doença, mas são assintomáticos", confirma Dr. Garcia.

O Apple Watch estará disponível em várias cores e estilos de banda; pulseiras de relógio de modelos de relógio mais antigos, funcionarão no novo modelo. Pré-encomendas começam sexta-feira, 19, será lançado em 21 de setembro nos EUA e os preços começam em US $ 400

Matéria atualizada dia 13/09/2018 às 19h51

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado

newsletter buton