• NASA já descobriu mais de 4.000 exoplanetas

    Por Ethevaldo Siqueira e Thais Sogayar
    21/06/2017 - A NASA acaba de divulgar um novo catálogo que inclui os 219 novos planetas candidatos a integrar a relação dos exoplanetas, isto é, daqueles potencialmente habitáveis, fora do Sistema Solar. Esse número tem crescido de forma impressionante. Tanto assim que ele já alcança

    Leia mais
  • Bernardinho esbanja energia e determinação

    Por Thais Sogayar
    22/06/2017 - Bernardo Rocha de Rezende, ou simplesmente Bernardinho fez a palestra de encerramento da Conferência Gartner Data & Analytics para uma platéia lotada de executivos nesta quarta-feira, (21) em São Paulo. O famoso técnico de vôlei falou sobre sua experiência na formação de equipes vencedoras e sobre

    Leia mais
  • Motorola lança Moto E4, E4 Plus e C Plus

    Por Thais Sogayar
    23/06/2017 - Durante coletiva de imprensa realizada nessa quarta-feira, (21) em São Paulo, a Motorola apresentou a volta da família E, com dois novos modelos no Brasil, sendo Moto E4 e Moto E4 Plus. São produtos de linha intermediária, com acabamento em alumínio e sensor de impressão digital.

    Leia mais
  • Oi lança WiFi Business, plataforma para empresas

    22/06/2017 - Durante coletiva de imprensa realizada ontem, (21) em São Paulo, a Oi lançou o WiFi Business, uma plataforma de relacionamento que permite a interação entre os ambientes físico e digital para oferecer uma melhor experiência aos clientes das empresas. Inicialmente voltada aos mercados de Varejo, Hotelaria, Saúde e Financeiro,

    Leia mais
  • Estratégias do Gartner em Dados & Analytics

    Por Ethevaldo Siqueira
    23/06/2017 - Na abertura da Conferência Gartner Data & Analytics, nesta terça-feira (20-06-2017), os keynote speakers – Don Feiberg e Cindi Howson, ambos do Gartner – anteciparam o futuro da Liderança de Dados e Analytics.

    Os especialistas prevêem que os dados são hoje a chave para a transformação do negócio digital.

    Leia mais
  • Dispositivos inteligentes são alvo de malwares

    20/06/2017 - Aumentou mais do que duas vezes o número de malware visando dispositivos inteligentes em 2017. E o Brasil está entre os cinco países com mais ataques à dispositivos conectados no mundo, de acordo com a Kaspersky.

    Smartwatches, smart TVs, roteadores e câmeras estão sendo alvo de ataques de malwares.

    Leia mais
  • O que compromete o uso de Social Analytics?

    19/06/2017 - Para muitos profissionais, o Social Analytics parece não atingir às expectativas, mas por que?

    O Gartner alerta que o poder dos dados das mídias sociais está na agilidade e relevância da análise e que c ontar o número de “seguidores” e tabular “curtidas” nunca foram formas eficazes de mensurar

    Leia mais
  • Drones podem salvar vidas mais rapidamente

    Por Thais Sogayar
    19/06/2017 - Matéria de hoje do New York Times traz a importância do uso de drones com desfibriladores para salvar pessoas com ataques cardíacos por serem mais rápidos que as ambulâncias, diz estudo

    Pesquisadores suecos descobriram que drones lançados a partir de uma estação de bombeiros local, chegaram

    Leia mais
  • A UE acaba com o roaming no celular

    Por Ethevaldo Siqueira
    18/06/2017 - A revista The Economist tem uma seção de grande utilidade pública, que se chama The Economist Explica (The Economist Explains), que esclarece questões de interesse do cidadão. Na próxima edição, que circula neste fim de semana, há uma excelente matéria nessa seção, que explica "as novas

    Leia mais
  • Uma cidade de 1 milhão de habitantes em Marte

    Por Ethevaldo Siqueira
    18/06/2017 - A empresa de foguetes SpaceX, do bilionário Elon Musk, planeja a construção de uma cidade de 1 milhão de habitantes em Marte. Mas como pretende fazer isso?

