• A Lei Geral de Telecomunicações faz 21 anos hoje, 16 de julho

    *Por Juarez Quadros do Nascimento
    16/07/2018 - A Lei Geral de Telecomunicações (LGT), de 16 de julho de 1997, de autoria do Poder Executivo, aprovada pelo Poder Legislativo, nos seus 216 artigos representou uma solução para as questões que se apresentavam à época quanto à ordem institucional, econômica e tecnológica, cuja

    Leia mais
  • Quem somos nós, diante da IC 1101, a maior galáxia do Universo?

    Por Ethevaldo Siqueira
    16/07/2018 - Somos poeira das poeiras. Há no Universo conhecido, cerca de 100 bilhões de galáxias. A nossa Via Láctea é apenas uma delas. Pense agora no que somos diante da IC 1101, a maior galáxia conhecida até agora, que abriga mais de 100 trilhões de estrelas.

    Localizada

    Leia mais
  • Ericsson e MTS oferecem banda larga ultra-rápida na Copa 2018 na Rússia

    13/07/2018 - Aumento de até 5x na taxa de transferência de dados, permitiu que os torcedores transmitissem vídeos de alta qualidade durante o torneio de futebol em seus smartphones

    A Ericsson junto a operadora de telecomunicações russa MTS divulgou nesta semana, os resultados preliminares de sua implantação de banda larga ultra-rápida

    Leia mais
  • Huawei e Audi firmam parceria para desenvolver carros conectados

    13/07/2018 - O acordo prevê o desenvolvimento de tecnologias de condução remota, serviços conectados e programas de capacitação profissional

    Essa semana, a Huawei firmou mais uma parceira, dessa vez para o desenvolvimento de veículos inteligentes e conectados: a companhia assinou um memorando de entendimento com a fabricante alemã de automóveis Audi,

    Leia mais
  • Congresso finalmente aprova lei de proteção de dados pessoais

    10/07/2018 - PL aprovado pelo Senado em caráter de urgência nesta terça (10) traz mais segurança jurídica e proteção aos cidadãos e abre oportunidades para novos negócios no país, afirma camara-e.net

    O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (10), em caráter de urgência, Projeto de Lei que define regras específicas de proteção

    Leia mais
  • Qualcomm faz demonstração inédita do carro conectado

    12/07/2018 - Como será o carro do futuro? Essa é uma pergunta que consumidores e empresas estão se fazendo diante de transformações tecnológicas que ocorrem a um ritmo cada vez mais acelerado.

    Para indicar uma possível resposta, a Qualcomm, a 5G Automotive Association (5GAA), o Grupo BMW e a Ford Motor

    Leia mais
  • Arquitetura centrada em dados é a base para a tomada de decisões

    13/07/2018 - Segundo MIT, o futuro do design de infraestrutura será arquitetura centrada em dados, movida a inteligência artificial

    Com o surgimento de tecnologias como machine learning e inteligência artificial, os dados passaram do ativo informacional para o centro da inovação. Já não é suficiente apenas ser orientado por dados - as

    Leia mais
  • Mais de 1000 pessoas criam o Telescópio Espacial James Webb

    Por Ethevaldo Siqueira, com informações da NASA
    11/07/2018 - Mais de 1.000 pessoas em mais de 17 países trabalham no desenvolvimento do Telescópio Espacial James Webb, sucessor do Hubble. Na foto, os integrantes da equipe em frente a uma réplica do James Webb Space Telescope (JWST) em tamanho real no Centro

    Leia mais
  • China usa tecnologia high-tech para rastrear e controlar seus cidadãos

    Por Thais Sogayar, com informações do New York Times
    09/07/2018 - Pequim está investindo bilhões de dólares em reconhecimento facial e outras tecnologias para identificar e controlar 1,4 bilhão de pessoas

    Na cidade chinesa de Zhengzhou, um policial usando óculos de reconhecimento facial avistou um contrabandista de heroína em uma estação

    Leia mais
  • Alphabet investe em balões de internet e drones de entrega

    Por Thais Sogayar, com informações do Financial Times
    11/07/2018 - Loon and Wing são os últimos projetos “lunáticos” da empresa da Alphabet, uma holding que possui várias empresas que são pertencentes ou vinculadas ao Google, incluindo o próprio.