    Musk planeja desenvolver uma nave espacial reutilizável que ele denominou de Sistema de Transporte Interplanetário (ITS) para transportar os

    Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • Todas
  • Telecomunicações
  • Eventos
  • Publieditoriais
  • Tendências
  • TI
  • Internet
  • Software
  • Lançamentos
  • Socialnetworks
  • NASA
  • Mobilidade
  • Regulação
Veja mais / Tecla shift carrega tudo carregar tudo
Ethevaldo Digital

 

newsletter buton

 

 

 


Notas

Fim de desoneração da folha pode gerar desemprego no setor de TI

Impactos da Medida provisória 774, que modifica a tributação sobre a folha de pagamento, vem sendo debatida entre empresas e o Governo. A leitura do relatório na Comissão Mista está prevista para hoje

20/06/2016 - As maiores empresas de TI, com o apoio da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), estão empenhadas em mostrar ao Governo Federal e ao legislativo a importância da manutenção da política de desoneração da folha de pagamento para o setor. Na semana passada, aconteceu a audiência pública de nº 216, requerida pelo deputado Sandro Alex (PSD-PR), para discutir na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática os impactos da reoneração para o setor de tecnologia da informação (TI). Outras audiências sobre o tema também foram realizadas no âmbito da Comissão Mista e da Comissão de Finanças e Tributação.

As associações e empresas do setor estão alertando as autoridades de que o fim da desoneração pode gerar uma série de demissões – 83 mil profissionais de TI nos próximos três anos, segundo estudo da Brasscom, o que representa quase 15% do total da força de trabalho atual. Os reflexos da desoneração não impactam apenas o setor, mas também o governo, já que existe uma previsão de queda de 2% ao ano na arrecadação federal com o segmento, somando-se as receitas agregadas decorrentes do IRPF, FGTS e INSS, além de um aumento nos gastos, uma vez que o governo é o segundo maior contratante de TI, atrás apenas do setor financeiro.

A Medida Provisória 774 determina o fim da tributação substitutiva, visando minimizar o crescente déficit das contas públicas. Embora o governo entenda que a desoneração da folha não contribuiu para a recuperação da economia, a Brasscom realizou um estudo que destaca que foram gerados mais de 95 mil empregos[1] no setor de TI, com forte formalização de mão de obra. A remuneração cresceu 14,3% ao ano no período, atingindo R$ 28,8 bilhões, entre 2010 e 2015, enquanto a receita bruta[2] chegava a R$ 78,1 bilhões, experimentando um crescimento anual de 12%.

Leia mais...

Autodesk nomeia Andrew Anagnost como novo presidente e CEO

20/06/2017 - A Autodesk anunciou hoje que seu conselho de administração nomeou Andrew Anagnost, atual codiretor executivo e diretor de marketing, como novo presidente e CEO da empresa, com vigência imediata. Ele também se juntará ao conselho de administração da Autodesk.

"O conselho e eu estamos satisfeitos de que Andrew conduza a Autodesk em sua próxima etapa de crescimento", disse Crawford W. Beveridge, presidente do conselho da Autodesk. "Andrew tem sido fundamental no desenvolvimento e execução da transição bem-sucedida do modelo de negócios da Autodesk e, com a sua liderança, estamos confiantes de que nossa mudança para a nuvem e o modelo de assinatura continuarão sendo bem-sucedidos", complementa.

Anagnost, que é doutor em Engenharia Aeronáutica e Ciência da Computação pela Universidade de Stanford, iniciou sua carreira na Lockheed Aeronautical Systems Company e como membro do NRC no NASA Ames Research Center. Depois de se juntar à Autodesk, em 1997, ele exerceu vários papéis técnicos e estratégicos.

Leia mais...

Sensedia prevê o futuro das APIs

19/06/2017 - A Sensedia apresentou para o mercado as principais tendências de APIs para os próximos anos. O anúncio foi feito pelos sócios e fundadores da empresa, Kleber Bacili e Marcílio Oliveira, e vai servir para orientar as empresas no caminho para os negócios digitais.

Segundo Kleber Bacili, CEO da Sensedia, as APIs vêm sofrendo um processo de evolução constante. As APIs ganharam relevância a partir de Redes Sociais, gerando a exposição de dados abertos para troca de informações e compartilhamentos, depois, evoluíram para uso em integrações internas e inovação aberta. Para o futuro, a empresa destaca que as APIs serão importantes para criar novas interações com o usuário final e as previsões estão divididas em 5 propostas: Era Pós Apps, Governança, Propriedade de Dados, Internet das Coisas (IoT) e Ecossistemas Digitais.

Para o futuro, a interação não será só via aplicativo ou Bots, mas sim por outro canal ainda desconhecido. "Vamos ter que pensar em expor a API para ser consumida por outro canal. Mais importante do que ter uma arquitetura padronizada, o essencial é ser ágil suficiente para conseguir moldar-se às experiências digitais que ainda não conhecemos", disse Marcílio Oliveira, COO da Sensedia.

Ao usar as APIs para expor dados, a governança era responsável apenas pela integração interna. Mas o cenário é outro e Kleber Bacili alerta que as grandes empresas já estão usando APIs para adaptação da sua própria arquitetura. "Precisamos trazer para o mundo das APIs as preocupações que só tínhamos nas integrações tradicionais. Taxonomía de API e governança de serviços, que antes estavam na agenda de integração interna, farão parte do calendário de exposição de APIs e serão responsáveis por uma arquitetura mais ágil", afirma o executivo.

O BBVA é uma referência mundial em Open Banking e durante o APIX 2017, Marcela Zetina, Diretora de Inovação do banco no México destacou na sua apresentação que existe um padrão Europeu, o PSD2, que afirma que o dado é de propriedade do usuário. A norma obriga que todos os bancos do continente disponibilizem acesso programático por meio de APIs para os clientes. "Esperamos que essa tendência caminhe para outros setores da economia. Mesmo quando não estejam cobertas por regulação, as empresas devem ter a consciência de que o dado é do cliente e somente ele pode permitir fluir essas informações na cadeia para que possam ser criadas novas experiências," disse Bacili.

Leia mais...

Rimini Street lança Rimini Street Advanced Database Security – Powered by McAfee

12/06/2017 - O conceito de "Virtual Patching" oferece uma ampla proteção ao banco de dados, fácil de aplicar e mais rápida em comparação aos "patches" de correção tradicionais do fornecedor de software. Esse novo produto é parte das soluções de Global Security Services da Rimini Street

A Rimini Street anuncia o lançamento do Rimini Street Advanced Database Security. O produto conta com tecnologia da McAfee, uma das principais empresas de segurança cibernética do mundo. É uma nova solução de segurança de banco de dados de última geração que protege os sistemas de vulnerabilidades conhecidas e desconhecidas, monitorando e analisando o tráfego de comunicação do banco de dados e bloqueando tentativas de ataques antes mesmo de chegarem ao banco de dados, utilizando recursos de Virtual Patching (conhecidos também como correção virtual).

O Virtual Patching promete fornecer aos clientes um tempo mais rápido para proteger os bancos de dados em comparação com a correção tradicional disponibilizada pelos fornecedores de software. Essa correção tradicional do fornecedor é muitas vezes ineficaz devido ao envio tardio de ajustes, à complexidade de aplicar correções de códigos e aos custos de teste do código existente. O Rimini Street Advanced Database Security – Powered by McAfee já está disponível no Brasil para bancos de dados Oracle, SAP, IBM e Microsoft para empresas que possuem contratos de suporte com a Rimini Street.

 

Leia mais...

Microsoft leva inteligência artificial e blockchain para o CIAB 2017

07/06/2017 - A Microsoft apresenta no Ciab FEBRABAN soluções que permitem às organizações do setor financeiro remodelarem seus modelos de negócio para uma estratégia de transformação digital. A principal novidade disponível para bancos é uma solução que se baseia na análise da biometria comportamental com inteligência artificial no Azure, a nuvem da Microsoft, para detectar possíveis fraudes.