    O laboratório experimental da Alphabet, o X lab transformou dois de seus mais

    Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • Todas
  • TI
  • Mobilidade
  • Telecomunicações
  • Internet
  • Socialnetworks
  • Lançamentos
  • NASA
  • Tendências
  • Eventos
  • Software
Veja mais / Tecla shift carrega tudo carregar tudo

 

newsletter buton

 

 

 


Notas

As resoluções do GDPR e o impacto do PLC 53/2018 sobre os dados no Brasil

13/07/2018 - GDPR na Europa e regulamentações da Internet no Brasil ajudam usuários na relação com os dados e abusos cibernéticos

Muito se fala em segurança digital ou da informação, entretanto, nos últimos anos a área do business têm se utilizado da mineração de dados para projeção comercial tornando-se um fator indispensável e de concorrência.

O mercado mundial de Big Data e Analitycs prevê movimentar cerca de U$42 bilhões, apenas neste ano. Isto envolve também mão de obra especializada, segundo informações do estudo realizado pelo IDC Brasil, empresa de pesquisas de mercado.

A crescente demanda no uso de tecnologias inteligentes nos negócios baseado na transformação digital tem despertado vários dilemas éticos de como manusear e proteger os dados. Um dos mecanismos foi a partir da implementação do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (RGPD ou GDPR), que prevê a segurança do manuseio de dados sigilosos de usuários europeus, após muitos vazamentos de dados sigilosos por parte de empresas.

No Brasil, o Marco Civil da Internet ajudou usuários na relação com os vazamentos de dados e abusos cibernéticos. Por meio da Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), a Oi, operadora de telefonia recebeu multa de quase R$4 milhões pela Velox por direitos à privacidade em 2014 e despertou diversos viés em relação ao compartilhamento de dados.

Além disso, foi aprovado no último dia 10, projeto que regulamenta o uso, proteção e a transferência de dados pessoais no Brasil. A proposta pretende garantir maior controle dos dados pessoais dos cidadãos brasileiros. Também exige que o usuário informe se quer ou não suas informações compartilhadas com bancos de dados e até mesmo excluir essas informações. O texto, já aprovado na Câmara dos Deputados, segue para a sanção presidencial.

Leia mais...

Stibo Systems aponta os sinais que indicam problemas com dados nas empresas

12/07/2018 - Empresa sugere atenção especial para recursos como Inteligência Artificial e o uso de ferramentas de Analytics

Armazenamento em Nuvem, conformidade regulamentar, violações de segurança - a lista de fatores que tem levado empresas a fazerem alterações na maneira como gerenciam dados nos últimos anos é infinita. Combine isso com o aumento drástico de dados vivenciado pela maioria das organizações e a situação se torna altamente desafiadora. A Stibo Systems, líder global na oferta de soluções de Gestão de Dados Mestres Multidomínio (MDM), alerta executivos de TI para o tema e lista nove sinais que indicam problemas relacionados a dados que a organização precisa corrigir:

1. Departamento de TI não se responsabilizar pela proteção dos dados – Cresce o número de empresas que optam por terceirizar o gerenciamento de toda a infraestrutura de TI. Com isso, muitas equipes acreditam que seus provedores de serviços de tecnologia são responsáveis pelo controle de dados. "Quando se trata de segurança e conformidade, seja local ou em Nuvem, a organização é responsável por todas as informações que possui. Especialmente se a empresa quiser obter resultados mais lucrativos a partir dos dados. É por isso que é preciso considerar os dados como um desafio de negócios", explica Ricardo Fornari, Country Manager da Stibo Systems no Brasil.

2. Maior incidência de violação de dados – A frequência e a gravidade das violações de dados estão aumentando. Segundo pesquisas recentes, no Brasil, os ciberataques duplicaram em 2017, causando prejuízos de US$22 bilhões para empresas brasileiras. "Se não proteger os dados pessoais ou financeiros que detém, a empresa está em risco", afirma Fornari. Segundo o executivo, as repercussões de uma violação de dados tornada pública podem ter impacto devastador na reputação de uma organização, derrubando os preços das ações.

3. Capacidade de armazenamento diminuída – À medida que o volume de dados da empresa aumenta, seus recursos de armazenamento diminuem. O incremento da capacidade significa aumento de custos. No entanto, muitas empresas sequer conhecem a natureza dos dados que estão ocupando seu valioso espaço. Agora, as organizações estão percebendo que precisam se afastar de um sistema que salva tudo e incorporar outro que seja capaz de identificar e armazenar apenas dados essenciais, com informações valiosas ou críticas para os negócios. "As funcionalidades de gerenciamento de dados, como a sincronização de dados, bem como a correspondência e a vinculação para evitar duplicação, ajudam a armazenar apenas o que você precisa", explica Fornari.

4. Falta de preparo para o GDPR – A nova regulamentação europeia constitui uma mudança radical no que diz respeito a proteção de dados. As empresas devem tomar medidas para garantir que todos os funcionários assumam a responsabilidade pela maneira como os dados são mantidos e gerenciados. "O primeiro passo deve ser avaliar se os sistemas estão preparados para gerenciar sob os requisitos da nova lei, incluindo os direitos dos seus clientes de receber informações justas e transparentes sobre o processamento de seus dados, o acesso e o direito de retificação", afirma Fornari. Segundo o executivo da Stibo Systems, a próxima medida é investir em tecnologia que possa mesclar, limpar e gerenciar informações para criar um registro confiável, que elimine dados desatualizados, incompletos ou conflitantes.

Leia mais...

Fujitsu anuncia área de Transformação Digital no Brasil

20/06/2018 - A Fujitsu, empresa japonesa que atua em tecnologia da informação e da comunicação (TIC), anuncia sua nova área de Transformação Digital. O setor será focado em estratégias e soluções digitais para todos os clientes da organização no Brasil. O objetivo é otimizar o atendimento aos clientes do Brasil, reforçar a implementação de projetos digitais nas empresas e ofertar soluções personalizadas de acordo com cada necessidade. Nilton Cruz, anteriormente à frente das áreas de Novos Negócios e Marketing da empresa, passa a liderar essa frente na Fujitsu.

Sempre pautada em tópicos relacionados à Transformação Digital, a Fujitsu é referência mundial no tema e acredita que a co-criação nos projetos alavanca novas tecnologias e se torna uma norma de negócios. Atenta às transformações que envolvem o mercado de TI para apoiar o desenvolvimento da sociedade e de seus clientes e parceiros, a empresa decidiu criar a área de Transformação Digital a partir da união das unidades de de Pré-Vendas com Novos Negócios.

Leia mais...

Stibo Systems: MDM é o princípio da transformação digital para empresas

Transformação Digital terá enorme quantidade e complexidade de dados que precisam ser gerenciados

A Stibo Systems alerta que sistemas em tempo real, Inteligência Artificial (IA) e a concentração de provedores de serviços baseados em Nuvem estão reforçando a necessidade de Gestão de Dados Mestres na Era da Transformação Digital, cujo volume de informações cresce de forma exponencial. O papel do MDM e a oportunidade que a inovação apresenta ao mercado nunca foram tão essenciais e estratégicos para o sucesso dos negócios.

"Empresas que investem em tecnologia sem antes ter seus dados precisos e saneados não conseguem obter a melhor resposta. Esse é um problema comum nos dias de hoje e é um cenário cada vez mais percebido pelas empresas", afirma Prashant Bhatia, Diretor de Produtos da Stibo Systems. Segundo o executivo, sem dados atualizados e consistentes, nenhum processo de uma organização em suas operações de cadeia de fornecimento, armazenamento ou fabricação será simplificado ou mais eficiente devido a dados imprecisos.