O Biocatch, como é chamada essa solução, utiliza machine learning para entender os padrões comportamentais de navegação na Internet do usuário, como a forma que arrasta do mouse ou toca seu dedo no smartphone. Com base nesses dados, o sistema cria uma assinatura cognitiva para cada usuário. Quando um fraudador tentar realizar uma transação, o sistema identifica diferenças no padrão de comportamento do usuário e envia um alerta para a TI do banco, que pode tomar ações para evitar a fraude. A solução já está sendo utilizada no Brasil e é comercializada pela Amiggo, parceiro da Microsoft.

"Nossa nuvem permite que a Biocatch cruze mais de 500 variáveis para apontar uma fraude, como velocidade de arrastar o mouse e a forma de navegação, horários, inclinação do dispositivo ao digitar ou arrastar objetos, as nuances de movimento do mouse ou mesmo velocidade e padrão de digitação", comenta Adriano Bottas, líder da Microsoft Brasil para o setor financeiro.

Segundo o Gartner, em 2020, novos métodos biométricos substituirão senhas e impressões digitais para acesso em mais de 80% do mercado. Hoje, 90% das autenticações são realizadas por meio de algo que o usuário conhece (senha, pergunta secreta), 10% por meio de algo que possui (token, device ID, envio de SMS) e somente 1% por biometria física.

Blockchain - A Microsoft também levará para o Ciab suas soluções em nuvem para blockchain. O ambiente Blockchain como Serviço permite que empresas públicas ou privadas, de qualquer indústria, criem, no Azure, seu próprio laboratório de testes em blockchain. Atualmente, a empresa já vem trabalhando em iniciativas na área, como: projeto de Emissão de Carta de Crédito para os processos de câmbio que conecta a tesouraria da empresa com o Bank of America Merrill Lynch; um piloto na redução de tempo para conciliar disponibilidade de quartos de hotéis na empresa australiana Webjet Limited; e uma parceria com a Mojix, empresa de RFid, que desenvolve com a Microsoft um conjunto de tecnologias de Blockchain para Internet das Coisas.

Leia mais...

Embratel lança solução Cloud Video Delivery

06/06/2017 - A Embratel lança esta semana a solução Cloud Video Delivery (CVD), desenvolvida como uma Rede de Distribuição de Conteúdo (Content Delivery Network - CDN) exclusiva para a distribuição de vídeos na Internet. O novo produto é ideal para empresas do segmento de comunicação (TVs, portais de Internet, provedores de vídeo on-demand), educação (instituições de ensino à distância) e provedores de serviços de streaming, que necessitam de uma solução escalável e com pagamento sob demanda.

"O Cloud Video Delivery é mais uma demonstração do pioneirismo da Embratel, que vem investindo constantemente em inovação e na ampliação do seu portfólio de soluções digitais. Estamos à frente do mercado por disponibilizarmos a tecnologia Content Delivery Network para empresas que desejam uma solução exclusiva para distribuição de seus vídeos de forma regional. Por termos a visibilidade de rede fim a fim, contamos com pontos de distribuição posicionados estrategicamente nas áreas onde se concentra 97,6% do tráfego de internet nacional", afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

Réplicas dos vídeos são mantidas em diferentes servidores distribuídos geograficamente para garantir melhor performance na entrega, graças à redução do caminho percorrido entre o usuário e o vídeo na rede. Isso possibilita a melhor logística de distribuição de conteúdo e, consequentemente, a melhor experiência de visualização de vídeos ao usuário final.

Leia mais...

Vídeos

Calendário de Eventos 2017

JULHO   

17 a 20 – Eletrolar Show 2017, a maior feira de negócios do segmento de eletroeletrônicos, da América Latina, São Paulo, SP.

AGOSTO   

08 a 09 – Gartner Segurança e Gestão de Riscos, principal evento de Segurança e Risco do Brasil, São Paulo, SP (para se inscrever aqui)

22 a 24 – SET Expo 2017, maior evento de broadcast  e novas mídias da América Latina, São Paulo, SP

SETEMBRO   

01 a 06 – IFA-Berlin 2017, a maior feira de tecnologia e de eletrônica de consumo da Europa, Berlim, Alemanha.

19 a 20 – Painel TELEBRASIL, reúne o setor de telecomunicações e discutirá o início de um novo ciclo para o setor e para o Brasil, Brasíia, DF.

Veja mais aqui