À medida que os dados se tornam mais difundidos em todas as organizações, surgem complexidades e algumas dúvidas como quais setores e profissionais são responsáveis por esses dados. Essas questões exigem foco nos objetivos de negócios quando se trata de estabelecer decisões de governança. Deve-se estipular uma estrutura de Governança de Dados definindo a estrutura organizacional da empresa, seus processos e os responsáveis por mantê-la, já que os programas e profissionais de Tecnologia da Informação (TI) só podem aplicar regras que foram definidas antecipadamente pela organização.

"A empresa pode fazer um projeto de MDM, mas se não implementar a Governança de Dados, esse investimento começará a se desgastar após algum tempo", diz Bhatia. "Não é possível fazer a Governança de Dados com informações incorretas, nem ter MDM e não manter a estrutura de governança, administração e qualidade. Essas iniciativas precisam evoluir de forma integrada", explica o executivo.

Leia mais...

Dassault Systèmes anuncia novo diretor da Quintiq para a América Latina

28/05/2018 - A Quintiq, uma empresa Dassault Systèmes anuncia que Rodrigo Baptista assume o cargo de Diretor da Unidade de Negócios da América Latina. Neste cargo, será responsável por dirigir a performance da Quintiq na região. Ele faz a sucessão de Camilo Gaviria, que está assumindo novos desafios na sede da Quintiq na Europa.

"O software da Quintiq permite que os clientes adotem uma abordagem transformadora para o planejamento e otimização da cadeia de suprimentos (S&OP), possibilitando que eles melhorem significativamente suas operações em um mundo acelerado, disruptivo e imprevisível", afirma o novo Diretor.

Leia mais...

Wired Conference chega a São Paulo em junho

wired_conference.jpg11/05/2018 - Conferência reúne marcas do varejo, e-commerce e tecnologia para discutir tendências e inovações do setor no Brasil e no mundo

A Wired Conference, nova plataforma de eventos do Wired Festival, realiza sua primeira edição em São Paulo com o tema "Retail". O evento acontece no dia 6 de junho, no Tivoli Mofarrej, e reunirá grandes executivos e marcas de varejo, e-commerce e tecnologia para discutir tendências e inovações que têm transformado o setor globalmente.

O Auditório Principal receberá mais de 17 nomes nacionais e internacionais com o objetivo de compartilhar suas visões, experiências e contribuições relacionadas ao universo do varejo. Alguns dos destaques são Claudia Sciama, diretora de retail e tecnologia do Google Brasil, que ministrará a palestra "Marketing na Era da Assistência: Como Inteligência Artificial e Machine Learning estão transformando o marketing e seus resultados", e Melissa Barnes, diretora Geral para América Latina e Canadá do Twitter, que tratá uma palestra sobre "Cases de sucesso de vendas nas redes sociais".

No mesmo auditório, Fernanda Hoefel, sócia da McKinsey & Co, e Henrique Diaz, Diretor de Conteúdo da Box1824, falarão sobre hábitos de consumo e comportamento da geração Z, além de Stefan Siegel, Fundador e CEO do Not Just a Label, que apresentará visões do passado, presente e futuro do varejo. Christian Papa, Managing Director da HMKM (Interbrand), Fred Trajano, CEO Magazine Luiza, Helder Dias, VP de engenharia da Farfetch, Jonas De Cooman, CEO SPOTT e Illan Israel, Head de Inovação do GPA, também terão palestras no Auditório Principal.

Leia mais...

CES 2018

     
     
     
     

Vídeos

Calendário de Eventos

JUNHO  

12 a 14 – CIAB Febraban 2018, o maior evento para o setor financeiro da América Latina, no Transamérica Expo Center, São Paulo, SP

20 e 21 – Oracle OpenWorld Brasil, evento de tecnologia, negócios e inovação da América Latina, São Paulo, SP

JULHO  

23 a 26  - Eletrolar Show 2018, a maior feira B2B de eletroeletrônicos, eletrodomésticos, móveis, utilidades domésticas, celulares e TI da América Latina - Transamerica Expo Center, São Paulo, SP

Veja mais aqui